conecte-se conosco


Destaque

Quatro cidades lideram o ranking Mato-grossense de tênis

Publicado

Cuiabá, Nova Mutum, Sinop e Campo Verde conduzem as principais posições no ranking do Circuito Estadual de Tênis. Rivaldo Barbosa, Gabriel Santos, Matheus Dreher, Fabiano Alves e Bryan Kuntz, dentre outros, são os representantes melhor classificados. E alguns deles já estão inscritos para a 7ª etapa do Circuito Estadual, que ocorre de 20 a 22 de maio, na Academia Ace Tênis, em Primavera do Leste (245 km da capital).

Rivaldo Barbosa, tenista cuiabano de 47 anos, é o líder da principal categoria da modalidade, a 1ª Classe, com 290 pontos. A campanha dele está com 63,6% de aproveitamento, foram 11 partidas e sete vitórias. No último jogo que disputou sofreu uma forte derrota para Fabiano Alves, na final da 5ª etapa, realizada em abril, no município de Sinop, por dois sets a zero e parciais de 6/0 e 6/1. Barbosa já está inscrito para a 7ª etapa, em que tentará manter o status.

Gabriel Santos, um cuiabano de 19 anos, está empatado na segunda posição da 1ª Classe com outros dois tenistas com 180 pontos. Ele tem 85,7% de aproveitamento, com sete confrontos e seis vitórias. Essa porcentagem conta também com uma participação na 1ª etapa da Seletiva Regional Correios – Centro Oeste, certame da Confederação Brasileira de Tênis (CBT). Santos não tem ingressado em todas as fases do estadual por disputar torneios nacionais.

Leia mais:   Secretário diz que doses de vacinas recebidas pelo estado são insuficientes para atingir meta: 'O problema não é vacinar, é ter vacinas'

Empatados com Santos em segundo lugar estão Matheus Dreher e Fabiano Alves. Dreher, de 25 anos e da cidade de Nova Mutum, está com 100% de aproveitamento. Disputou a 3ª etapa do circuito estadual, ao qual venceu numa final contra Rivaldo Barbosa por dois sets a zero e parciais de 6/4 e 6/3. E Fabiano Alves, um sinopense de 24 anos, também com 100% de aproveitamento com três duelos vencidos. Ele venceu Barbosa na final da 5ª etapa.

Logo depois está Bryan Kuntz, tenista de 13 anos e de Campo Verde, na quinta posição do ranking estadual com 160 pontos na 1ª Classe. Kuntz tem 75% de aproveitamento com 32 partidas feitas e 24 vencidas. Possui essa grande quantia de jogos por disputar em duas categorias do circuito estadual e também certames nacionais. Kuntz faturou o troféu de bronze, no dia 07 de maio, da 2ª etapa Seletiva Regional Correios – Centro Oeste. O garoto está com a corda toda.

Atrás dos cinco melhor classificados estão Lucas Lima, cuiabano de 30 anos, na 6ª posição com 120 pontos. Seguido por quatro empatados no sétimo lugar com 80 pontos, Mário Meira, de 37 anos e de Cuiabá, Tiago Castro, de 30 anos e de Sinop, Matheus Denti, de 20 anos e de Cuiabá, e Pedro Junior, de 38 anos e de Sinop. Lucas Lima foi o vice-campeão estadual geral do ano passado (2015). E, neste ano, recuperado de uma lesão, deve voltar ao topo da Classe.

Leia mais:   Laboratório São Matheus já fez mil testes grátis para covid 19

 

Comentários Facebook

Destaque

Secretário diz que doses de vacinas recebidas pelo estado são insuficientes para atingir meta: ‘O problema não é vacinar, é ter vacinas’

Publicado

G1 MT

O secretário de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo, afirmou que as doses que o estado recebeu até agora são insuficientes para atingir a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde.

O plano inicial estima vacinar 25% da população de Mato Grosso até o fim da campanha.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), até agora, o estado recebeu 167,6 mil doses da CoronaVac e 45 mil AstraZeneca/Oxford para a imunização dos grupos da primeira fase da Campanha de Vacinação contra a Covid-19.

O número total de vacinados até agora no estado representa pouco mais de 2% da população mato-grossense, que é de 3,5 milhões de pessoas.

“O problema não é vacinar, é ter vacinas. Nenhum estado está satisfeito com o fluxo de doses encaminhadas é tão pouco com o percentual de cobertura da população”, disse o secretário.

Segundo Gilberto, o estado tem 800 salas de imunização. O governo está fazendo uma análise para verificar se outros estados estão recebendo proporções maiores de doses em comparação com Mato Grosso.

Nessa terça-feira (23), o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu autorizar estados e municípios a comprar e a distribuir vacinas contra a Covid-19. A permissão valerá caso o governo federal não cumpra o Plano Nacional de Imunização ou caso as doses previstas no documento sejam insuficientes.

“A partir do momento em que o Ministério da Saúde assegurar que haverá doses suficientes para atingir 50% do público estabelecidos, Mato Grosso vai cumprir essa meta. Estamos fazendo um esforço para que o estado faça a aquisição adicional ao plano nacional, porque se depender só desse plano não vamos ter uma cobertura superior ”, afirmou.

De acordo com o secretário, o governo estuda a possibilidade de comprar vacinas adicionais por conta própria.

“Com essas aprovações do STF cria-se um cenário mais positivo. Nós continuamos empenhados para que, dentro da legislação, possamos fazer a aquisição de mais doses”, disse.

Ainda nesta semana, o estado deve receber 11,8 mil doses da vacina Coronavac que serão utilizadas como primeira e segunda aplicação. A secretaria afirma que ainda não tem previsão da data da chegada dessas doses da Coronavac.

Leia mais:   Centro de Iniciação ao Esporte terá obras retomadas

Com a vacinação restrita desde a semana passada por causa da falta de vacinas, a Secretaria de Saúde de Cuiabá disse que vai retomar a vacinação dos grupos prioritários que estava comprometida. No entanto, vai depender da quantidade recebida, já que são pouco mais de 32 mil doses para ser distribuídas entre os 141 municípios.

Casos de Covid-19

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (24), 246.469 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 5.716 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (52.822), Rondonópolis (18.741), Várzea Grande (15.622), Sinop (12.667), Sorriso (10.225), Tangará da Serra (9.903), Lucas do Rio Verde (9.256), Primavera do Leste (7.290), Cáceres (5.485) e Nova Mutum (5.037).

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Novas doses de vacina contra Covid-19 devem ser distribuídas aos municípios a partir de 2ª em MT, diz SES

Publicado

G1 MT

A nova remessa com mais de 32 mil doses de vacinas contra o coronavírus (Covid-19), que Mato Grosso recebeu entre quarta (24) e quinta-feira (25), deverá ser encaminhada aos municípios a partir de segunda-feira (1º).

A informação é da Secretaria Estadual de Saúde de Mato Grosso (SES-MT).

O tempo é necessário para que os as equipes da Vigilância Estadual trabalharem no recebimento das doses, na conferência da quantidade, na catalogação dos imunizantes e no encaixotamento para distribuição e retirada dos municípios.

A nova remessa da vacina CoronaVac chegará em Mato Grosso às 10h desta quinta-feira no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, por um voo da Azul.

De acordo com o Ministério da Saúde, a previsão é de que cheguem 11,8 mil doses para a imunização dos grupos da primeira fase da Campanha de Vacinação contra a Covid-19.

Na manhã desta quarta-feira, o estado também recebeu 21 mil doses da vacina AstraZeneca. Até o momento, já foram recebidas 212.760 mil doses de imunizantes contra a Covid-19 em Mato Grosso.

Campanha

O secretário de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo, afirmou que as doses que o estado recebeu até agora são insuficientes para atingir a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde.

O plano inicial estima vacinar 25% da população de Mato Grosso até o fim da campanha. O número total de vacinados até agora no estado representa pouco mais de 2% da população mato-grossense, que é de 3,5 milhões de pessoas.

“O problema não é vacinar, é ter vacinas. Nenhum estado está satisfeito com o fluxo de doses encaminhadas é tão pouco com o percentual de cobertura da população”, disse o secretário.

Segundo Gilberto, o estado tem 800 salas de imunização. O governo está fazendo uma análise para verificar se outros estados estão recebendo proporções maiores de doses em comparação com Mato Grosso.

Leia mais:   Idoso de 71 anos é preso por estuprar as netas da esposa

Casos de Covid-19

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (24), 246.469 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 5.716 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (52.822), Rondonópolis (18.741), Várzea Grande (15.622), Sinop (12.667), Sorriso (10.225), Tangará da Serra (9.903), Lucas do Rio Verde (9.256), Primavera do Leste (7.290), Cáceres (5.485) e Nova Mutum (5.037).

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana