conecte-se conosco


Estadual

POR MEIO DE DNA – Politec confirma identificação de travesti desaparecida em Santo Antônio do Leverger

Publicado

Por Politec-MT

– Foto por: Lenine Martins/ Secom

A amostra biológica padrão da vítima foi confrontada com familiares da vítima residentes no estado do Maranhão

      A Coordenadoria de Perícias em Biologia Molecular da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) confirmou a identificação, através do DNA, da travesti conhecida como Mary, cujos restos mortais foram localizados pela Polícia Civil no dia 09 de julho de 2020 às margens de uma estrada rural de Santo Antônio de Leverger, distante 34 quilômetros ao sul da capital.  Mary estava no dia 8 de janeiro 2020, após deixar o trabalho em uma pizzaria no município.

A amostra biológica padrão da vítima, identificada como José Mário Barros Lima, foi confrontada com familiares da vítima residentes no estado do Maranhão, sendo elas, a mãe e duas irmãs.

As amostras de referência dos familiares de Mary foram coletadas e processadas pela Perícia Oficial do Maranhão. Já o perfil da vítima foi obtido e processado pela Politec de Mato Grosso.

Até o resultado da identificação técnica os restos mortais de Mary permanecem na Gerência de Antropologia Forense, da Diretoria Metropolitana de Medicina Legal, na qual foi realizada a necropsia, onde constatou-se que a causa da morte foi indeterminada.

      Rede Integrada

O estado de Mato Grosso, do Maranhão, e outros 17 estados brasileiros compõem a Rede Integrada de Banco de Perfis Genéticos, mantida no âmbito do Ministério da Justiça e Segurança Pública. A Rede foi criada com a finalidade principal de manter, compartilhar e comparar perfis genéticos a fim de ajudar na apuração criminal e/ou na instrução processual.

De maio a novembro de 2020, Mato Grosso manteve 1.860 perfis cadastrados no banco nacional. Desse total, 1.631 são perfis de condenados criminalmente, 170 perfis genéticos de vestígios e 39 perfis de restos mortais não identificados. Os dados são do último relatório semestral divulgado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública em novembro.

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Com recuo da pandemia grandes festas populares como o FIP, Expoagro e Carnaval estão programados para 2022 em Cáceres

Publicado

 

Sinézio Alcântara – Expressção Notícias

O arrefecimento da pandemia, com a redução de contágios, internações e óbitos, em todo o Estado, faz com que as grandes festas populares de Cáceres, suspensas nos dois últimos anos – 2020 e 2021-, voltem a ser realizadas, a partir de 2022.

Já estão, praticante, confirmadas a realização do Carnaval Popular, do Festival Internacional de Pesca Esportiva de Cáceres (FPE) e a Exposição Agropecuária e Industrial de Cáceres. Além da festa de São Luiz, padroeiro da cidade.

Secretária Municipal de Turismo, Alessandra Castilho Paiva Paulino, diz que já está tudo preparado e só não haverá o Carnaval Popular caso surja um imprevisto, como por exemplo, o aparecimento de uma nova variante do coronavirus.

“Estamos preparados para realizar o carnaval. Só será cancelado se ocorrer algum fato novo, como por exemplo, o surgimento de uma nova variante do coronavirus. Ai não iremos colocar a saúde e a vida das pessoas em risco”, enfatizou.

Assim como o Carnaval Popular, Alessandra Castilho confirma a realização do Festival de Pesca Esportiva de Cáceres. A 40ª edição do FPE, prevista para o mês de setembro de 2020, foi adiada em razão da pandemia do novo coronavirus.

De acordo com a secretária, o Festival de Pesca Esportiva de Cáceres está programado para o segundo semestre de 2022. E, assim como o carnaval, está condicionado, ao não surgimento de novas cepas do corona.

“Não vamos passar em branco”. Resume a presidente do Sindicato Rural de Cáceres, Ida Beatriz Machado de Miranda Sá, ao afirmar a intenção da entidade em realizar a feira agropecuária, neste ano, depois de dois anos de interrupção.

De acordo com a líder sindical, a previsão é de que a Expoagro seja realizada no mês de agosto. Apesar da confirmação, conforme o vice-presidente e diretor da feira, Ricardo Castella, o sindicato ainda está acertando detalhes finais para a realização do evento.

“Estamos acertando detalhes essenciais para a realização da feira. A população deseja uma exposição com realização de shows artísticos, ou seja: uma festa popular; por outro lado, os agropecuaristas defendem uma exposição mais tecnológica com agri-show, cursos, seminários, entre outros”.

Além disso, segundo Castella, para a realização de uma exposição agropecuária, a altura, para atender a população e a classe agropecuarista, será necessária a parceria entre sindicato e o poder público.

“A realização de uma feira agropecuária a altura, com a realização de shows artísticos e outros atrativos, não fica por menos que R$ 1,2 milhão. Portanto, se o poder público não entender que a exposição e algo importante, principalmente, para a economia da cidade, e não firmar parceria, ela se tornará inviável para o sindicato”.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Educação: Escolas da rede municipal de ensino retornam com atendimento 100% presencial

Publicado

Por – Esdras Crepaldi

As escolas de ensino infantil e fundamental da rede municipal de educação de Cáceres retornaram na manhã desta segunda-feira, 08, as aulas com atendimento 100% presencial, desta forma, não haverá mais rodízios nas escolas e a soma de alunos pode ser atendida todos os dias.

Segundo a secretária municipal de Educação, Liamara Rodrigues, com a retomada das atividades em sua totalidade, as escolas mantêm todo procedimento de cuidados e orientações com os protocolos sanitários existentes.

A secretária  enalteceu que o uso de máscaras por estudantes e profissionais da educação continua sendo obrigatório, assim como a utilização de álcool em gel em todas as escolas.

Liamara disse que este retorno já estava previsto e com a queda dos indicadores de contágio da Covid-19 e grande número de vacinados e imunizados, a decisão foi tomada através do Decreto Municipal Nº 912 de 04 de novembro, que dispõe sobre a sobre a retomada integral das aulas presenciais no Sistema de Ensino do Município de Cáceres-MT.

Ela explicou que o decreto está fundamentado na Portaria Interministerial (Ministério da Educação e da Saúde) nº 5, de 4 de agosto de 2021, que reconhece a importância nacional do retorno à presencialidade das atividades de ensino e aprendizagem.

“Hoje pela manhã visitamos algumas escolas e para nossa satisfação,  o retorno está ocorrendo com muita tranquilidade. Pudemos notar que muitos pais e alunos estavam ansiosos para essa retomada total das atividades e nossa responsabilidade como gestores e educadores é manter todos os protocolos e cuidados, com a intenção de garantir a segurança de toda comunidade escolar”, comentou Liamara.

Ela pontuou ainda que são muitos os desafios e dificuldades no processo de aprendizagem dos alunos da rede municipal. “Precisamos superar estes problemas, como conter a evasão e assegurar acesso e direitos de aprendizagens, e para isso a retomada do convívio é fundamental na formação dos nossos alunos e profissionais”, observou Liamara.

A secretária de educação pede aos pais dos alunos que ainda estavam no atendimento remoto, que procurem as Escolas onde estão matriculados para as orientações necessárias ao retorno presencial, que a partir deste dia 08 de novembro é para todos os alunos.

Em casos pontuais e necessários, os alunos que não puderem frequentar as aulas presenciais, por motivos justificáveis, deverão comprovar a ausência, através de responsáveis, na unidade escolar em que estejam matriculados.

A prefeita de Cáceres, Eliene Liberato Dias, desejou boas vindas a toda comunidade escolar e enfatizou todo esforço e estratégias do município  em garantir a vacinação e adotar medidas de biossegurança nos equipamentos municipais.

“Passamos por momentos difíceis e sei o quanto esse período afetou o emocional dos alunos, pais e professores, por isso estamos voltando de forma presencial com responsabilidade,” frisou Eliene. A prefeita finaliza dizendo que o município tem feito sua parte e que o retorno presencial oportuniza o acolhimento  socioemocional,  a socialização, merenda de qualidade e outros fatores que só a escola pode oferecer.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana