conecte-se conosco


Brasileirão Série A

Queda de rendimento da Ponte coloca dúvida sobre sequência da base titular

Publicado

Duas derrotas, sete gols sofridos, nenhum a favor. As derrotas para os mineiros Atlético-MG e Cruzeiro (3 a 0 e 4 a 0, respectivamente) abalaram as estruturas da Ponte Preta. Mais que os resultados, a atuações deixaram uma impressão negativa e colocam em xeque a manutenção da base titular para a sequência do Campeonato Brasileiro.

Diante da queda de rendimento, o técnico Eduardo Baptista não descarta fazer mudanças pontuais para domingo, quando a Macaca terá pela frente o Vitória, às 16h, em Salvador. O treinador é adepto da manutenção do time, vinha consolidando uma espinha dorsal, mas, com problemas expostos em todos os setores, já admite buscar alternativas para recuperar o padrão e o nível de apresentação. 

Elenco Ponte Preta (Foto: Fabio Leoni/ PontePress)Alguns titulares da Ponte têm deixado a desejar e estão com a vaga em xeque (Foto: Fabio Leoni/ PontePress)

– Temos um grupo equilibrado, gosto de repetir. Temos que analisar os jogos com tranquilidade. Não sou de fazer mudanças drásticas, trocar todo mundo. Não é esse o caminho. Se houver (mudança), será pontual, até para não perder o ritmo do campeonato. O time vinha bem, mas não deu certo nos últimos jogos. É repensar e avaliar direitinho dentro daquela linha de dar sequência – comentou Eduardo Baptista. 

Entre a necessidade de encontrar soluções e a lealdade à filosofia de trabalho, a tendência é que o comandante alvinegro avalie algumas situações. O volante Renê Júnior, o meia Cristian e os atacantes Clayson e Roger estão devendo. Renê, Cristian e Clayson são os mais contestados pela torcida e estão na berlinda. Nomes como Matheus Jesus, Ravanelli, Felipe Menezes, Galhardo e Pottker despontam como opções para mudar o cenário. 

O time vinha bem, mas não deu certo nos últimos jogos. É repensar e avaliar direitinho dentro daquela linha de dar sequência 
Eduardo Baptista, técnico da Ponte

A fraca produção individual no geral comprometeu o coletivo. A porteira aberta nos dois jogos contra os mineiros fez a Macaca ficar com a pior defesa da elite, com 18 gols sofridos. Na frente, o ataque passou em branco pela quinta vez em dez partidas. Ou seja: o time não fez gol em metade dos compromissos até aqui. 

– O sistema defensivo estava consolidado, bem. De repente, as coisas não aconteceram como queríamos. É tentar fazer correções pontuais – completou Eduardo. 

E MAIS:
> Eduardo defende o elenco e avisa: “Não fazer terra arrasada”

Uma novidade já é certa. Livre de suspensão, o lateral-direito Jeferson volta para reassumir a camisa 2 no lugar de Nino Paraíba. Resta saber qual o pensamento de Eduardo para as outras posições. O tempo de preparação é curto, o que diminui as chances de grandes surpresas.

Depois da reapresentação na quinta, o técnico tem apenas mais um treino em Campinas, na manhã desta sexta, antes da viagem para Salvador, onde a delegação ainda fará um trabalho no sábado. Com 13 pontos, a Macaca aparece na zona intermediária da tabela. 

Eduardo Baptista, técnico da Ponte Preta (Foto: Fabio Leoni/ PontePress)Eduardo Baptista não descarta buscar soluções para queda de rendimento com mudanças (Foto: Fabio Leoni/ PontePress)
Comentários Facebook

Brasileirão Série A

Em Minas, Cuiabá perde para o líder Atlético-MG e cai invencibilidade

Publicado

A Gazeta

Após 12 jogos sem derrotas fora de casa pelo Campeonato Brasileiro, o Cuiabá perdeu a longa invencibilidade que acumulava na série A para o líder Atlético-MG neste domingo (24), em Belo Horizonte, pela 28ª rodada do Brasileirão. O galo venceu por 2 a 1 e pôs fim a longa série do auriverde sem derrotas longe de casa.

O Dourado continua com 35 pontos, em décimo lugar na tabela de classificação. O Galo, por sua vez, chegou aos 59 tentos e é mais líder do que nunca.

A mil por hora, assim começou o início do jogo entre Cuiabá e Atlético-MG no Mineirão. Logo aos 2 minutos, Nathan Silva, contra, inaugurou o marcador em recuo infeliz para Everton, que viu a bola entrar lentamente no gol. Aos 4, Hulk, dentro da pequena área, deixou tudo igual após jogada ensaiada de escanteio.

O time mineiro conseguiu a virada com Jair, que completou de cabeça para as redes após assistência de Guilherme Arana.

No início da etapa final, Hulk marcou o terceiro para o Atlético, mas o gol foi anulado após a arbitragem pegar um toque de mão do atacante. Daí em diante o Atlético continuou pressionando, mas sempre parando nas defesas seguras do goleiro Walter.

À medida que o relógio foi passando, o Atlético deixou o Cuiabá mais a vontade para trabalhar com a bola e passou a contar com os contra-ataques. O Dourado martelou, porém não conseguiu criar chances claras de gol.

O próximo compromisso do Cuiabá no campeonato brasileiro é contra o Red Bull Bragantino no dia 1º de novembro, na Arena Pantanal, às 19h30 (de MT.

Comentários Facebook
Continue lendo

Brasileirão Série A

Seleção Brasileira encerra preparação para amistoso contra República Tcheca

Publicado

Programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) também destacou a reta final dos principais campeonatos estaduais do país; ouça na íntegra

O programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) destacou o amistoso da Seleção Brasileira com a República Tcheca. Waldir Luiz, Márcio Guedes, Bruno Mendes e toda a nossa equipe também analisaram a reta final dos principais campeonatos estaduais do país e as principais notícias do esporte nacional e internacional.

Clique no player e ouça o programa na íntegra:

No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919.

Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.

Agencia Brasil
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana