conecte-se conosco


Brasileirão Série A

Obras avançam, e Flu espera mandar jogo contra Coxa em Edson Passos

Publicado

Gramado de Edson Passos sofre reforma para receber jogos do Flu (Foto: Divulgação)Gramado adiantado: Edson Passos deve receber jogo do Flu pelo Brasileirão em 2 de julho (Foto: Divulgação)

Por duas vezes, o Fluminense, mesmo que não de forma
oficial, estimou fazer a estreia no estádio Giulite Coutinho, em Edson Passos:
Grêmio e Santos. Não ocorreu, respectivamente, na semana passada, empate em 1 a
1 no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, não vai ocorrer em 22 de julho,
jogo marcado para o Kleber de Andrade, em Cariacica, no Espírito Santo. Foram vários
motivos, o principal: a reforma do gramado e das instalações da casa do
America, em Mesquita, não estavam prontas. Como a chuva deu uma trégua no Rio,
puderam avançar. E, enfim, o Tricolor prevê mandar a partida diante do
Coritiba, em 2 de julho, na casa que escolheu dada a impossibilidade de usar
Maracanã e Nilton Santos.

 

Saiba mais: Edson Passos: Flu tenta acordo com CBF e projeta estreia contra o Santos

O trabalho mais árduo era melhorar o campo. Depois de rebaixar
e nivelar o terreno, houve o plantio da grama. A chuva, porém, prejudicou. O
calor e o sol são aliados para o rápido crescimento. Como faltam 20 dias até a
data do compromisso, o entendimento interno das Laranjeiras é de que até lá
haverá condições de jogar futebol. Mas não é só.

 

Cabe ao Fluminense

– Construção de dois camarotes
– Implantação de roletas com controle eletrônico
– Implantação de circuito interno de TV
– Reforma dos vestiários dos times e da arbitragem
– Reforma da sala de imprensa
– Reforma e manutenção do gramado

Cabe ao America

– Despesas de limpeza
– Despesas de manutenção do estádio
– Entregar estádio sem publicidade
– Não locar estádio a outro clube
– Obter alvarás de liberação do estádio

Há ainda os reparos no Giulite Coutinho. O novo circuito
interno de TV já foi instalado. A construção de dois camarotes está em
andamento, assim como a reforma de dois vestiários. O mais difícil era a
instalação de ar-condicionado, o que também está quase finalizado. O custo
total é de R$ 700 mil.

 

Pelo regulamento do Brasileirão, o clube mandante precisa
indicar o local da partida com 10 dias de antecedência. Terá de fazê-lo no dia
22 de junho, portanto, curiosamente a data do confronto com o Santos. Há um
último entrave a ser superado: a capacidade do estádio. O que vai gerar uma
autorização da CBF.

 

O Giulite Coutinho tem capacidade de 13.544 pessoas, de
acordo com o Plano de Prevenção Contra Incêndio (PPCI). Como há necessidade de
alguns reparos nas arquibancadas, os Bombeiros haviam liberado 9.440 lugares
para o Carioca. O Flu irá fazê-las, então, poderá retomar a diferença. Por
questões de segurança, os Bombeiros não liberam 15 mil pessoas, o definido no
regulamento do Brasileirão. Este número teria de ser atingido com arquibancadas
móveis, o que, na avaliação tricolor, é caro. Isto geraria a necessidade de nova
vistoria, de novo laudo. A solução encontrada é pleitear uma liberação da CBF
usando como argumento a excepcionalidade do caso – Maracanã e Nilton Santos
estão cedidos à Rio 2016. Em caso de insucesso, não haverá remédio: as
arquibancadas moveis terão de ser construídas.

 

Pelo acordo, o Fluminense não pagará aluguel e tampouco
dividirá a renda dos jogos com o America. Usará o estádio mediante as reformas
que irá fazer. O acordo prevê ainda a concordância de usar o estádio no Carioca
de 2017. O Flu não sabe os rumos do Maracanã – a concessionária tenta devolver
o estádio ao governo do Rio de Janeiro. Desta forma, Edson Passos seria uma
solução aos jogos de pequeno porte.

Fonte: Globo Esporte

Comentários Facebook

Brasileirão Série A

Seleção Brasileira encerra preparação para amistoso contra República Tcheca

Publicado

Programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) também destacou a reta final dos principais campeonatos estaduais do país; ouça na íntegra

O programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) destacou o amistoso da Seleção Brasileira com a República Tcheca. Waldir Luiz, Márcio Guedes, Bruno Mendes e toda a nossa equipe também analisaram a reta final dos principais campeonatos estaduais do país e as principais notícias do esporte nacional e internacional.

Clique no player e ouça o programa na íntegra:

No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919.

Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.

Agencia Brasil
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Palmeiras volta a ter time feminino depois de 9 anos

Publicado

Repórter Lincoln Chaves trouxe todas as informações da preparação do Verdão para o Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino dentro do programa No Mundo da Bola desta quinta-feira (14); ouça na íntegra
Começa neste sábado (16) a sétima edição do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. E a Rádio Nacional traz uma série de matérias sobre a principal competição do futebol feminino no país. A terceira reportagem fala do Palmeiras e dos seus reforços para disputar a competição além do projeto da diretoria para a modalidade. O repórter Lincoln Chaves trouxe todas as informações do Verdão dentro do programa No Mundo da Bola desta quinta-feira (14).

Ouça no player abaixo:

O Palmeiras retorna ao feminino após nove anos. O time vai jogar em Vinhedo, cidade parceira do versão nesta edição.

A equipe foi apresentada em meados de fevereiro e é comandada pela treinadora Ana Lúcia Gonçalves.

O No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919. Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.
Tags: Palmeiras Futebol Feminino Brasileirão Feminino

Agência Brasil

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana