conecte-se conosco


Economia

Luverdense domina seleção do Mato-Grossense; Alfredo é o craque

Publicado

O Luverdense dominou a seleção do Campeonato Mato-Grossense, eleita pelos jornalistas do Globo Esporte MT. Cinco jogadores do campeão foram escolhidos entre os onze melhores do estadual, que acabou neste final de semana com a vitória do Luverdense sobre o Sinop por 1 a 0.

O craque do torneio foi o atacante Alfredo, que marcou 13 gols, inclusive o da vitória na decisão. Com faro de gol, o atleta foi fundamental na campanha do título estadual.

O treinador escolhido foi Marcos Birigui, que pegou um time desacreditado e conseguiu chegar na final. Além do Luverdense, jogadores do Araguaia, Cuiabá, Dom Bosco e Sinop emplacaram jogadores entre os onze.

Seleção do Mato-Grossense

Goleiro – André (Cuiabá)
Lateral-direito – Gabriel Passos (Luverdense)
Lateral-esquerdo – Matheus Leoni (Luverdense)
Zagueiro – Luiz Otávio (Luverdense)
Zagueiro – Mateus Lima (Sinop)
Volante – Natan (Dom Bosco)
Volante – Ricardo (Luverdense)
Meia – Cabralzinho (Araguaia)
Meia – Robinho (Dom Bosco)
Atacante – Cleberson (Sinop)
Atacante e craque – Alfredo (Luverdense)
Treinador – Marcos Birigui (Sinop)

Leia mais:   Presidente da AMM contesta PEC Emergencial que pode acabar com piso para gastos com Saúde e Educação
Fonte: GE/MT
Comentários Facebook

Destaque

Auxílio emergencial deve ser de até quatro parcelas de R$ 250

Publicado

Assessoria GD

Pelo desenho da equipe econômica, o novo auxílio emergencial será de até quatro parcelas de R$ 200. O governo, no entanto, já prevê pressão no Congresso para elevar o valor, que poderia chegar até quatro parcelas de R$ 250 para 40 milhões de brasileiros.

Se o valor do auxílio ficar em R$ 200 por quatro meses o custo total será de R$ 32 bilhões e se for a R$ 250 o custo será de R$ 40 bi. O valor será bancado com recursos do Bolsa Família, parte do contingente dos 40 milhões está inscrita no programa, e da possibilidade de endividamento de mais R$ 30 bilhões, abertos pelo texto da PEC Fiscal que tramita no Congresso.

A votação da PEC está prevista para esta quinta (25) no Senado e depois segue para a Câmara dos Deputados. O novo auxílio deve ser criado via medida provisória após a promulgação da PEC, que além de abrir espaço fiscal, permitindo que gastos em caso de calamidade possam ficar fora do teto, prevê medidas para não aumentar muito o endividamento do País, como congelamento de salários de servidores e a não obrigação do reajuste do salário mínimo.

Comentários Facebook
Leia mais:   Seduc firma parceria com FGV para avaliar alunos do Ensino Médio
Continue lendo

Destaque

Governo lança edital para fomentar pesquisa em micro e pequenas empresas de MT

Publicado

Famepat/Secom – MT

O governador Mauro Mendes assinou nesta segunda-feira (22.02) o edital de lançamento do programa Tecnova II-MT, em parceria com o Governo Federal, com investimentos de R$ 4,2 milhões para fomento à pesquisa por micro e pequenas empresas.

O programa será coordenado pela Fundação de Amparo à Pesquisa de Mato Grosso (Fapemat) e tem o objetivo de possibilitar que as micro e pequenas empresas desenvolvam produtos ou processos inovadores com temas voltados ao agronegócio, tecnologia da informação e comunicação (TIC), metalomecânica, reaproveitamento, química, construção civil, bioeconomia, energia.

“Queremos que as micro e pequenas empresas possam se qualificar e entrar nesse ambiente de inovação, buscando novas alternativas para velhos problemas. Pois é a partir da inovação que é possível fazer uma transformação na realidade dessas empresas no Estado de Mato Grosso”, afirmou o governador.

As propostas serão objeto de seleção pública e cada empresa selecionada poderá receber valores com limite de R$ 100 mil a R$ 200 mil, com contrapartida de 5% do valor da proposta.

Leia mais:   Seduc firma parceria com FGV para avaliar alunos do Ensino Médio

O presidente da Fapemat, Marcos de Sá, acredita que esta é uma estratégia para micro e pequenas empresas se reinventarem.

“O fomento à inovação é uma das principais ações da Fapemat e, por isso, apostamos neste programa que irá introduzir novos produtos e processos no mercado ou agregará melhorias nos já existentes em tempos de pandemia. Assim, haverá geração de emprego, distribuição de renda, inclusão social, redução da informalidade e fortalecimento da economia”, finalizou ele.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana