conecte-se conosco


Sem categoria

O São Paulo faz hoje seu primeiro jogo do ano

Publicado

Hoje à noite no Morumbi com expectativa de 60 mil torcedores, o São Paulo faz seu primeiro jogo do ano.

O adversário é respeitável, o atual campeão da Libertadores, o tradicionalíssimo River Plate argentino.

Uma vitória brasileira permitirá ao Tricolor jogar pelo empate no último jogo da fase de grupos da Libertadores, na desumana altitude de La Paz, contra o Strongest.

Lembremos que o River Plate empatou lá e só tomou o gol de empate, o do 1 a 1, no fim do jogo.

Mas mesmo que o São Paulo perca hoje, resultado absolutamente normal, uma vitória a 3.600 metros do nível do mar, dará a vaga ao time são-paulino.

Corajoso, o técnico Edgardo Bauza deixará Diego Lugano no banco e formará a dupla de zaga com Maicon e Rodrigo Caio.

Bauza correrá o risco de uma falha do jovem Rodrigo Caio desabar sobre sua cabeça, mas a opção é correta, porque Lugano, apesar de ter um passado de tigre feroz, hoje parece mais com um tigre de bengala, com todo o respeito que merece.

Com a derrota do Strongest ontem por 2 a 1 para o Trujillanos, na Venezuela, o São Paulo, que já dependia só de si, teve sua vida se não facilitada, ao menos, menos difícil.

E se o jogo de hoje contra o River permanece sendo o seu jogo do ano, deixou de ser de vida ou de morte.

E o São Paulo tem Calleri, ex-Boca Juniors, que jogará pelo seu atual e seu antigo clube, maior rival do River.

Em Buenos Aires, lembremos, São Paulo e River Plate empataram, 1 a 1, o que, se acontecer de novo, também exigirá que o Tricolor vença em La Paz.

Comentário para o Jornal da CBN desta quarta-feira, 13 de abril de 2016.

Comentários Facebook

Cáceres e Região

A “La Venezuela” centenas de desempregados se aglomeram na avenida e praça Sete de Setembro a espera de cesta básica

Publicado

     Uma cena a “La Venezuela” foi registrada na manhã desta terça-feira (6/3), em Cáceres. Em busca de alimentos, centenas ou talvez milhares de pessoas, a maioria desempregadas, se aglomeraram na praça e Avenida Sete de Setembro, para conseguir ganhar uma cesta básica que, infelizmente, não chegou.

    A maioria país de famílias, eles foram atraídos ao local, por dois motivos: primeiro, após um grupo de empresários fazer a doação de sacolões no dia anterior e ter prometido continuar a entrega hoje; e, ainda porque foram informados de que O governo do Estado estaria distribuindo 2.400 cestas básicas no município.

    Foi necessária a presença de servidores da Secretaria Municipal de Ação Social para desfazer o mal-entendido e evacuar as pessoas para evitar tumulto e aglomerações.

   “Essas famílias vieram receber cestas básicas prometidas por um grupo de empresários. Mas, pelo que se sabe, eles não farão a distribuição porque não conseguiram doações das cestas” explicou um dos representantes da secretaria informando ainda que os sacolões prometidos pelo governo só deverão ser distribuídos no fim de semana.

   “É humilhante pra mim, mas é melhor pedir do que roubar né?” Indagou M.A.P (35 anos) faxineira de uma empresa de autopeças dizendo que foi demitida do trabalho porque a loja está fechada, por causa do lockdown.

   “Sou mecânico mais estou desempregado. O patrão disse que tinha que me mandar embora porque a loja está fechada e não está faturando nada. Por isso vim ver se ganho um sacolão” contou A.J.S (45 anos) afirmando que tem a esposa, a mães e três filhos menores de idade.

“Estou na fila para ganhar um sacolão como prometeram. Mas, até agora não chegou e a informação que temos é que deu zebra o negócio” disse o pedreiro B.A.P (43 anos) afirmando também que está desempregado, tem uma família de quatro filhos para dar de comer e não tem de onde tirar.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Prefeitura de Cáceres suspende matrículas e atendimento ao público

Publicado

Por Assessoria     

A  prefeitura de Cáceres por Secretaria Municipal de Educação, considerando o Decreto Federal Nº 10.282/2020; o Decreto Estadual Nº 874/2021 e Decreto Municipal Nº 302/2021, informa que as matrículas para novos alunos da Educação Infantil, bem com qualquer atendimento ao público ficam suspensos mediante vigência do decreto municipal. 

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana