conecte-se conosco


Brasileirão Série A

Por equilíbrio, Eduardo aposta em "novo desenho tático"; veja opções

Publicado

Além da volta de Jeferson, livre de suspensão, à lateral direita, a Ponte Preta terá outras mudanças para encarar o Vitória, neste domingo, às 16h, no Barredão. Quantas mais e quais, somente na divulgação oficial da escalação, momentos antes do duelo. Como de praxe quando está com dúvida, o técnico Eduardo Baptista faz mistério, mas admite que o time titular que terá novidades e deixa pistas e abre possibilidades ao falar em “novo desenho tático”. A expectativa principal gira em torno da formação do meio de campo, com reflexo no ataque. 

Elenco Ponte Preta (Foto: Fabio Leoni/ PontePress)Renê Júnior, Cristian… dupla estará em campo contra o Vitória? É esperar para ver (Foto: Fabio Leoni/ PontePress)

Eis o que disse o comandante alvinegro na entrevista coletiva de sexta-feira, depois do treino secreto que comandou em Jaguariúna e antes do embarque da delegação alvinegra para Salvador, onde a Macaca ainda realiza um trabalho neste sábado:

– A volta de Jeferson é natural e teremos também uma ou outra mudança pontual. Observamos um desenho um pouco diferente, ainda temos no sábado para testar. Já estamos com o 4-4-2 consolidado, treinamos um outro, para depois escolher o melhor. Fisicamente eu vejo a Ponte bem. A preocupação é mais na parte técnica e tática. Temos bons jogadores. O que eu pensei, estudei é mudar um pouco o desenho tático. Não podemos com dois treinamentos realizar mudanças drásticas. O time vinha jogando bem, teve uma queda e vamos tentar reorganizar com um novo desenho para buscar um equilíbrio maior

A preocupação de Eduardo é com a vulnerabilidade apresentada pela equipe nos dois últimos jogos. Nas derrotas para Atlético-MG (3 a 0) e Cruzeiro (4 a 0), a Ponte levou sete gols e não fez nenhum. Depois de analisar insistentemente as atuações alvinegras, o técnico chegou à conclusão que alterar um pouco estilo de jogo se faz necessário para o momento.

Campinho Ponte Preta (Foto: Editoria de Arte GloboEsporte.com)Campinho projeta uma possibilidade de time titular da Ponte (Foto: Editoria de Arte GloboEsporte.com)

Até agora, a Macaca tentou conciliar uma formação com três atacantes com um sistema em que todos exerciam função tática defensiva. Clayson e Felipe Azevedo, por exemplo, voltavam para acompanhar o lateral adversário, enquanto Cristian era o responsável, ao lado de Roger, pelo primeiro combate na saída de bola. As últimas apresentações colocaram o esquema em xeque. 

Por bater na tecla do “equilíbrio” e da “compactação”, talvez o novo desenho tático caminhe para uma escalação que priorize a proteção à defesa com uma peça a mais no meio de campo. Neste caso, o treinador também deixa os homens de frente com menos responsabilidade na marcação e livres para usar toda a intensidade na hora de atacar.

Uma das opções do treinador é colocar Matheus Jesus na vaga de um dos atacantes, deixando o time com três volantes. Clayson, principal alvo da torcida, é um dos cotados para sair. Com um meio de campo mais encorpado, Eduardo também ficaria livre para usar Galhardo na vaga de Cristian, outra peça contestada, uma vez que a retaguarda permitiria a presença de alguém com menos competitividade física, porém, mais incisivo com a bola nos pés, como é o caso de Galhardo. Ravanelli, que entrou contra o Cruzeiro no segundo tempo para atuar um pouco mais recuado, iniciando as jogadas, também é opção.

Em má fase técnica, Renê Júnior e Roger devem ganhar mais uma oportunidade, até pela falta de peças de reposição para domingo. Renê, João e Matheus são os únicos volantes de origem do elenco, tanto que a diretoria corre atrás de um novo jogador para a posição. Em relação à referência ofensiva, Wellington Paulista, substituto imediato de Roger, está suspenso por três cartões amarelos. Esperar mais mudanças é ilusão. Eduardo já não gosta de radicalizar, ainda mais com pouco tempo de preparação. A linha do treinador é dar sequência a uma base e fazer ajustes pontuais. 

Assisti ao jogo contra o Cruzeiro umas duas vezes, vamos rever mais uma vez, ele ainda está na minha cabeça, e vamos tentar ser cirúrgicos, atacar aquele ponto que consideramos essencial para a melhora do time
Eduardo Baptista, técnico da Ponte

– A minha preocupação não está no individual. É voltar a equilibrar. Éramos um time equilibrado até duas rodadas atrás, sofríamos alguns gols, mas vínhamos fazendo (gols) também. Fugiu um pouco à regra nas duas últimas partidas, por isso a tentativa desse ajuste. É mexer um pouco, não muito. Acho que deve funcionar na parte defensiva e também lá na frente, com um time mais compacto. Assisti ao jogo contra o Cruzeiro umas duas vezes, vamos rever mais uma vez, ele ainda está na minha cabeça, e vamos tentar ser cirúrgicos, atacar aquele ponto que consideramos essencial para a melhora do time – comentou Eduardo. 

Com 13 pontos, a Ponte tenta a reabilitação para permanecer na zona intermediária da tabela e impedir a aproximação de equipes do Z-4. O Vitória é um concorrente direto: tem 12 pontos e deixou a degola ao fazer 2 a 1 no Grêmio em Porto Alegre. Como na sequência terá pela frente o Santa Cruz, quinta, em Pernambuco, a Macaca já ficará pelo Nordeste e retornará para Campinas somente no fim da próxima semana. 

>> Veja informações do próximo jogo da Ponte Preta:
Adversário: Vitória
Data e horário: domingo, às 16h (Brasília)
Provável escalação: João Carlos, Jeferson, Fábio Ferreira, Kadu e Reinaldo; João Vitor, Renê Júnior, Matheus Jesus e Galhardo (Ravanelli); Felipe Azevedo e Roger
Desfalques: Wellington Paulista (suspenso) e Elton (lesão) 
Pendurados: Cristian, Fábio Ferreira, Kadu, João Carlos, João Vitor, Pottker, Reinaldo e Galhardo
Transmissão: Premiere (com Thiago Mastroianni e Jorge Allan)
Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG) apita, auxiliado por Clovis Amaral da Silva (PE) e Nailton Júnior de Sousa Oliveira (CE)
Tempo Real: GloboEsporte.com, a partir das 15h30

Comentários Facebook

Brasileirão Série A

Em Minas, Cuiabá perde para o líder Atlético-MG e cai invencibilidade

Publicado

A Gazeta

Após 12 jogos sem derrotas fora de casa pelo Campeonato Brasileiro, o Cuiabá perdeu a longa invencibilidade que acumulava na série A para o líder Atlético-MG neste domingo (24), em Belo Horizonte, pela 28ª rodada do Brasileirão. O galo venceu por 2 a 1 e pôs fim a longa série do auriverde sem derrotas longe de casa.

O Dourado continua com 35 pontos, em décimo lugar na tabela de classificação. O Galo, por sua vez, chegou aos 59 tentos e é mais líder do que nunca.

A mil por hora, assim começou o início do jogo entre Cuiabá e Atlético-MG no Mineirão. Logo aos 2 minutos, Nathan Silva, contra, inaugurou o marcador em recuo infeliz para Everton, que viu a bola entrar lentamente no gol. Aos 4, Hulk, dentro da pequena área, deixou tudo igual após jogada ensaiada de escanteio.

O time mineiro conseguiu a virada com Jair, que completou de cabeça para as redes após assistência de Guilherme Arana.

No início da etapa final, Hulk marcou o terceiro para o Atlético, mas o gol foi anulado após a arbitragem pegar um toque de mão do atacante. Daí em diante o Atlético continuou pressionando, mas sempre parando nas defesas seguras do goleiro Walter.

À medida que o relógio foi passando, o Atlético deixou o Cuiabá mais a vontade para trabalhar com a bola e passou a contar com os contra-ataques. O Dourado martelou, porém não conseguiu criar chances claras de gol.

O próximo compromisso do Cuiabá no campeonato brasileiro é contra o Red Bull Bragantino no dia 1º de novembro, na Arena Pantanal, às 19h30 (de MT.

Comentários Facebook
Continue lendo

Brasileirão Série A

Seleção Brasileira encerra preparação para amistoso contra República Tcheca

Publicado

Programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) também destacou a reta final dos principais campeonatos estaduais do país; ouça na íntegra

O programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) destacou o amistoso da Seleção Brasileira com a República Tcheca. Waldir Luiz, Márcio Guedes, Bruno Mendes e toda a nossa equipe também analisaram a reta final dos principais campeonatos estaduais do país e as principais notícias do esporte nacional e internacional.

Clique no player e ouça o programa na íntegra:

No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919.

Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.

Agencia Brasil
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana