conecte-se conosco


Cáceres e Região

QUATRO MARCOS: Padrasto é preso suspeito de abusar sexualmente de enteada adolescente por anos

Publicado

 

Por – PJC

Um homem que abusava sexualmente  da enteada de 12 anos de forma reiterada  teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, na sexta-feira (07.05), em São José dos Quatro Marcos (315 km a oeste de Cuiabá).

A ordem de prisão contra o suspeito, de 37 anos, foi decretada pela Justiça após rápida ação da equipe da Delegacia de São José do Quatro Marcos que levantou os indícios para representação do mandado de prisão pelo crime de estupro de vulnerável.

As investigações iniciaram na terça-feira (04) quando a equipe do Conselho Tutelar procurou a a Polícia Civil para comunicar a denúncia de uma menina era abusada sexualmente pelo padrasto desde pequena.

Segundo as informações, o fato foi descoberto há algum tempo pela mãe e pela tia da criança, porém elas tinham muito medo de denunciar o suspeito, por ele se tratar de uma pessoa muito violenta, além de ser usuário de drogas e constantemente andar com um facão na cintura.

Leia mais:  

Os abusos foram descobertos, após a tia estranhar o comportamento da vítima que sempre ficava muito abalada quando ouvia assuntos relacionados a abuso sexual.

Aos poucos, durante conversas com a tia, a vítima revelou que o padrasto abusava sexualmente dela há alguns anos, tendo iniciado passando a mão pelo corpo menina  até chegar à prática da conjunção carnal, que acontecia de forma reiterada.

Quando ficou sabendo dos fatos, a mãe da menor separou do suspeito, porém por medo de que ele fizesse mal a ela ou a sua filha, nunca falou com ele sobre o assunto e tampouco o denunciou à Polícia.

Após a denúncia, houve a rápida apuração dos fatos e coleta de evidências, que possibilitaram que o delegado Edison Ricardo Pick representasse pela prisão preventiva do suspeito por estupro de vulnerável. A ordem de prisão  foi deferida pela Justiça e cumprida na sexta-feira pelos policiais da Delegacia de São José dos Quatro Marcos.

Depois de ter a ordem de prisão cumprida, o suspeito foi colocado à disposição da Justiça. “Foi uma ação rápida do Conselho Tutelar, Polícia Civil, Ministério Público e Poder Judiciário que possibilitou a prisão do suspeito que há alguns anos vinha cometendo os abusos contra a enteada”, disse o delegado.

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Bolsonaro sanciona lei de Dr. Leonardo que amplia prazo para registro de imóveis rurais na fronteira

Publicado

Por – Jardel Arruda
     O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que prorroga até 2025 o prazo para que pessoas com títulos de grandes propriedades de terra (mais de 15 módulos fiscais) em faixa de fronteira obtenham os documentos para o registro junto aos cartórios de imóveis, de autoria do deputado federal Dr. Leonardo.
      Os proprietários de mais de 25 mil imóveis rurais localizados em 11 estados que fazem fronteira com outros países corriam o risco de perder a titularidade de suas terras sem essa norma.

A Lei 14.177/21 foi publicada na edição desta quarta-feira (23) do Diário Oficial da União. A norma foi aprovada na Câmara dos Deputados em 2019 e ratificado pelo Senado em maio passado.

A norma anterior, a Lei 13.178/15 previa que os possuidores de terras maiores que 15 módulos fiscais (o tamanho do módulo varia conforme a região) deveriam providenciar, até outubro de 2019, o certificado dos limites georreferenciados do imóvel e a atualização da inscrição dele no Sistema Nacional de Cadastro Rural (SNCR), operado pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

Leia mais:   Defesa Civil de Cáceres lança nesta quarta campanha contra as queimadas

Conforme foi demonstrado pelo deputado Dr. Leonardo, o prazo era insuficiente devido à burocracia envolvida no processo de emissão dos documentos exigidos.

Veto –

      Bolsonaro vetou o trecho que estabelecia um prazo máximo (até 360 dias) para que a administração pública resolvesse questionamentos administrativos relativos a pequenas e médias propriedades (até 15 módulos fiscais), sob pena de concessão automática do registro do imóvel no nome do interessado.

Ele alegou que a medida viola o princípio constitucional da independência e harmonia entre os poderes, não cabendo ao Legislativo determinar prazo para que o Poder Executivo exerça “função que lhe incumbe”. Além disso, afirmou que os imóveis em questão pertenciam aos estados, e não à União. O veto será analisado pelo Congresso Nacional, em sessão a ser marcada.

Grupo Seleto – Com a sanção dessa lei, o deputado Dr. Leonardo entra para um grupo de 46 deputados federais que conseguiram ver aprovado e sancionado um projeto de lei em seu primeiro mandato nos últimos 12 anos. Na atual legislatura, além do deputado de Mato Grosso, somente outros 22 parlamentares conseguiram tal feito, o que dá uma média de 0,8 deputado por estado a conseguir esse feito.

Leia mais:   Prefeitura e parceiros realizam Multi-Ação de Saúde nas comunidades ribeirinhas
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Reserva do Cabaçal começa a vacinar pessoas a partir de 25 anos contra a Covid-19

Publicado

Por -G1MT

A prefeitura de Reserva do Cabaçal, a 412 km de Cuiabá, começou nesta quinta-feira (24) a vacinação contra Covid-19 da população a partir de 25 anos, sem comorbidades.

A vacinação ocorrerá na unidade de saúde Adalto Ribeiro. O horário será das 7h30 às 10h30 e 13h30 às 15h.A população deverá se direcionar ao local contendo em mãos o cartão SUS.

Segundo a prefeitura, o município é destaque no estado por ser um dos que atendem a população mais jovem. Reserva do Cabaçal é um município de apenas 2.732 habitantes.

Na semana passada o município havia iniciado a vacinação de pessoas com idade a partir de 30 anos.
No município, desde o início da pandemia, foram registrados 247 casos de Covid-19 e 6 mortes.

Comentários Facebook
Leia mais:   Prefeita Eliene participa de reunião do Consórcio Nascentes do Pantanal e propõe instalação de câmara temática
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana