conecte-se conosco


Destaque

Saúde alerta população para a falta de soro antiofídico no estado

Publicado

A falta do imunobiológico é devido ao adiamento da entrega ao Ministério da Saúde

Para fins de publicidade e transparência, o Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Saúde, esclarece que não haverá distribuição de soro antiofídico na rotina para os municípios nos meses de junho e julho. A falta do imunobiológico ocorre devido ao adiamento do cronograma de entrega ao Ministério da Saúde, por parte dos laboratórios produtores.

Com o desabastecimento, os soros antibotrópico (pentavalente), anticrotálico (SABC) e antiaquético (SABL) não serão distribuídos aos estados. De acordo com a gerência de Vigilância em Agravos Imunopreveníveis da SES, desde 2013 Mato Grosso vive esse cenário de desabastecimento dos soros antiveneno, com uma redução mensal de mais de 50% na quantidade repassada pelo Ministério da Saúde.

“Estamos com o estoque crítico em relação ao soro antiofídico e isso não ocorre só em Mato Grosso. Há um desabastecimento nacional em função de problemas na produção desses soros. Até o mês de maio recebemos o soro na rotina numa quantidade menor. Porem, nos próximos dois meses (junho e julho) a situação tende a piorar porque o Ministério da Saúde não distribuirá as doses para os estados”, explica a gerente de agravos imunopreveníveis da SES, Cláudia Soares.

, a utilizar de forma adequada o soro antiveneno, seguindo as instruções do protocolo clínico. “Além disso, os municípios devem informar todos os casos de acidentes por animais peçonhentos no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), pois ele é a fonte oficial utilizada pelo Ministério da Saúde para a previsão do quantitativo de soro a ser distribuído ao estado”.

Leia mais:   1º Lote da vacina chega em Mato Grosso às 16h35; Logística para distribuição já está preparada

Além da nota técnica, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) também realizará uma web aula, por meio do Telessaúde, para os profissionais de saúde sobre o manejo correto nos casos de acidentes com animais peçonhentos e uso racional dos soros. Também orienta a população a evitar ao máximo a exposição a situações de risco, que possa contribuir com a ocorrência de acidentes.

Diante do desabastecimento e das características geográficas e sazonais do estado, a gerência de Vigilância em Agravos Imunopreveníveis utilizará o estoque atual de soro antiveneno de forma que cada região receba um quantitativo mínimo, além de manter na rede de frio central um estoque estratégico mínimo para atender os casos notificados.

Soros

Os soros antivenenos são fornecidos ao Ministério da Saúde pelos laboratórios produtores oficiais brasileiros como o Instituto Butantan, Instituto Vital Brazil (IVB), Fundação Ezequiel Dias (Funed) e Centro de Produção e Pesquisa de Imunobiológicos (CPPI).

De acordo com o Ministério da Saúde desde 2013 a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) exigiu dos laboratórios o cumprimento das normas definidas por meio das Boas Práticas de Fabricação (BPF), o que levou à necessidade de adequações e reformas nos parques industriais e, consequentemente, interrupção na produção dos soros.

Entre as justificativas apresentadas pelos laboratórios para a constante reprogramação dos cronogramas de entrega estão a assinatura do Contrato em 2016, greve de funcionários, furto de animais, problemas no abastecimento de matérias-primas e na produção.

Em nota o Ministério da Saúde informou que acompanha rotineiramente os cronogramas de entregas dos soros antivenenos e que está em contato com os laboratórios na tentativa de antecipação das futuras entregas de antivenenos.

Leia mais:   Governador e secretário de Saúde participam de ato de recebimento das vacinas do Ministério da Saúde nesta segunda (18)

Prevenção

Em locais propícios à presença de animais peçonhentos, deve-se utilizar equipamentos de proteção individual (EPI), como luvas de couro e botas de cano alto ou com perneiras. Não colocar as mãos em tocas ou buracos na terra, ocos de árvores, cupinzeiros, entre espaços situados em montes de lenha ou entre pedras. Adotar medidas preventivas quando realizar atividades de limpeza, deslocamento de móveis e outros objetos, pois serpentes, escorpiões e aranhas podem estar nas frestas, superfícies ou cantos. Examinar calçados e roupas pessoais, de cama e banho, antes de usá-las.

Nos sítios e chácaras manter uma área limpa em volta da casa, sem mato e, quando for aos pomares, seguir as orientações dos hábitos desses animais, pois a maioria deles gosta de ficar em cascas de árvores, escondidos entre as folhas do solo, debaixo de pedras, em locais úmidos e escuros.

Os animais peçonhentos injetam veneno pelo ferrão, dente, aguilhão e cerda urticante. Ao encontrar algum animal peçonhento em qualquer situação, afaste-se com cuidado, evite assustá-lo ou tocá-lo, mesmo que pareçam mortos.

Na ocorrência de acidente, mantenha a vítima calma, evitando movimentos desnecessários, e com o membro acometido mais elevado em relação ao restante do corpo, caso seja possível. A vítima deve ser levada o serviço de saúde do SUS com urgência. Se possível, e caso não apresente risco de um novo acidente, o animal agressor deve ser levado com a vítima.

A identificação do animal responsável pelo acidente facilita o diagnóstico e tratamento.

 Midia News
Comentários Facebook

Cáceres e Região

Girlaine Matos é a nova gerente do Atacado Pantanal

Publicado

Esdras Crepaldi/Assessoria

O Atacado Pantanal, uma das empresas do Grupo Juba, tem nova Gerente a partir do dia 18 de janeiro.

A colaboradora Girlaine da Cruz Matos,  funcionária desde o ano de 2012, com boa experiência comercial e que exercia as funções de fiscal de caixa no Jubão, assume a gerência da loja.

Girlaine substitui o ex-gerente Thiago Monteiro, que deixa o cargo a pedido, por uma decisão pessoal, para residir em Santa Catarina.
Para a gerente, a nova função é uma oportunidade de crescimento, uma valorização dos serviços prestados e uma grande responsabilidade profissional, pois o cargo que ora assume exige várias funções como organização, liderança, saber lidar com as mais diversas situações do cotidiano da loja, agir com simpatia, trabalhar em equipe e ter agilidade.

“ A gerência é um cargo de muita relevância, exige planejamento, organização, liderança de equipes, gestão de mercadorias, estoque e programação de compras. Acompanha o fechamento de caixa, faturamento e indicadores de resultados para alcance dos objetivos organizacionais, sempre tomando decisões importantes para o desenvolvimento da loja”, destacou Girlaine Matos.

Leia mais:   Eliene viabiliza 10 leitos de UTI no Hospital São Luiz

A colaboradora agradeceu a diretoria por acreditar no seu potencial e disse estar pronta para corresponder às expectativas.

Já Thiago Monteiro  reconheceu a confiança nele depositada pela Diretoria do Grupo Juba ao confiar a ele o cargo de gerente. “ Agradeço principalmente aos diretores Mirko e Marcelo Ribeiro pela oportunidade que me deram em uma função tão importante como gerente do Atacado Pantanal e minha equipe de colaboradores que me auxiliou   muito nestes quase dois anos como gerente. Sou grato a todos, muito obrigado!”, distinguiu Thiago.

O Diretor Mirko Ribeiro, agradeceu a dedicação e o bom trabalho do ex-gerente Thiago Monteiro enquanto esteve à frente da empresa e sua contribuição com colaborador do Grupo Juba. Mirko também ressaltou as qualidades da nova gerente e a política social da empresa que é de sempre valorizar seus colaboradores. “Reconheço o bom trabalho desenvolvido pelo Thiago e desejo sorte a Girlaine, que está assumindo esta função por merecimento e competência”, finalizou Mirko.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

IFMT Cáceres realiza até a próxima sexta matrículas de convocados em seletivo de ensino médio integrado

Publicado

Assessoria

O Instituto Federal de Mato Grosso, IFMT, iniciou nesta segunda-feira (18.01), as matrículas de aprovadas e aprovados no seletivo 2021 para os Cursos Técnicos Integrados ao Ensino Médio.  Devido a pandemia da Covid-19, as matrículas poderão ser feitas a distância por meio do envio de cópia dos documentos comprobatórios exigidos no edital 093/2020 para o e-mail da secretaria escolar do campus para o qual a pessoa foi selecionada.

No Campus Cáceres – Prof. Olegário Baldo estudantes convocadas e convocados na primeira chamada para os cursos técnicos integrados ao ensino médio em Agropecuária e Informática podem enviar até a próxima sexta-feira (22.01) os documentos comprobatórios de matrícula para o e-mail secretaria@cas.ifmt.edu.br.   Os documentos serão conferidos com os originais após o retorno das atividades presenciais.

Para as famílias que não têm acesso à internet ou encontram outras dificuldades, o Campus Cáceres realiza matrículas presenciais na Secretaria de Registros Escolares da instituição. Para garantir segurança e distanciamento social, o atendimento é realizado das 8 às 17 horas, por meio de agendamento. Além da desinfecção das mãos com álcool em gel 70%, é obrigatório o uso de máscara. Agendamento pelo telefone (65) 3221-2610 ou pelo e-mail  secretaria@cas.ifmt.edu.br

Leia mais:   Condutor com CNH vencida em janeiro de 2020 deve renovar o documento este mês

Novas chamadas

Conforme o edital, quem não realizar matrícula dentro do prazo estabelecido perderá a vaga.

A Diretora do Departamento de Desenvolvimento Educacional do campus, professora Juçara Tinasi, alerta sobre os prazos e possibilidades de novas convocações para matrículas, seguindo ordem de classificação no seletivo.

“É importante que as pessoas classificadas no seletivo também acompanhem o site de publicação de resultados para a possibilidade de segundas, terceiras ou mais listas de chamadas até matricularmos o número de vagas ofertadas. Os prazos estão disponíveis e serão cumpridos conforme está previsto no calendário do seletivo”, afirma Juçara Tinasi.

De acordo com o cronograma, a segunda chamada poderá ser divulgada no dia 26.01(terça-feira), com matrículas a serem realizadas no mesmo formato eletrônico entre os dias 27 a 29/01/21.  Acompanhe no site www.cas.ifmt.edu.br

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana