conecte-se conosco


Brasileirão Série A

Pequeno Guerrero: ator vence concurso para ser atacante em filme

Publicado

Rony Shapiana filme Guerrero (Foto: Divulgação)Rony Shapiana após vencer o concurso: ele será Guerrero criança no filme (Foto: Divulgação)

Rony Shapiama, de 10 anos, é um menino que nasceu e cresceu
no humilde bairro Villa El Salvador, em Lima. Perdeu o pai aos 2 anos e foi
criado pelos avós. Veio de uma família separada, pobre, mas que sempre apoiou
seu prodígio. Como se vê, não foi apenas sua semelhança física que o fez
ser o escolhido para viver Paolo Guerrero quando criança no filme intitulado simplesmente “Guerrero”, a ser lançado
no Peru em dezembro (assista ao trailer no vídeo abaixo). No último sábado foi ao ar num canal de televisão local a
final do concurso que procurou a pessoa ideal para interpretar o ídolo da
seleção e camisa 9 do Flamengo. Ele venceu outros 3 mil concorrentes.

Entre os jurados estava Peta González, mãe de Guerrero. O
objetivo não foi escolher alguém que tivesse apenas traços físicos
semelhantes, mas que transmitisse algo mais que fosse parecido com o atacante
entre outros aspectos, já que Rony não tinha qualquer experiência em atuação.

– Rony tem uma história de vida parecida com a do Paolo.
Além disso, é um amante do futebol, vive jogando na rua e parece com ele
fisicamente quando tinha 10 anos. Mas tem uma luz linda, e isso foi o que mais
nos convenceu – explicou Miguel Valladares, produtor gerente geral da Tondero, produtora
responsável pelo filme, e um dos jurados do concurso televisivo.

 

Guerrero tem participado ativamente do filme, ainda que nos
bastidores. Há alguns meses recebeu produtores e o diretor Fernando Villarán no
Rio de Janeiro para ler o roteiro.

– Fiquei feliz por vários meninos terem se interessado em
fazer o meu papel. Desejo sorte para o que foi escolhido, e na primeira
oportunidade, tentarei conhecê-lo pessoalmente. Decidi fazer o filme para mandar uma mensagem à garotada. Quis dizer que a vida do esportista é muito difícil, pois existem muitos obstáculos na vida até chegar a ser profissional. Nada é de graça. Tudo é trabalho e sacrifício – disse Guerrero.

Rony Shapiana filme Guerrero (Foto: Divulgação)Da esquerda para a direita, os jurados da final que escolheu Rony: Miguel Valladares, produtor do filme, o ex-jogador Waldir Sáenz, Peta González, mãe de Guerrero, e o ator Diego Lombardi (Foto: Divulgação)

Ele vai encontrar pela primeira vez Rony no Brasil, em
agosto, quando gravarão cenas para o filme. Nelas, o pequeno Paolo vai
conversar com sua versão adulta num sonho. No entanto, o centroavante já viu
imagens do ator e aprovou. Um dia antes de se apresentar ao Flamengo após atuar
na Copa América, Guerrero esteve em Lima e observou imagens dos finalistas do
concurso.

– Na véspera da final, Paolo foi à produtora e viu alguns
candidatos. Dissemos que Rony era o favorito, e ele aprovou. Teve a última
palavra – disse Miguel Valladares.

Rony Shapiana filme Guerrero (Foto: Divulgação)Rony com os produtores do filme: visita ao Brasil em agosto para encontrar Guerrero (Foto: Divulgação)

O lançamento do filme está marcado para 8 de dezembro. A
data tem um significado importante para Guerrero, já que neste mesmo dia, em
1987, seu tio José Manuel González morreu num acidente de avião em que viajava
o time do Alianza Lima após uma partida do Campeonato Peruano. Caíco, como era
conhecido, era goleiro da equipe e faleceu ao lado de outras 42 vítimas.

A ideia do filme não é mostrar uma biografia detalhada da infância de Guerrero, mas usar este personagem como uma espécie de exemplo dos muitos meninos de origem humilde que buscam no futebol a realização de um sonho.

– Queremos mostrar a história de um menino pobre, filho de uma mãe lutadora, com grandes sonhos. É uma mensagem para as crianças que podem sonhar o que querem e sonhem ser grandes. Por isso o título “Guerrero” tem um significado importante – destacou o produtor Miguel Valladares.

Comentários Facebook

Brasileirão Série A

Seleção Brasileira encerra preparação para amistoso contra República Tcheca

Publicado

Programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) também destacou a reta final dos principais campeonatos estaduais do país; ouça na íntegra

O programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) destacou o amistoso da Seleção Brasileira com a República Tcheca. Waldir Luiz, Márcio Guedes, Bruno Mendes e toda a nossa equipe também analisaram a reta final dos principais campeonatos estaduais do país e as principais notícias do esporte nacional e internacional.

Clique no player e ouça o programa na íntegra:

No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919.

Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.

Agencia Brasil
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Palmeiras volta a ter time feminino depois de 9 anos

Publicado

Repórter Lincoln Chaves trouxe todas as informações da preparação do Verdão para o Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino dentro do programa No Mundo da Bola desta quinta-feira (14); ouça na íntegra
Começa neste sábado (16) a sétima edição do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. E a Rádio Nacional traz uma série de matérias sobre a principal competição do futebol feminino no país. A terceira reportagem fala do Palmeiras e dos seus reforços para disputar a competição além do projeto da diretoria para a modalidade. O repórter Lincoln Chaves trouxe todas as informações do Verdão dentro do programa No Mundo da Bola desta quinta-feira (14).

Ouça no player abaixo:

O Palmeiras retorna ao feminino após nove anos. O time vai jogar em Vinhedo, cidade parceira do versão nesta edição.

A equipe foi apresentada em meados de fevereiro e é comandada pela treinadora Ana Lúcia Gonçalves.

O No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919. Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.
Tags: Palmeiras Futebol Feminino Brasileirão Feminino

Agência Brasil

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana