conecte-se conosco


Brasileirão Série A

Ponte muda local de treino e aumenta mistério na escalação contra o Vitória

Publicado

Com o objetivo de blindar o elenco da repercussão negativa e de eventuais cobranças da torcida após a goleada por 4 a 0 para o Cruzeiro, em casa, no meio da semana, a preparação da Ponte Preta para encarar o Vitória neste domingo, no Barradão, foi marcada pelo mistério. Depois de uma reapresentação sem atendimento aos jornalistas na quinta-feira, o treino desta sexta, que já seria fechado no Majestoso, teve o local alterado para isolar ainda mais o time. Sob a justificativa de facilitar a logística, a última atividade antes da viagem para Salvador aconteceu no Recanto da Macaca, em Jaguariúna, com segurança reforçada e longe da imprensa. 

Recanto da Macaca, Jaguariúna (Foto: Carlos Velardi/ EPTV)Ponte usou o CT da base, em Jaguariúna, para encerrar a preparação antes de viajar (Foto: Carlos Velardi/ EPTV)

O clube informou a mudança pela manhã, mas sem divulgar o novo destino. Quando a reportagem da EPTV, afiliada da Rede Globo, chegou ao CT da base alvinegra, em Jaguariúna, o trabalho já havia terminado. Foi possível apenas flagrar os jogadores entrando no ônibus. De lá, seguiram para a concentração, em um hotel no Alphaville, antes de partirem para Congonhas, onde pegariam o voo para Salvador no início da tarde. A proximidade entre os lugares foi usada pelo técnico Eduardo Baptista para explicar a decisão, além da questão da privacidade. 

– Foi mais a logística mesmo. E eu também queria um pouco de privacidade para fazer algumas observações (no time). Quando você faz (observações), pode parecer uma instabilidade. Mas não é. Tem que treinar tudo que tiver na cabeça para ver como sai na prática, se der certo. Como também estávamos com o horário um pouco apertado para o voo, sugeriram o CT da base em Jaguariúna. Eu nem sabia que a Ponte tinha um CT em Jaguariúna. Foi muito tranquilo, deu para testar um modelo novo, algumas situações – disse o treinador, em entrevista na concentração. 

Segurança Ponte Preta (Foto: Carlos Velardi/ EPTV)Mesmo longe da torcida, Ponte reforçou a segurança no treino (Foto: Carlos Velardi/ EPTV)

O treino secreto em Jaguariúna aumenta o suspense em relação à escalação para o próximo compromisso. Pelo nível das últimas atuações, o rendimento abaixo da expectativa de algumas peças e também pelo discurso de Eduardo, que falou em “modelo novo”, é possível afirmar que a Macaca terá mais novidades entre os titulares do que simplesmente o retorno de Jeferson, livre de suspensão, à lateral direita. O próprio técnico admite que fará trocas, mas sem revelar quais. 

– A volta de Jeferson é natural e teremos também uma ou outra mudança pontual. Observamos um desenho um pouco diferente, ainda temos no sábado para testar. Já estamos com o 4-4-2 consolidado, treinamos um outro, para depois escolher o melhor. Fisicamente eu vejo a Ponte bem. A preocupação é mais na parte técnica e tática. Temos bons jogadores. O que eu pensei, estudei é mudar um pouco o desenho tático. Não podemos com dois treinamentos realizar mudanças drásticas. O time vinha jogando bem, teve uma queda e vamos tentar reorganizar com um novo desenho para buscar um equilíbrio maior – analisou Eduardo. 

As dúvidas permanecerão até a divulgação oficial da escalação. Existe a possibilidade de Eduardo, até pelo que comentou sobre “desenho tático”, reforçar a marcação no meio de campo. Neste caso, o mais provável é que Matheus Jesus entre no lugar de Clayson, deixando o time com três volantes. Ainda dentro dessa configuração, Galhardo também tem chance de desbancar Cristian no setor de criação. 

Jeferson, lateral-direito da Ponte Preta (Foto: Heitor Esmeriz)Retorno de Jeferson à lateral direita é a única mudança confirmada por Eduardo entre os titulares (Foto: Heitor Esmeriz)

Presença certa no ataque, Felipe Azevedo, artilheiro da equipe no Brasileirão, com quatro gols, também não entregou a estratégia do treinador. 

– não posso nem falar nada, né. Deixa no sigilo. O Mancini (técnico do Vitória) conhece bem o Eduardo, e tenho certeza que o Eduardo buscará o melhor. Mas independentemente de quem entrar, acho que isso é secundário, o importante é fazermos um bom jogo, para vencer e conseguir dar continuidade no campeonato. 

Com 13 pontos, a Ponte tenta a reabilitação após duas derrotas consecutivas para permanecer na zona intermediária da tabela e impedir a aproximação de equipes do Z-4. O Vitória é um concorrente direto: tem 12 pontos e deixou a degola ao fazer 2 a 1 no Grêmio em Porto Alegre. Como na sequência terá pela frente o Santa Cruz, quinta, em Pernambuco, a Macaca já ficará pelo Nordeste e retornará para Campinas somente no fim da próxima semana. 

>> Veja informações do próximo jogo da Ponte Preta:
Adversário: Vitória
Data e horário: domingo, às 16h (Brasília)
Provável escalação: João Carlos, Jeferson, Fábio Ferreira, Kadu e Reinaldo; João Vitor, Renê Júnior, Matheus Jesus e Galhardo (Ravanelli); Felipe Azevedo e Roger. 
Desfalques: Wellington Paulista (suspenso) e Elton (lesão) 
Pendurados: Cristian, Fábio Ferreira, Kadu, João Carlos, João Vitor, Pottker, Reinaldo e Galhardo
Transmissão: Premiere (com Thiago Mastroianni e Jorge Allan)
Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG) apita, auxiliado por Clovis Amaral da Silva (PE) e Nailton Júnior de Sousa Oliveira (CE)
Tempo Real: GloboEsporte.com, a partir das 15h30

Comentários Facebook

Brasileirão Série A

Em Minas, Cuiabá perde para o líder Atlético-MG e cai invencibilidade

Publicado

A Gazeta

Após 12 jogos sem derrotas fora de casa pelo Campeonato Brasileiro, o Cuiabá perdeu a longa invencibilidade que acumulava na série A para o líder Atlético-MG neste domingo (24), em Belo Horizonte, pela 28ª rodada do Brasileirão. O galo venceu por 2 a 1 e pôs fim a longa série do auriverde sem derrotas longe de casa.

O Dourado continua com 35 pontos, em décimo lugar na tabela de classificação. O Galo, por sua vez, chegou aos 59 tentos e é mais líder do que nunca.

A mil por hora, assim começou o início do jogo entre Cuiabá e Atlético-MG no Mineirão. Logo aos 2 minutos, Nathan Silva, contra, inaugurou o marcador em recuo infeliz para Everton, que viu a bola entrar lentamente no gol. Aos 4, Hulk, dentro da pequena área, deixou tudo igual após jogada ensaiada de escanteio.

O time mineiro conseguiu a virada com Jair, que completou de cabeça para as redes após assistência de Guilherme Arana.

No início da etapa final, Hulk marcou o terceiro para o Atlético, mas o gol foi anulado após a arbitragem pegar um toque de mão do atacante. Daí em diante o Atlético continuou pressionando, mas sempre parando nas defesas seguras do goleiro Walter.

À medida que o relógio foi passando, o Atlético deixou o Cuiabá mais a vontade para trabalhar com a bola e passou a contar com os contra-ataques. O Dourado martelou, porém não conseguiu criar chances claras de gol.

O próximo compromisso do Cuiabá no campeonato brasileiro é contra o Red Bull Bragantino no dia 1º de novembro, na Arena Pantanal, às 19h30 (de MT.

Comentários Facebook
Continue lendo

Brasileirão Série A

Seleção Brasileira encerra preparação para amistoso contra República Tcheca

Publicado

Programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) também destacou a reta final dos principais campeonatos estaduais do país; ouça na íntegra

O programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) destacou o amistoso da Seleção Brasileira com a República Tcheca. Waldir Luiz, Márcio Guedes, Bruno Mendes e toda a nossa equipe também analisaram a reta final dos principais campeonatos estaduais do país e as principais notícias do esporte nacional e internacional.

Clique no player e ouça o programa na íntegra:

No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919.

Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.

Agencia Brasil
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana