conecte-se conosco


Política

“Uma honra”, afirma brasileiro após levar futsal do Cazaquistão a Mundial

Publicado

Ex-jogador da seleção brasileira, potiguar Cacau comemora classificação para Copa do Mundo da Colômbia e reconhecimento, e divide méritos com jogadores

Sob a batuta de um técnico brasileiro, a seleção de futsal do Cazaquistão está classificada para a Copa do Mundo de Futsal Fifa 2016, na Colômbia. O potiguar Ricardo Sobral, o Cacau, ex-jogador da seleção brasileira, é o responsável por conduzir o país europeu a esse feito. Após a conquista, Cacau conversou com o GloboEsporte.com e se mostrou muito feliz com a conquista.

– Estarão as melhores seleções do mundo e o Cazaquistão estará presente. Para mim, é uma honra levantar a bandeira dos treinadores brasileiros e me sinto mais realizado ainda de estar no país há nove anos e ser respeitado, reconhecido e valorizado pelo meu clube, por minha federação. Posso dizer que foi o dia mais feliz da minha vida (terça-feira). Agradeço muito aos meus familiares que torceram muito em Natal, minha família, amigos e dizer que estou emocionado por essa vitória. Esses atletas são heróis em transformar o futsal do Cazaquistão em tão pouco tempo – destacou.

A trajetória para a classificação começou em dezembro do ano passado. No Grupo 5 da Eliminatórias Europeias, o Cazaquistão venceu a República Tcheca por 3 a 2. Depois veio o empate em 2 a 2 com a Eslovênia. A equipe fechou sua participação na fase de grupos vencendo a seleção da França por 4 a 2. O primeiro lugar na chave deu a vantagem de decidir a vaga para o Mundial em casa diante da Polônia. No jogo de ida, um empate em 1 a 1. Na partida de volta, a goleada por 7 a 0, na última terça-feira. Em êxtase com o desempenho de seus comandados, Cacau exalta a atmosfera do ginásio onde o jogo aconteceu.

Leia mais:   Deputado Thiago Silva recebe Título de Cidadão Confresense

– Fomos coroados com o melhor jogo da nossa seleção. Nossa torcida compareceu em peso. É muito bonito ver o progresso do futsal do Cazaquistão. As pessoas torcem como os brasileiros. Gritam, xingam os juízes, vaiam o adversário. É uma coisa incrível – relatou.

Essa não é a primeira importante campanha que o Cazaquistão faz sob o comando de Cacau. Em fevereiro, a seleção cazaque ficou com a medalha de bronze na Eurocopa de Futsal, ao bater a Sérvia por 5 a 2 na disputa do terceiro lugar. Esta foi a primeira participação do país no torneio continental. Além dos títulos pela seleção, Cacau faturou duas Copas da UEFA de Futsal, o mais importante torneio de clubes do continente, com o Kairat Almaty. Pelo clube cazaque, ele também venceu a Super Copa do Mundo FIFA de Futsal. Nestas conquistas, teve a companhia de brasileiros naturalizados como o goleiro Léo Higuita e o fixo Douglas Junior, que também é potiguar.

– Hoje posso dizer que me sinto realizado. Por ganhar duas Copas da Europa; por levar o Cazaquistão, pela primeira vez, ao terceiro lugar da Europa, isso há menos de dois meses; e agora levar o Cazaquistão pela primeira vez na história para o Mundial da Colômbia em setembro. Foi algo incrível – comentou.

Leia mais:   Ulysses Moraes requer informações sobre abandono em escola de Peixoto do Azevedo

A Copa do Mundo Fifa de Futsal acontece em setembro, na Colômbia. As cidades de Cali, Medellin e Bucaramanga receberão as partidas. Será a volta da competição à América do Sul após oito anos.

Cacau técnico do Cazaquistão futsal (Foto: Divulgação)Cacau comemora classificação do Cazaquistão para a Copa do Mundo de Futsal da FIFA 2016 (Foto: Divulgação)
Comentários Facebook

Política

Após indicações de Paulo Araújo município de Cáceres poderá receber benefícios na área de infraestrutura, segurança e lazer

Publicado


Foto: ANGELO VARELA / ALMT

A cidade de Cáceres (distante 219 km de Cuiabá) poderá receber benefícios importantes em prol da infraestrutura, segurança, esporte e lazer, graças ao empenho do deputado estadual Paulo Araújo (Progressistas) que apresentou três indicações no plenário na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) no último dia 6.

O parlamentar indicou (n° 4583/21) ao governador Mauro Mendes, com cópia ao secretário de Estado de Segurança pública, Alexandre Bustamante dos Santos, acerca da necessidade de viabilização de construção reforma do prédio da Polícia Civil de Cáceres.

O progressista também indicou (n° 4589/21) ao governador Mauro Mendes, com cópia ao secretário Alexandre Bustamante dos Santos, acerca da necessidade de manutenção de 13 câmeras de segurança adicionais para facilitação do trabalho dos 6º Batalhão da Polícia Militar de Cáceres.

Indica (n° 4584/21) ao governador, com cópia ao secretário de Estado de Esporte, Alberto Machado, acerca da necessidade de aquisição dos seguintes itens para futebol de campo masculino e feminino jogo de camisa completo, duas bolas de futebol, dois troféus de 1º e 2º colocado, um par de redes de campo, medalhas a comunidade esportiva Cáceres.

Leia mais:   Em reunião no Intermat, Botelho define estratégias para acelerar regularização fundiária
Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política

Lúdio Cabral recomenda vacinação de pessoas de 12 a 17 anos com comorbidade ou deficiência

Publicado


Foto: ANGELO VARELA / ALMT

O deputado estadual e médico sanitarista Lúdio Cabral (PT) recomendou à Comissão Intergestora Bipartite (CIB) a inclusão de adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidade ou deficiência como grupo prioritário para vacinação contra a covid-19 em Mato Grosso. Em ofício enviado ao presidente da CIB, o secretário estadual de Saúde Gilberto Figueiredo, e ao presidente do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems), Marco Felipe, Lúdio recomendou a vacinação com imunizante da Pfizer para crianças e adolescentes entre 12 anos e 17 anos que têm doenças crônicas.

“Os estudos clínicos indicam que a vacina da Pfizer é segura e eficaz para crianças e adolescentes de 12 a 17 anos. E as pessoas com deficiência ou doenças crônicas, como diabetes, doenças pulmonares e doenças cardíacas, entre outras, são mais vulneráveis ao vírus e a desenvolver as formas graves da covid-19. Por isso é tão importante proteger essa parcela da população, que ainda não está incluída no plano de imunização”, disse Lúdio.

A aplicação da vacina da Pfizer em adolescentes a partir de 12 anos já foi aprovada em diversos países e também pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), que deve incluir essa faixa etária na bula do imunizante no Brasil. Porém, ainda não há previsão de iniciar a vacinação das pessoas dessa faixa etária em Mato Grosso. A imunização desse público já teve início em outros estados, como o Rio Grande do Sul.

Leia mais:   João Batista realiza visita técnica em Cadeia Pública de Chapada dos Guimarães

Lúdio Cabral destacou, ainda, o fato de a vacinação seguir a passos muito lentos em Mato Grosso, enquanto o estado assume a liderança do ranking de mortalidade por covid-19. “Mato Grosso é o estado com a maior taxa de mortalidade por covid do Brasil. São 357,2 mortes a cada 100 mil habitantes. Isso é resultado do negacionismo oficial, que produziu ações insuficientes e tardias de enfrentamento à pandemia, aliadas à lentidão na vacinação da população. Mato Grosso é um fracasso na gestão da pandemia e está numa situação muito pior que os outros Estados do Brasil”, disse.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana