Connect with us

Um jogo, três missões: balançar as redes, reencontrar a vitória e, de quebra, amenizar a crise instaurada no Beira-Rio. Com esse intuito, Paulo Roberto Falcão manda a campo o Inter na manhã deste domingo para enfrentar a Ponte Preta, às 11h, em Campinas, com quatro mudanças: os ingressos de Valdívia, Geferson e Anselmo, assim como o reposicionamento de Fabinho. 

LEIA MAIS
> Os trunfos para a boa adaptação de Nico
>Após oito meses, Valdívia volta a ser titular
> Danilo volta a sentir dor e dá lugar a Lomba

Será o segundo jogo de Falcão no comando desde que assumiu no lugar de Argel. E, após a derrota para o Palmeiras na estreia, tem como missão mais urgente fazer o Inter voltar a vencer após sete jogos, com seis derrotas e um empate. Se conseguir, o Inter pode terminar a rodada no 7º lugar e se reaproximar do G-4. Nova derrota, ao contrário, pode empurrar o time para a perigosa zona de rebaixamento ? a distância para o Z-4 hoje é de apenas cinco pontos.

Mas para fazer o time voltar de Campinas com os três pontos, será preciso reencontrar o caminho das redes. Há quase um mês o Inter não sabe o que é comemorar um gol. O último foi no distante 26 de junho, quando Ernando anotou aos 28 minutos da etapa final na derrota por 3 a 2 para o Botafogo, em pleno Beira-Rio. Desde então, se passaram quatro jogos ou 408 minutos de hiato.

Valdívia treino do Inter (Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter)Valdívia é aposta de Falcão para o Inter voltar a fazer gol (Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter)

Eduardo Sasha, que fez o primeiro no confronto diante do mesmo Botafogo, não marca há 380 minutos. Já seu companheiro de ataque, Vitinho, amarga jejum ainda maior. Com o último gol registrado no dia 19 de junho, quando anotou os dois na derrota por 3 a 2  para o Figueirense, o camisa 11 está há 499 minutos sem balançar as redes. 

A inoperância do sistema ofensivo faz a equipe somar apenas 15 gols em 15 rodadas, com o incômodo cartel de terceiro pior ataque do Brasileirão (ao lado do Fluminense), só à frente de Figueirense, que fez 13, e do lanterna América-MG, com nove. 

Tal problema obrigou a direção a se mexer e ir ao Uruguai contratar Nicolás López junto ao  Nacional. O gringo, porém, ainda não tem condições legais de atuar. A estreia está prevista para ocorrer no próximo domingo, quando o Inter receberá o Corinthians, no Beira-Rio.

Contra a Ponte, as esperanças lá na frente recaem sobre Valdívia, que desbancou Andrigo. Um dos expoentes do time na temporada, o camisa 28 fará seu primeiro jogo como titular após mais de oito meses, desde que se recuperou da cirurgia no joelho esquerdo, realizada em novembro do ano passado. Mesmo que ainda precise readquirir ritmo de jogo ? entrou no decorrer de quatro jogos em 2016, com 109 minutos em campo ? o meia-atacante tem a confiança do técnico. 

? O Valdívia ainda requer um pouco de ritmo, mas só o ganha jogando. Trabalhou na semana bem. Espero que possa dar o resultado que sempre deu, mas é preciso ter paciência. Estamos procurando que ele tenha uma condição boa ? disse Falcão. 

Outras duas mudanças são menos por opção técnica e mais pela força das circunstâncias. Com William e Rodrigo Dourado à serviço da seleção olímpica, Fabinho será improvisado na lateral direita e Anselmo entra no meio-campo, ao lado de Fernando Bob. Na esquerda, Geferson assume a vaga de Raphinha, que não teve boa atuação contra o Palmeiras. 

Time do Inter para encarar a Ponte Preta  (Foto: Arte / GloboEsporte.com)Time do Inter para encarar a Ponte Preta (Foto: Arte / GloboEsporte.com)

A ideia de Falcão seria promover uma quinta mudança, mas foi impossibilitado pelo desconforto de Danilo Fernandes. O camisa 1 treinou durante a semana e reassumiria o posto de titular no gol colorado, porém no teste final voltou a sentir dores e ficou fora da viagem para Campinas. Com isso, Marcelo Lomba será mantido na equipe titular. 

Assim, sob pressão, o Inter tenta fazer as pazes com a vitória. O último triunfo ocorreu no dia 16 de junho, quando superou o Atlético-MG por 2 a 0 no Beira-Rio. A sequência ruim culminou com uma série de protestos. Após o revés para o Verdão, um grupo de torcedores chegou a agredir jogadores e depredar carros no estacionamento do estádio. Protestos também foram registrados durante o treinamento na quarta-feira, levando o clube a optar por treinos fechados no Beira-Rio. 

>>  PONTE PRETA X INTER – 16ª RODADA

Local: Moisés Lucarelli, em Campinas (SP). 
Data e horário: domingo (24/7), às 11h. 
Time provável: Marcelo Lomba; Fabinho, Paulão, Ernando e Geferson; Fernando Bob, Anselmo, Gustavo Ferrareis e Valdívia; Eduardo Sasha e Vitinho.
Pendurados: Raphinha, Paulão, Ernando, Rodrigo Dourado, Gustavo Ferrareis, Andrigo, Alex, Alan Costa e Fernando Bob
Desfalques: William, Rodrigo Dourado, Artur, Seijas e Mike. 
Transmissão: Premiere e Premiere HD (com Osvaldo Luiz e Renato Leal).
Arbitragem: Leonardo Garcia Cavaleiro (RJ) apita a partida, auxiliado por Rodrigo Henrique Correa (RJ/FIFA) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ/ASP-FIFA).

Confira as notícias do esporte gaúcho no globoesporte.com/rs

Comentários Facebook

Entretenimento

Eclipse lunar traz ‘Lua de sangue’ no domingo (15); saiba mais

Published

on

No próximo domingo (15), acontecerá o primeiro eclipse lunar de 2022. Será um eclipse do tipo total, que ocorre quando a Lua cheia se move para a chamada sombra umbral profunda da Terra (parte mais interna e escura). Isso ocorre porque nosso planeta passa em frente à luz solar enviada para o nosso satélite natural.

De acordo com o astrofísico americano Fred Espenak, conhecido por prever eclipses, como a Lua cheia do dia 15 de maio é a chamada superlua, por estar no perigeu, o ponto mais próximo da Terra, esse eclipse será considerado uma superlua de sangue. O fenômeno, que poderá ser visto em todo o Brasil, ocorre quando a luz do sol passa pela atmosfera terrestre, mas desvia pelos comprimentos de onda para refletir de forma avermelhada na Lua.

Diagrama da sombra do eclipse lunar do dia 15 de maio. (Fonte: NASA/Divulgação.)Fonte:  NASA 

Quando acontecerá o eclipse total da Lua no domingo?

Conforme o perfil Astronomiaum no Twitter, nas cidades com fuso horário de Brasília, o eclipse lunar de domingo terá início às 22h32, e terá o seu ápice na madrugada de segunda-feira (16) à 1h11, com o término ocorrendo às 3h51. Além do Brasil, a Lua de sangue poderá ser vista também nos EUA e Canadá, além de partes da África e Europa.

Diferentemente do eclipse solar, que só é observável em uma área relativamente pequena do mundo, os eclipses lunares podem ser vistos em qualquer lugar no lado noturno da Terra. A sua visualização também é mais segura, pois esses fenômenos não necessitam de nenhum tipo de proteção para os olhos, pois são mais escuros do que a própria lua cheia em si.

Para quem mora em grandes cidades, e não pretende viajar para locais com baixa poluição visual para assistir ao eclipse total da Lua no domingo, será possível visualizá-lo através do canal oficial da NASA do YouTube. O telescópio da agência aeroespacial norte-americana irá iniciar a transmissão das imagens do fenômeno a partir da zero hora do dia 16 de maio, no horário de Brasília.

Para assistir, basta clicar no link acima para definir o lembrete e, na hora marcada, acompanhar os detalhes em alta resolução.

Fonte: https://www.tecmundo.com.br/ciencia/238420-eclipse-lunar-traz-lua-sangue-domingo-15-saiba.htm

Comentários Facebook
Continue Reading

Brasileirão Série A

Em Minas, Cuiabá perde para o líder Atlético-MG e cai invencibilidade

Published

on

A Gazeta

Após 12 jogos sem derrotas fora de casa pelo Campeonato Brasileiro, o Cuiabá perdeu a longa invencibilidade que acumulava na série A para o líder Atlético-MG neste domingo (24), em Belo Horizonte, pela 28ª rodada do Brasileirão. O galo venceu por 2 a 1 e pôs fim a longa série do auriverde sem derrotas longe de casa.

O Dourado continua com 35 pontos, em décimo lugar na tabela de classificação. O Galo, por sua vez, chegou aos 59 tentos e é mais líder do que nunca.

A mil por hora, assim começou o início do jogo entre Cuiabá e Atlético-MG no Mineirão. Logo aos 2 minutos, Nathan Silva, contra, inaugurou o marcador em recuo infeliz para Everton, que viu a bola entrar lentamente no gol. Aos 4, Hulk, dentro da pequena área, deixou tudo igual após jogada ensaiada de escanteio.

O time mineiro conseguiu a virada com Jair, que completou de cabeça para as redes após assistência de Guilherme Arana.

No início da etapa final, Hulk marcou o terceiro para o Atlético, mas o gol foi anulado após a arbitragem pegar um toque de mão do atacante. Daí em diante o Atlético continuou pressionando, mas sempre parando nas defesas seguras do goleiro Walter.

À medida que o relógio foi passando, o Atlético deixou o Cuiabá mais a vontade para trabalhar com a bola e passou a contar com os contra-ataques. O Dourado martelou, porém não conseguiu criar chances claras de gol.

O próximo compromisso do Cuiabá no campeonato brasileiro é contra o Red Bull Bragantino no dia 1º de novembro, na Arena Pantanal, às 19h30 (de MT.

Comentários Facebook
Continue Reading

Mais Lidas da Semana