conecte-se conosco


Cáceres e Região

Semana tem alerta para temporais e máxima chega a 44°C

Publicado

A Gazeta

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) aposta para temperaturas entre 29°C e 41°C nesta segunda-feira (13). Na terça a mínima fica em 26°C e máxima chega aos 40°C. Quarta e quinta-feiras (14 e 15) a previsão é a mesma, entre 26°C e 41°C.

Sexta-feira (16) deve ser o dia mais quente. A máxima chega a 44°C e mínima não baixa de 26°C. O céu fica encoberto em alguns dias, mas não deve chover.

A previsão para Chapada dos Guimarães (67 km ao Norte) é de muito calor e nada de chuva. As mínimas ficam entre 25°C e 24°C. Já as máximas vão de 39°C a 43°C. Névoa seca encobre a cidade nos próximos dias.

Em Cáceres (225 km a Oeste), os próximos dias serão de sol reinando. As mínimas flutuam entre 24°C e 28°C. As máximas vão de 40°C a 42°C. Há previsão de trovoadas e pancadas de chuva isoladas na quinta.

A previsão para Sinop (500 km ao Norte) é de pancadas de chuva nesta segunda-feira. Os termômetros marcam mínimas de 25°C a 28°C. As máximas vão de 38°C a 42°C.

Leia mais:   Com 6 mortes em 24h, Mato Grosso registra tendência de queda de vítima da covid-19

Em Rondonópolis (215 km ao Sul), a previsão segue semelhante a da Capital. As mínimas vão de 25°C a 28°C. As máximas ficam entre 41°C e 44°C.

A umidade relativa do ar segue baixa em todo o estado.

O Inmet tem alerta amarelo de temporais para 24 cidades. Confira relação:

Alto Boa Vista
Bom Jesus do Araguaia
Canabrava do Norte
Cocalinho
Confresa
Feliz Natal
Guarantã do Norte
Luciara
Marcelândia
Matupá
Nova Santa Helena
Novo Santo Antônio
Peixoto de Azevedo
Porto Alegre do Norte
Querência
Ribeirão Cascalheira
Santa Cruz do Xingu
Santa Terezinha
São Félix do Araguaia
São José do Xingu
Serra Nova Dourada
Terra Nova do Norte
União do Sul
Vila Rica

Comentários Facebook

Cáceres e Região

PMs de Cáceres são presos por colegas do Gefron levando carro roubado para a Bolívia

Publicado

Por Débora Siqueira | Sesp-MT

Policiais do Grupo Especial de Fronteira (Gefron) abordaram um veículo Jeep/Compass de cor prata, ano de 2019, em atitude suspeita, por volta de 15h50 de terça-feira (21.09), no perímetro urbano de Porto Esperidião.

Os policiais do Gefron perceberam que o sinal identificador do veículo foi alterado e após a checagem via Centro de Operações foi constatado que o veículo, avaliado em R$ 170,3 mil, é produto de roubo/furto no estado do Rio de Janeiro, conforme BO nº 0004722/2021.

Os dois ocupantes do veículo são soldados da Polícia Militar de Mato Grosso lotados na área do Comando Regional 6, regional de Cáceres. Eles foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Civil de Porto Esperidião pelo crime de receptação.

A Corregedoria Geral da PM foi acionada e já tomou providências para apurar a conduta dos citados policiais militares. A Instituição entende que a situação é muito grave e não compactua com desvios de conduta. Os mesmos serão submetidos a uma apuração interna com direito a ampla defesa e contraditório e caso sejam responsabilizados, a punição pode chegar a demissão da corporação.

Comentários Facebook
Leia mais:   PRF de Pontes e Lacerda encontra mais de 20 kg de cocaína em veiculo
Continue lendo

Cáceres e Região

Requerimento solicita lista de catadores e catadoras de lixo para inclusão em programas sociais

Publicado

Assessoria

Foi aprovado na Sessão Ordinária de segunda-feira (20), na Câmara Municipal de Cáceres, um requerimento a fim de solicitar do Executivo Municipal a lista com o nome das famílias de catadores e catadoras de recicláveis para inclusão em programas socioeconômicos e habitacionais.

De autoria da vereadora Mazéh Silva, a propositura justifica que a classe dos catadores tem os seguintes direitos previstos no art. 5º da Constituição Federal: liberdade de ir e vir, igualdade diante da lei, liberdade de opinião, reunião e associação, direito ao trabalho, direito à habitação, direito à educação, à cultura e à ciência, direito à alimentação e direito à saúde.

Mazéh constata que, em Cáceres e em todo o Brasil, muitos catadores vivem à margem dos direitos sociais e trabalhistas e são excluídos da maior parte da riqueza que o mercado de reciclagem movimenta e produz.

Segundo a vereadora, o cadastro e posterior elaboração da referida lista de catadores e catadoras foi realizado na gestão anterior, do prefeito Francis Maris, por determinação do Ministério Público, mas sem aplicação prática ou percepção de benefícios à classe.

Leia mais:   Câmara sedia, nesta quinta-feira (23), audiência pública sobre a campanha Setembro Amarelo

Após receber a lista, a autora do requerimento solicitará à Secretaria de Assistência Social a análise e inclusão dos catadores nos programas de assistência aos quais tiverem direito. Mazéh finalizou sua manifestação ressaltando a importância de fomentar o mercado de reciclagem

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana