conecte-se conosco


Estadual

Sinop reinicia treinos visando estreia na Série D

Publicado

Depois de perder a final do Mato-grossense-2016 para o Luverdense, o elenco do Sinop ganhou 10 dias de folga e nesta quinta-feira os jogadores retornam aos trabalhos visando a estreia no Brasileiro da Série D. O Galo do Norte faz a sua estreia no dia 12 de junho, jogando fora de casa, contra a equipe do Anápolis em Goiás.

Conforme o Showdoesporte já antecipou em primeira mão, a diretoria do Sinop renovou praticamente com todo o elenco, além de renovar também com a comissão técnica comandada por Marcos Birigui.

Pelo menos oito reforços devem ser anunciados nos próximos dias, já que a competição nacional será longa. O Sinop que vai disputar ainda este ano a Copa Mato Grosso Sub-19 e sub-21. Em 2017, o Galo vai disputar a Copa do Brasil, o estadual, Série D ou C, e caso conquiste uma vaga ao acesso e ainda a Copa Verde.

A competição começa no próximo dia 12 de junho e 68 clubes disputarão o título de campeão.

O Sinop faz parte do grupo A11 ao lado do Anápolis de Goiás, Sete de Setembro do Mato Grosso do Sul e o Luziânia do Distrito Federal.

Leia mais:   Mulheres são donas de 31% dos negócios em Mato Grosso

Na segunda rodada o Galo do Norte enfrenta o Sete de Setembro/MS em casa ás 16h.

Confira os jogos do Sinop da 1º Fase:

12 de junho

1º rodada

Domingo

15h: Anápolis/GO x Sinop

2º Rodada

19 de junho

Domingo

16h: Sinop x 7 de Setembro/MS

3º Rodada

25 de Junho

Sábado

16h: Luziânia/DF x Sinop

4º rodada

03 de Julho

16h: Sinop x Luziânia/DF

5º Rodada

10 de Julho

16h: Sinop x 7 de Setembro/MS

6º rodada

17 de Julho

17h; Sinop x Anópolis/GO

Fonte: CNE/G1 MT

Comentários Facebook

Estadual

MPF recomenda mais investimentos e medidas duras para conter avanço da covid em MT

Publicado

 

Redacao@gazetadigital.com.br

MPF recomenda adoção de medidas rigorosas para conter pandemia

Considerando o recordo de número de novos casos e mortes pela covid-19 essa semana, o Ministério Público Federal (MPF) recomendou ao Ministério da Saúde que adote medidas mais duras para controle do avanço da doença e que tais ações sejam adotadas pelos estados, incluindo Mato Grosso. O documento foi encaminhado na tarde de quinta-feira (4) e o governo Federal tem 5 dias para responder se irá acolher as recomendações.

 

O documento cita diversos estudos com recomendações adotadas no mundo todo para conter o avanço da covid-19. Cita também recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) que trata do uso de máscaras, distanciamento social e restrição de circulação. A recomendação aponta que a comunicação das medidas para a população é prejudicada e não atinge o objetivo esperado para o comportamento do povo.

A orientação também menciona decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que diz que “à União compete planejar e promover a defesa permanente contra as calamidades públicas”.

As medidas também consideram que o Brasil alcançou, em 3 de março de 2021, novo recorde de mortes em um mesmo dia pela covid-19, atingindo o número de 1.910 nas últimas 24 horas, sendo o 42º dia em que a média móvel de mortes está acima de mil, bem como que esta é atualmente de 1.331 mortes por dia, outro recorde desde o início da pandemia.

Leia mais:   Defensoria Pública de Mato Grosso e DPU recomendam que Ministério da Saúde reabilite leitos de UTI para pacientes com Covid em 15 dias

Também pontua que “considerando que, infelizmente, o cumprimento voluntário das normas sanitárias pela população não tem ocorrido plenamente, interpretando-se qualquer autorização de funcionamento, por grande parte da população, como simples retomada das atividades regulares”.

Diante da situação, o MPF recomenda que a vigilância e controle em portos, aeroportos e regiões de fronteira seja reforçada. Afirma que as orientações não prejudicam as medidas mais restritivas já adotadas nos estados.

Instrui que o Ministério da Saúde estabeleça diretrizes a serem seguidas nacionalmente, objetivando de distanciamento social, baseada em critérios técnicos que reflitam a situação epidemiológica e capacidade de atendimento dos Estados e Municípios, avaliados semanalmente.

Pontua que o governo Federal avalie semanalmente a necessidade de restrição excepcional e temporária, por rodovias, portos e aeroportos, de entrada e saída do país e de locomoção interestadual e intermunicipal.

Sugere que implemente um “Plano Nacional de Comunicação, com o objetivo de reforçar a importância das medidas de prevenção contra a covid-19 e esclareça a população sobre a imprescindibilidade do uso de máscaras e o seu uso adequado, proibição de aglomerações, sobre a necessidade de aumentar a ventilação dos ambientes, manter a higiene das mãos, necessidade de cumprimento das regras nacionais e locais sobre medidas de contenção e prevenção da transmissão comunitária, a importância da vacinação e o respeito às regras sobre grupos prioritários”.

Leia mais:   Mato Grosso recebe 25,4 mil doses da CoronaVac nesta quarta-feira

Também recomenda que a União ofereça suporte financeiro para monitoramento dos casos de covid. Que o controle das variantes também seja rigorosa por meio vigilância genômica nos Laboratórios Centrais de Saúde Pública dos Estados (Lacen).Também amplie investimento no Sistema Único de Saúde (SUS) para ampliação de leitos para covid e tratamento dos pacientes, também proveja apoio técnico e financeiro aos estados e municípios para ampliação célere da vacinação, envidando esforços para ampliar a aquisição das vacinas para Covid-19 registradas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Mato Grosso tem 96% dos leitos de UTI para covid-19 ocupados e os casos não param de aparecer. O Estado contabiliza um total de 258.460 casos da doença e 5.941 óbitos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Prefeitura de Cáceres acompanha alterações do novo Decreto do Governo do Estado

Publicado

Prefeitura Municipal de Cáceres

Assessoria

Prefeitura de Cáceres acompanha alterações do novo Decreto do Governo do Estado
O Governo de Mato Grosso alterou as medidas restritivas contra o contágio da covid-19 e estendeu os horários de funcionamento permitidos para supermercados nos sábados e para restaurantes aos finais de semana.

De acordo com o novo decreto, os supermercados e estabelecimentos que vendem produtos alimentícios poderão ficar abertos nos sábados até às 19h, “vedado o consumo de bebidas alcoólicas no local”. Antes, a permissão desse ramo nos sábados era das 5h às 12h.

Já os restaurantes, que poderiam atender até o meio-dia nos sábados e domingos, agora poderão funcionar até às 14h no final de semana.
O município de Cáceres prossegue acompanhando o Decreto Estadual, inclusive mantendo o complemento do Decreto Municipal n° 240, de 02 de março de 2021, que proíbe o ingresso de crianças, de até 12 (doze) anos, em estabelecimentos comerciais, praças públicas e espaços recreativos.
Confira como ficaram as novas regras, válidas para os 141 municípios de Mato Grosso:

  • De segunda à sexta, proibição de todas as atividades econômicas das 19h às 5h. Aos sábados e domingos, a proibição será após o meio-dia. A exceção fica por conta das farmácias, imprensa, hospedagem, serviços de segurança e vigilância privada, serviços de saúde, funerárias, postos de gasolina (exceto conveniências), indústrias, transporte de alimentos e grãos, e serviços de manutenção de atividades essenciais, como água, energia, telefone e coleta de lixo.
  • Supermercados poderão funcionar nos sábados das 5h às 19h.
  • Restaurantes, inclusive os localizados em shoppings, poderão atender nos sábados e domingos até às 14h.
  • Nos horários permitidos, as atividades econômicas deverão respeitar as medidas de segurança, como o uso de máscara, distanciamento e limitação de 50% da capacidade máxima do local.
  • Eventos podem ocorrer dentro do horário permitido, respeitado o limite 30% da capacidade do local, e número máximo de 50 pessoas.
  • Os serviços de entrega por delivery seguem autorizados até às 23h.
  • O transporte coletivo e congêneres (Uber, 99, etc) podem funcionar normalmente.
  • Toque de recolher a partir das 21h até às 5h, com proibição de circulação.
  • Nos órgãos públicos estaduais, fica suspenso o atendimento presencial em todas as secretarias e órgãos do governo, com exceção das unidades finalísticas. Quanto a jornada de trabalho, cada secretaria/autarquia vai disciplinar medidas para redução do fluxo de pessoas.
Comentários Facebook
Leia mais:   Mato Grosso Saúde atende preferencialmente pelos canais digitais
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana