conecte-se conosco


Estadual

Nova rota aérea liga Cuiabá a Sorriso

Publicado

O vice-governador Carlos Fávaro participou nesta segunda-feira (20.06) da inauguração do primeiro voo da empresa aérea Azul com destino ao município de Sorriso, partindo do Aeroporto Marechal Rondon. Conforme a Azul, a operacionalização da nova rota foi possível graças ao Programa Estadual de Incentivo à Aviação Regional (Voe MT) coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), cuja lei foi sancionada em abril deste ano pelo governador Pedro Taques.

Fávaro ressaltou que integra a política do governo auxiliar o processo de expansão de voos regionais também com investimento em infraestrutura, e cita como exemplo os aeroportos de Tangará da serra, Cáceres e Pontes e Lacerda como potenciais. Conforme o vice-governador, o incentivo motivará empresas a operarem voos regionais e interligarem ainda mais o estado, que tem dimensões continentais

“Dar incentivo fiscal para a regionalização de voos vai ser um grande diferencial, não só na questão econômica, mas também nas oportunidades que o cidadão vai ter. Tenho certeza que muito em breve estaremos aqui anunciando o voo para integrar mato grosso com a America do sul, por Santa Cruz de La Sierra”, complementou o vice-governador.

O pouso da aeronave da companhia aérea Azul Linhas Aéreas em Sorriso marca também a inauguração do Aeroporto Regional Adolino Bedin. Comportando 72 passageiros, a aeronave começa a operar para a cidade de Sorriso com voos três vezes por semana, e ainda no segundo semestre, a companhia terá rota diária para Barra do Garças.

Sorriso é a quarta cidade interligada com a capital por uma companhia aérea. Já são operados voos para Sinop, Rondonópolis, e Alto Araguaia. Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Seneri Paludo, o caso de Sorriso é exemplar. Com a parceria do Governo do Estado, e com a participação da prefeitura, o município teve investimento para ter a infraestrutura necessária para receber os voos.

“Esse é o papel de uma boa política pública, onde você traz incentivos não apenas pró-empresa, mas pró-mercado, onde você dá uma competitividade igual para todos, com regras claras. Automaticamente empresas com a Azul fazem novos investimentos e trazem o desenvolvimento não só pra capital, mas para todo o estado de Mato Grosso’, explicou Seneri do Voe MT.

O diretor de Relações Institucionais da Azul, Ronaldo Veras, afirmou que a parceria só foi possível por causa do Voe MT. “Tudo isso demonstra que essa parceria tende a crescer por causa da reciprocidade por parte do governo de Mato Grosso. Este é apenas o começo, estamos avaliando a operação internacional partindo de Mato Grosso. Tivemos a visita do governador e já devemos anunciar algumas novidades nesse sentido”.

Estiveram presentes ao voo da Azul o secretário do Gabinete de Desenvolvimento Regional, Eduardo Moura; o deputado estadual Wagner Ramos; e o presidente do Conselho Estadual da Confederação Nacional do Turismo ,Jaime Okamura.

Voe MT

O programa trata do fomento e democratização do transporte aéreo, diversificando as cidades a serem atendidas com voos regulares. As companhias aéreas que abrirem voos no estado podem obter redução da alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para compra de querosene de aviação por meio do programa Voe MT, criado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec).

A redução é progressiva, de 20% a 84% e o percentual varia conforme a quantidade de municípios mato-grossenses atendidos pela empresa aérea, ou seja, quanto mais a empresa viajar para o interior do Estado, mais incentivos ela vai ter. Atualmente as companhias aéreas pagam uma alíquota de 25% na compra do combustível.

Lorena Bruschi | Vice-governadoria 

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Com recuo da pandemia grandes festas populares como o FIP, Expoagro e Carnaval estão programados para 2022 em Cáceres

Publicado

 

Sinézio Alcântara – Expressção Notícias

O arrefecimento da pandemia, com a redução de contágios, internações e óbitos, em todo o Estado, faz com que as grandes festas populares de Cáceres, suspensas nos dois últimos anos – 2020 e 2021-, voltem a ser realizadas, a partir de 2022.

Já estão, praticante, confirmadas a realização do Carnaval Popular, do Festival Internacional de Pesca Esportiva de Cáceres (FPE) e a Exposição Agropecuária e Industrial de Cáceres. Além da festa de São Luiz, padroeiro da cidade.

Secretária Municipal de Turismo, Alessandra Castilho Paiva Paulino, diz que já está tudo preparado e só não haverá o Carnaval Popular caso surja um imprevisto, como por exemplo, o aparecimento de uma nova variante do coronavirus.

“Estamos preparados para realizar o carnaval. Só será cancelado se ocorrer algum fato novo, como por exemplo, o surgimento de uma nova variante do coronavirus. Ai não iremos colocar a saúde e a vida das pessoas em risco”, enfatizou.

Assim como o Carnaval Popular, Alessandra Castilho confirma a realização do Festival de Pesca Esportiva de Cáceres. A 40ª edição do FPE, prevista para o mês de setembro de 2020, foi adiada em razão da pandemia do novo coronavirus.

De acordo com a secretária, o Festival de Pesca Esportiva de Cáceres está programado para o segundo semestre de 2022. E, assim como o carnaval, está condicionado, ao não surgimento de novas cepas do corona.

“Não vamos passar em branco”. Resume a presidente do Sindicato Rural de Cáceres, Ida Beatriz Machado de Miranda Sá, ao afirmar a intenção da entidade em realizar a feira agropecuária, neste ano, depois de dois anos de interrupção.

De acordo com a líder sindical, a previsão é de que a Expoagro seja realizada no mês de agosto. Apesar da confirmação, conforme o vice-presidente e diretor da feira, Ricardo Castella, o sindicato ainda está acertando detalhes finais para a realização do evento.

“Estamos acertando detalhes essenciais para a realização da feira. A população deseja uma exposição com realização de shows artísticos, ou seja: uma festa popular; por outro lado, os agropecuaristas defendem uma exposição mais tecnológica com agri-show, cursos, seminários, entre outros”.

Além disso, segundo Castella, para a realização de uma exposição agropecuária, a altura, para atender a população e a classe agropecuarista, será necessária a parceria entre sindicato e o poder público.

“A realização de uma feira agropecuária a altura, com a realização de shows artísticos e outros atrativos, não fica por menos que R$ 1,2 milhão. Portanto, se o poder público não entender que a exposição e algo importante, principalmente, para a economia da cidade, e não firmar parceria, ela se tornará inviável para o sindicato”.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Educação: Escolas da rede municipal de ensino retornam com atendimento 100% presencial

Publicado

Por – Esdras Crepaldi

As escolas de ensino infantil e fundamental da rede municipal de educação de Cáceres retornaram na manhã desta segunda-feira, 08, as aulas com atendimento 100% presencial, desta forma, não haverá mais rodízios nas escolas e a soma de alunos pode ser atendida todos os dias.

Segundo a secretária municipal de Educação, Liamara Rodrigues, com a retomada das atividades em sua totalidade, as escolas mantêm todo procedimento de cuidados e orientações com os protocolos sanitários existentes.

A secretária  enalteceu que o uso de máscaras por estudantes e profissionais da educação continua sendo obrigatório, assim como a utilização de álcool em gel em todas as escolas.

Liamara disse que este retorno já estava previsto e com a queda dos indicadores de contágio da Covid-19 e grande número de vacinados e imunizados, a decisão foi tomada através do Decreto Municipal Nº 912 de 04 de novembro, que dispõe sobre a sobre a retomada integral das aulas presenciais no Sistema de Ensino do Município de Cáceres-MT.

Ela explicou que o decreto está fundamentado na Portaria Interministerial (Ministério da Educação e da Saúde) nº 5, de 4 de agosto de 2021, que reconhece a importância nacional do retorno à presencialidade das atividades de ensino e aprendizagem.

“Hoje pela manhã visitamos algumas escolas e para nossa satisfação,  o retorno está ocorrendo com muita tranquilidade. Pudemos notar que muitos pais e alunos estavam ansiosos para essa retomada total das atividades e nossa responsabilidade como gestores e educadores é manter todos os protocolos e cuidados, com a intenção de garantir a segurança de toda comunidade escolar”, comentou Liamara.

Ela pontuou ainda que são muitos os desafios e dificuldades no processo de aprendizagem dos alunos da rede municipal. “Precisamos superar estes problemas, como conter a evasão e assegurar acesso e direitos de aprendizagens, e para isso a retomada do convívio é fundamental na formação dos nossos alunos e profissionais”, observou Liamara.

A secretária de educação pede aos pais dos alunos que ainda estavam no atendimento remoto, que procurem as Escolas onde estão matriculados para as orientações necessárias ao retorno presencial, que a partir deste dia 08 de novembro é para todos os alunos.

Em casos pontuais e necessários, os alunos que não puderem frequentar as aulas presenciais, por motivos justificáveis, deverão comprovar a ausência, através de responsáveis, na unidade escolar em que estejam matriculados.

A prefeita de Cáceres, Eliene Liberato Dias, desejou boas vindas a toda comunidade escolar e enfatizou todo esforço e estratégias do município  em garantir a vacinação e adotar medidas de biossegurança nos equipamentos municipais.

“Passamos por momentos difíceis e sei o quanto esse período afetou o emocional dos alunos, pais e professores, por isso estamos voltando de forma presencial com responsabilidade,” frisou Eliene. A prefeita finaliza dizendo que o município tem feito sua parte e que o retorno presencial oportuniza o acolhimento  socioemocional,  a socialização, merenda de qualidade e outros fatores que só a escola pode oferecer.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana