Connect with us

A ansiedade do torcedor do Flamengo pela contratação de Diego chegou ao fim às 15h26 desta terça-feira. E o alívio pelo acerto com um grande jogador ameniza uma espera que durava anos. A manchete inicial de mais um interesse do clube certamente fez o rubro-negro se lembrar de fracassos recentes em negociações arrastadas por até mais de uma temporada. Mas, se as novelas normalmente não tinham os desfechos desejados, finalmente aconteceu um final feliz.

Montagem, Robinho, Montillo e Riquelme Flamengo (Foto: Editoria de Arte)Imagina? Três protagonistas de novelas sem final feliz no Flamengo: Robinho, Riquelme e Montillo (Foto: Editoria de Arte)

O nome do meia ex-Fenerbahçe era, até pouco tempo atrás, só mais um em meio aos diversos especulados em toda janela de transferências. A expectativa todo ano ia às alturas com jogadores de primeira linha como Robinho, Riquelme e Montillo, entre outros, mas a realidade  acabava decepcionando na maioria das vezes – com Ronaldinho e Guerrero como exceções. O GloboEsporte.com relembra em lista os nomes que nunca chegaram (ou voltaram):  

01

robinho

O nome do amigo de Diego pautou o imaginário dos torcedores por pelo menos três temporadas. Desde 2012, o Flamengo tinha o interesse em repatriar o atacante que estava no Milan e a princípio era considerado caro demais por parte da diretoria. As negociações foram retomadas duas temporadas depois, mas o acerto nunca ocorreu. Robinho voltou ao Santos, chegou a jogar na China e atualmente veste a camisa do Atlético-MG.

Robinho no Flamengo prints (Foto: Reprodução)2012, 2014 e 2015: Robinho talvez tenha sido o mais desejado durante os últimos anos (Foto: Reprodução)
01

riquelme

Protagonista de um grande número de novelas no futebol brasileiro, o argentino esteve no noticiário rubro-negro durante quatro anos e chegou perto de atuar pelo clube da Gávea em 2012. A má fase da equipe na época, no entanto, assustou o ex-craque do Boca Juniors. Zinho, diretor de futebol do Flamengo na ocasião, afirmou que o fracasso não tinha motivos financeiros – algo não muito comum nesta lista. 

Riquelme no Flamengo prints (Foto: Reprodução)Em 2010, argentino era desejo ao lado de Ronaldinho. Dois anos depois, voltava a entrar em pauta (Foto: Reprodução)

01

montillo

Carrasco na Libertadores de 2010, quando atuava pelo Universidad do Chile, o argentino chegou a ser oferecido no mesmo ano, mas a transação não caminhou positivamente. Montillo veio para o Brasil, só que para vestir a camisa do Cruzeiro. Cerca de quatro anos depois, após passagem pelo Santos e no futebol chinês, voltou a ser cogitado na Gávea. Salários foram acertados, mas o Shandong Luneng não aceitou ceder por empréstimo e uma compra – com possibilidade muito pequena de retorno financeiro – acabou descartada.

Montillo no Flamengo prints (Foto: Reprodução)Carrasco na Libertadores de 2010, argentino teve nome cogitado quatro anos depois (Foto: Reprodução)
01

kleber

O Flamengo tinha R$ 7 milhões para oferecer pelo atacante na primeira tentativa, mas o valor não seduziu o Palmeiras, que considerava o Gladiador peça fundamental do elenco em 2011. Felipão, técnico alviverde na época, chegou a se irritar e mandar “vender a Gávea” para tirar o jogador do clube paulista. Um ano depois, a busca por atacantes continuava, e o nome de Kleber voltou a ser tentado. Dessa vez no Grêmio, o insucesso foi o mesmo.

Kleber Gladiador no Flamengo prints (Foto: Reprodução)Gladiador foi alvo por duas temporadas seguidas, quando jogava por Palmeiras e Grêmio (Foto: Reprodução)
01

valdivia

Valdivia veste camisa do Flamengo em 2012 (Foto: Reprodução)Valdivia vestiu a camisa do Flamengo para dar entrevista em 2012 (Foto: Reprodução)

O desejo pelo meia chileno foi divulgado em 2012 e 2013, em épocas do ano semelhantes. Na primeira vez, o próprio jogador confirmou contato feito pelo Flamengo e causou polêmica ao vestir a camisa rubro-negra trocada com um adversário para dar entrevista (veja na foto ao lado). Recém-campeão pelo Palmeiras, porém, acabou permanecendo em São Paulo. Na temporada seguinte, novas conversas, mas uma desistência rápida por parte dos cariocas. Wallim Vasconcelos, vice de futebol na época, tratou o possível reforço como “muita areia para o caminhão” por conta dos altos valores envolvidos. Valdivia ficou no Palmeiras até o ano passado, quando retornou para o futebol dos Emirados Árabes.

01

júlio césar

Júlio César no Flamengo print (Foto: Reprodução)Júlio César foi “sonho” em 2014 (Foto: Reprodução)

Revelado na Gávea, o goleiro é um dos grandes jogadores do clube no século XXI. Por conta disso, a diretoria buscou sua contratação para ter uma referência no elenco em 2014, antes da disputa da Copa do Mundo – Júlio era titular absoluto da Seleção comandada por Felipão. Focado no Mundial, no entanto, o antigo camisa 1 rubro-negro, que pertencia ao Queens Park Rangers e estava emprestado ao Toronto, não concretizou seu retorno. Logo depois, assinou com o Benfica, clube que defende até hoje.

01

felipe melo

Outro prata da casa da lista, Felipe Melo foi procurado na temporada passada pelo Flamengo mas logo teve o nome descartado. O motivo: o astronômico salário. O valor pedido pelo volante ao diretor Rodrigo Caetano era de quase R$ 1 milhão bruto por mês – cerca de R$ 700 mil líquidos -, quantia que o Rubro-Negro recusou-se a pagar. Recentemente, respondeu um torcedor em tom de ironia na internet, dizendo não voltar o Flamengo por medo de ser reserva.

Felipe Melo no Flamengo prints (Foto: Reprodução)Felipe Melo foi procurado pela diretoria rubro-negra no meio do ano passado, mas pedida foi muito alta (Foto: Reprodução)
01

nilmar

Nilmar no Flamengo print (Foto: Reprodução)Nilmar interessou em 2007 (Foto: Reprodução)

De saída do Corinthians em 2007, o atacante, que lutava contra as lesões, despertou o interesse de vários clubes brasileiros. E nesse caso foi justamente a concorrência que afundou as chances do Flamengo, que já havia revelado o desejo pelo atacante em algumas outras oportunidades. Com Santos e São Paulo também sem sucesso, o jogador acabou acertando seu retorno para o Internacional, mesmo com grande confiança do então vice de futebol rubro-negro Kleber Leite em fechar negócio.

01

frança

França São Paulo (Foto: Rubens Chiri /  Site oficial SPFC)França deixou o São Paulo em 2002 e nunca mais voltou a jogar no futebol brasileiro (Foto: Rubens Chiri / Site oficial SPFC)

Depois da saída do São Paulo em 2002, foram cerca de mais dez anos de carreira. Destes, no mínimo em oito o nome do atacante circulou com extrema frequência no noticiário do vaivém do mercado brasileiro. Convites do Flamengo não faltaram, mas o que pesou foi a vontade do jogador em permanecer no futebol japonês. França atuou no Bayer Leverkusen por três temporadas e depois se consagrou pelo Kashiwa Reysol, antes de pendurar as chuteiras no Yokohama FC.

Comentários Facebook

Entretenimento

Eclipse lunar traz ‘Lua de sangue’ no domingo (15); saiba mais

Published

on

No próximo domingo (15), acontecerá o primeiro eclipse lunar de 2022. Será um eclipse do tipo total, que ocorre quando a Lua cheia se move para a chamada sombra umbral profunda da Terra (parte mais interna e escura). Isso ocorre porque nosso planeta passa em frente à luz solar enviada para o nosso satélite natural.

De acordo com o astrofísico americano Fred Espenak, conhecido por prever eclipses, como a Lua cheia do dia 15 de maio é a chamada superlua, por estar no perigeu, o ponto mais próximo da Terra, esse eclipse será considerado uma superlua de sangue. O fenômeno, que poderá ser visto em todo o Brasil, ocorre quando a luz do sol passa pela atmosfera terrestre, mas desvia pelos comprimentos de onda para refletir de forma avermelhada na Lua.

Diagrama da sombra do eclipse lunar do dia 15 de maio. (Fonte: NASA/Divulgação.)Fonte:  NASA 

Quando acontecerá o eclipse total da Lua no domingo?

Conforme o perfil Astronomiaum no Twitter, nas cidades com fuso horário de Brasília, o eclipse lunar de domingo terá início às 22h32, e terá o seu ápice na madrugada de segunda-feira (16) à 1h11, com o término ocorrendo às 3h51. Além do Brasil, a Lua de sangue poderá ser vista também nos EUA e Canadá, além de partes da África e Europa.

Diferentemente do eclipse solar, que só é observável em uma área relativamente pequena do mundo, os eclipses lunares podem ser vistos em qualquer lugar no lado noturno da Terra. A sua visualização também é mais segura, pois esses fenômenos não necessitam de nenhum tipo de proteção para os olhos, pois são mais escuros do que a própria lua cheia em si.

Para quem mora em grandes cidades, e não pretende viajar para locais com baixa poluição visual para assistir ao eclipse total da Lua no domingo, será possível visualizá-lo através do canal oficial da NASA do YouTube. O telescópio da agência aeroespacial norte-americana irá iniciar a transmissão das imagens do fenômeno a partir da zero hora do dia 16 de maio, no horário de Brasília.

Para assistir, basta clicar no link acima para definir o lembrete e, na hora marcada, acompanhar os detalhes em alta resolução.

Fonte: https://www.tecmundo.com.br/ciencia/238420-eclipse-lunar-traz-lua-sangue-domingo-15-saiba.htm

Comentários Facebook
Continue Reading

Brasileirão Série A

Em Minas, Cuiabá perde para o líder Atlético-MG e cai invencibilidade

Published

on

A Gazeta

Após 12 jogos sem derrotas fora de casa pelo Campeonato Brasileiro, o Cuiabá perdeu a longa invencibilidade que acumulava na série A para o líder Atlético-MG neste domingo (24), em Belo Horizonte, pela 28ª rodada do Brasileirão. O galo venceu por 2 a 1 e pôs fim a longa série do auriverde sem derrotas longe de casa.

O Dourado continua com 35 pontos, em décimo lugar na tabela de classificação. O Galo, por sua vez, chegou aos 59 tentos e é mais líder do que nunca.

A mil por hora, assim começou o início do jogo entre Cuiabá e Atlético-MG no Mineirão. Logo aos 2 minutos, Nathan Silva, contra, inaugurou o marcador em recuo infeliz para Everton, que viu a bola entrar lentamente no gol. Aos 4, Hulk, dentro da pequena área, deixou tudo igual após jogada ensaiada de escanteio.

O time mineiro conseguiu a virada com Jair, que completou de cabeça para as redes após assistência de Guilherme Arana.

No início da etapa final, Hulk marcou o terceiro para o Atlético, mas o gol foi anulado após a arbitragem pegar um toque de mão do atacante. Daí em diante o Atlético continuou pressionando, mas sempre parando nas defesas seguras do goleiro Walter.

À medida que o relógio foi passando, o Atlético deixou o Cuiabá mais a vontade para trabalhar com a bola e passou a contar com os contra-ataques. O Dourado martelou, porém não conseguiu criar chances claras de gol.

O próximo compromisso do Cuiabá no campeonato brasileiro é contra o Red Bull Bragantino no dia 1º de novembro, na Arena Pantanal, às 19h30 (de MT.

Comentários Facebook
Continue Reading

Mais Lidas da Semana