conecte-se conosco


Brasileirão Série A

Sacrifício, técnica e bola parada: o que o Inter ganha com a estreia de Seijas

Publicado

O número estampado às costas denota idolatria ferrenha por Michael Jordan. Luis Manuel Seijas vestiu a camisa 23 do Inter para tornar pública sua inspiração no astro do basquete, mas também para guardar a 10 para o “ídolo” D’Alessandro. A quem, inclusive, tem a missão de substituir já a partir desta quarta-feira, diante do Flamengo, em Cariacica, em sua estreia pelo clube. Será apenas o primeiro passo em uma nova escrita, a se estender por mais três anos, mas os colorados podem esperar técnica, precisão e até “sacrifício” nessa amostra inicial do meia.

LEIA MAIS
> Inter desembarca no ES com tietagem
> Ariel não aparece no BID e está fora
> Inter tem interesse em repatriar Pato

O meia, inclusive, escreverá uma marca logo quando pisar no gramado do Estádio Kléber Andrade. Seijas é o primeiro venezuelano em 107 anos a defender as cores do Inter. A missão é replicar um pouco das características de D’Ale em campo, e as semelhanças vão além da língua materna, o espanhol. Ambos são canhotos habilidosos, com potentes chutes e cobranças de falta. Sobretudo, garra para deixar tudo em campo por suas equipes.

Seijas Inter (Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter)Seijas fará sua estreia com a camisa do Inter (Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter)

Em campo, o estreante prefere ocupar o lado esquerdo e se dispõe até a atuar na lateral, se necessário. Refuta, porém, o rótulo de substituto a D’Alessandro. Seijas não quer ser o maestro do time em campo. Tampouco se importa em dividir a referência na armação de jogadas.

? Seijas joga sempre pela esquerda. É ofensivo, mas também se “sacrifica” para voltar e ajudar o sistema defensivo. Vai muito bem em cobranças de falta. É muito técnico, completo, mas não sei se ele pode, sozinho, ser o homem cerebral, como era D’Alessandro. No Santa Fe, jogava com o Omar Perez. Os dois eram encarregados de criar as jogadas e fornecer o ataque. Tanto que Seijas acabou um dos grandes responsáveis pelo título do Santa Fe na Sul-Americana do ano passado ? analisa o jornalista Andrés Bedoya, do jornal El Mundo, da Colômbia, em contato com o GloboEsporte.com.

Não é à toa, portanto, que Seijas deixa saudades em Bogotá, mesmo sem sequer ter estreado pelo Inter. Com a 20 do Independiente Santa Fe, o meia foi ovacionado pela torcida em sua despedida do clube. Na temporada atual, disputou 22 jogos, com sete gols anotados na Colômbia. Antes, na campanha vencedora na Sul-Americana, esteve presente em 14 partidas, com um tento marcado.

 

Envolto em idolatria em solo colombiano, o gringo mira iniciar nova etapa na carreira para esquecer um momento bem mais complicado, mas com a camisa da seleção venezuelana. Pela Vinotinto, na Copa América Centenario, o meia desperdiçou pênalti ao ensaiar cavadinha na goleada por 4 a 1 para a Argentina, que culminou com a consequente eliminação do país, nas oitavas de final (veja no vídeo).

Nada que abale a confiança dos colorados em seu futebol. Após obter o visto de trabalho, Seijas iniciou os treinamentos com os colegas já na sexta-feira passada. Em quatro treinamentos, fez o suficiente para conquistar elogios dos companheiros.

? O ganho no time a gente vai ter mais no meio, com mais posse de bola, com mais qualidade pela entrada do Seijas. Atrás, também teremos o Leandro Almeida. Vamos ganhar ofensiva e defensivamente ? projeta Artur. 

Leandro Almeida e Valdívia também são atrações

Valdívia volta a ser relacionado no Inter  (Foto: Twitter / Reprodução )Valdívia volta a ser relacionado no Inter (Foto: Twitter / Reprodução )

Mesmo que mais badalado, o camisa 23 não será o único estreante da noite em Cariacica. Leandro Almeida também deve fazer sua primeira partida pelo Colorado, na vaga de Alan Costa. Ao lado de Ernando, o zagueiro terá uma missão de peso pela frente, que incomoda o Inter desde a baixa de Paulão: encerrar um jogo sem sofrer gols.

A marca é negativa, em especial se comparada ao retrospecto anterior da equipe no Brasileirão. O capitão se lesionou aos 28 do segundo tempo da derrota por 3 a 2 para o Figueirense, no Orlando Scarpelli, na 9ª rodada, quando a partida ainda estava 2 a 1 para os catarinense. Com Paulão, foram cinco gols sofridos em 9 partidas. Sem ele, a equipe sofreu os mesmos cinco tentos, mas em dois jogos e cerca de 15 minutos ainda em Florianópolis.

O banco de reservas também guardará uma atração mais do que especial aos colorados. Recuperado de uma grave cirurgia para reconstituição do ligamento do joelho esquerdo, Valdívia viajou com a delegação ao Espírito Santo após sete meses afastado dos gramados. Retorna com cartaz de artilheiro da equipe em 2015, com 19 gols.

>> FLAMENGO x INTER
Local: Kléber Andrade, em Cariacica (ES)
Data e horário: quarta-feira (29/06), às 19h30 (de Brasília). 
Escalação provável: Muriel; William, Leandro Almeida, Ernando e Artur; Fernando Bob, Rodrigo Dourado, Anderson e Seijas; Eduardo Sasha e Vitinho. 
Desfalques: Danilo Fernandes, Paulão, Fabinho, Aylon e Gustavo Ferrareis 
Pendurados: William, Gustavo Ferrareis, Andrigo, Alex, Alan Costa e Ernando 
Transmissão: Premiere e Premiere HD (com Eduardo Moreno e Edinho)
Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG), auxiliado por Pablo Almeida da Costa (aspirante Fifa-MG) e Celso Luiz da Silva (MG). 

Confira as notícias do esporte gaúcho no globoesporte.com/rs

Comentários Facebook

Brasileirão Série A

Em Minas, Cuiabá perde para o líder Atlético-MG e cai invencibilidade

Publicado

A Gazeta

Após 12 jogos sem derrotas fora de casa pelo Campeonato Brasileiro, o Cuiabá perdeu a longa invencibilidade que acumulava na série A para o líder Atlético-MG neste domingo (24), em Belo Horizonte, pela 28ª rodada do Brasileirão. O galo venceu por 2 a 1 e pôs fim a longa série do auriverde sem derrotas longe de casa.

O Dourado continua com 35 pontos, em décimo lugar na tabela de classificação. O Galo, por sua vez, chegou aos 59 tentos e é mais líder do que nunca.

A mil por hora, assim começou o início do jogo entre Cuiabá e Atlético-MG no Mineirão. Logo aos 2 minutos, Nathan Silva, contra, inaugurou o marcador em recuo infeliz para Everton, que viu a bola entrar lentamente no gol. Aos 4, Hulk, dentro da pequena área, deixou tudo igual após jogada ensaiada de escanteio.

O time mineiro conseguiu a virada com Jair, que completou de cabeça para as redes após assistência de Guilherme Arana.

No início da etapa final, Hulk marcou o terceiro para o Atlético, mas o gol foi anulado após a arbitragem pegar um toque de mão do atacante. Daí em diante o Atlético continuou pressionando, mas sempre parando nas defesas seguras do goleiro Walter.

À medida que o relógio foi passando, o Atlético deixou o Cuiabá mais a vontade para trabalhar com a bola e passou a contar com os contra-ataques. O Dourado martelou, porém não conseguiu criar chances claras de gol.

O próximo compromisso do Cuiabá no campeonato brasileiro é contra o Red Bull Bragantino no dia 1º de novembro, na Arena Pantanal, às 19h30 (de MT.

Comentários Facebook
Continue lendo

Brasileirão Série A

Seleção Brasileira encerra preparação para amistoso contra República Tcheca

Publicado

Programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) também destacou a reta final dos principais campeonatos estaduais do país; ouça na íntegra

O programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) destacou o amistoso da Seleção Brasileira com a República Tcheca. Waldir Luiz, Márcio Guedes, Bruno Mendes e toda a nossa equipe também analisaram a reta final dos principais campeonatos estaduais do país e as principais notícias do esporte nacional e internacional.

Clique no player e ouça o programa na íntegra:

No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919.

Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.

Agencia Brasil
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana