conecte-se conosco


Estadual

Luverdense bate Bragantino fora de casa pela Série B do Brasileiro

Publicado

Bragantino e Luverdense se enfrentam no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP), e o time mato-grossense levou a melhor vencendo a partida por 1 a 0, com gol do atacante Hugo. Com a vitória, o Verdão do Norte chega aos quatro pontos e o Bragantino segue zerado na Série B do Brasileirão.

A primeira etapa começou morna com as duas equipes se respeitando e criando pouquíssimas chances de ataque. O Bragantino só foi chegar ao gol do Luverdense aos 22 minutos em cobrança de escanteio e aos 26 em belo chute de Alemão que passa perto do travessão. O Verdão do Norte passou todo primeiro tempo sem nenhuma finalização ao gol de Felipe.

VEJA AQUI TODAS INFORMAÇÕES, VÍDEOS E O TEMPO REAL DA PARTIDA

No segundo tempo o Massa Bruta começou partindo para cima e em dois lances seguidos, aos 5 e 7 minutos, perdeu grandes chances de abrir o placar. Depois do sufoco no inicio, o Luverdense melhorou na partida e Hugo abriu o placar para o Verdão do Norte aos 33 em seu primeiro chute na partida.

Leia mais:   Artigo - Nova Ameaça aos Consegs em Mato Grosso

O Bragantino volta a campo na próxima terça-feira diante do Brasil-RS, 19h15, no Bento de Freitas, em Pelotas (RS). O Verdão do Norte pega o Avaí-SC no mesmo dia, às 20h30 (de MT), no Estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde. O GloboEsporte.com transmite as duas partidas em tempo real com vídeos dos principais lances.

VEJA A TABELA COMPLETA DA SÉRIE B

Fonte: CNE/G1

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Artigo – Nova Ameaça aos Consegs em Mato Grosso

Publicado

Por  – Nestor Fidelis

   À luz da Constituição da República, a segurança pública é dever do Estado e responsabilidade de todos. Logo, como vivemos numa sociedade na qual o sonho de experimentarmos a plena segurança pública está muito distante da realidade, torna-se necessário que cada cidadão de bem assuma a sua quota de obrigações sociais para, pelo menos, nos aproximarmos mais do ideal de segurança, no qual a paz esteja mais presente do que a violência.

     Nesse contexto, a sociedade civil pode se organizar em Conselhos Comunitários de Segurança – Conseg para analisar, dialogar, planejar e apoiar ações de segurança pública com vistas à melhoria da qualidade de vida das comunidades, sobretudo naquelas nas quais a exposição a fatores de risco se mostrem mais evidentes, vindo a prejudicar a dignidade da pessoa humana.

     Ao contrário do que alguns pensam, os Consegs não são dependentes, tampouco subordinados ao Poder Público, eis que se tratam de associações (antigas pessoas jurídicas de direito privado sem fins lucrativos) parceiras das forças de segurança, de acordo com a legislação civil brasileira em vigor, valendo lembrar que a Constituição de 1988 garante o direito de liberdade de associação.

Leia mais:   Artigo - Nova Ameaça aos Consegs em Mato Grosso

    Em Mato Grosso, isso está muito claramente previsto, também, na Lei Estadual nº 10.931/2019, que reconhece o interesse coletivo e a importância social das obras dos Consegs e da Federação dos Conselhos de Segurança de Mato Grosso – Feconseg, e seus filiados.

    Trata-se de legislação exemplar para os demais Estados-membros da Federação, porque, na qualidade de associações, os Consegs conseguem se organizar, se unir e trabalhar sem a interferência do Poder Público que, por sua vez, é beneficiado com esse apoio recebido da sociedade civil, haja vista que mais de 22 milhões de reais já foram empregados pelos Consegs e pela Feconseg/MT em obras e atividades de interesse público na área da segurança, como a construção e reformas de unidades das forças de segurança, a instalação de videomonitoramento de bairros e cidades, dos quais nenhum centavo sequer advém de recursos públicos, mas apenas da destinação de multas, de termos de ajustamento de condutas, dentre outros instrumentos que facultem a utilização de recursos privados em obras de interesse coletivo.

     Infelizmente, mesmo diante de tantos avanços garantidos por meio da citada lei estadual, forças ocultas da politicagem manobram neste momento para mitigar os benefícios trazidos por tal norma, tentando a aprovação de um projeto de lei substitutivo que, ao invés de ampliar as vantagens sociais, prejudicam sensivelmente a importância dos Consegs e da Feconseg/MT.

Leia mais:   Artigo - Nova Ameaça aos Consegs em Mato Grosso

    Se tal substitutivo, levado ao deputado estadual que é líder do governo na Assembleia Legislativa, for aprovado, em total “desinteresse público”, Mato Grosso deixará de ser boa referência nacional, como o é hoje nesse assunto, passando a uma situação de vergonhosa desunião e desorganização.

    Diante disso, cumpre perguntar aos nossos deputados estaduais: a quem interessa que os Consegs deixem de estar representados pela Feconseg junto aos conselhos de políticas públicas de droga, de segurança, e outros congêneres?

     Certamente, vindo a ocorrer essa tragédia que é um golpe na filosofia e na prática da Polícia Comunitária mato-grossense, os Consegs e a Feconseg/MT não quedarão inertes e buscarão a preservação do interesse público perante o Poder Judiciário.

Nestor Fidelis é advogado em Mato Grosso

Comentários Facebook
Continue lendo

Estadual

Prefeita de Ribeirão Cascalheira aponta fácil acesso à recursos de saúde na gestão de Gilberto Figueiredo

Publicado

Ex-secretário estadual de saúde, Gilberto Figueiredo, visitou a unidade municipal de saúde da cidade junto a prefeita Luzia Brandão e o secretário municipal Fausto Francisco.

O ex-secretário estadual de saúde, Gilberto Figueiredo, junto a prefeita da cidade, Luzia Brandão e o secretário municipal de saúde, Fausto Francisco, visitaram o Hospital Municipal Cristo Rei, de Ribeirão Cascalheira. O objetivo foi ouvir as principais necessidades do município na área e as carências da unidade.

A iniciativa faz parte do conjunto de esforços do ex-secretário estadual em visitar unidades municipais de saúde de Mato Grosso que possuem carências, a fim de diagnosticar e buscar recursos para viabilizar melhorias.

Durante a visita, Luzia Brandão lembrou da perda do ex-secretário municipal de saúde de Ribeirão. Apontou a facilidade de dialogar de forma direta com a secretaria e as ações conjuntas desempenhadas pela SES e o Governo do Estado, que resultaram em benefícios às administrações municipais na área da saúde.

“Gilberto Figueiredo foi um secretário de fácil acesso. O apoio da SES na pandemia foi fundamental. Eu ligava a noite, de madrugada pedindo socorro. Uti aérea chegou a descer aqui no nosso aeroporto, mesmo a gente sem estrutura, o avião veio para remover nossos pacientes. O apoio e a humanidade de Gilberto foram fundamentais para salvar vidas”, explica Luzia.

Leia mais:   Artigo - Nova Ameaça aos Consegs em Mato Grosso

“Temos muita gratidão ao secretário e ao governo do estado, pois todas as vezes que precisamos em situações difíceis como na pandemia, eles estavam bem ali para nos dar apoio e nos ajudar”, completa.

“Gilberto Figueiredo sabe que é sonho de todos do município ter um hospital de prédio próprio. Tivemos a perda do nosso secretário de saúde, João de Souza Aguiar para a Covid-19. E depois dessa tragédia, nosso sonho ficou ainda mais aflorado. Tenho certeza de que esse sonho vai se realizar. Essa visita do ex-secretário só aumenta esse desejo. Ele veio até aqui para ver de perto os nossos problemas e propor soluções”, finaliza.

Gilberto ressaltou a importância do município em contar com um hospital municipal com mais recursos, tal como as UTIs, equipamento de última geração e um prédio de propriedade da prefeitura. Figueiredo garantiu que o seu trabalho em pautas relacionadas à saúde e novos investimentos vai continuar, mesmo fora da SES.

“Sempre procuramos trabalhar para melhorar a saúde como um todo, para diminuir a angústia e o sofrimento das pessoas. Fico feliz quando ouço isso. Foram três anos e três meses de dedicação da SES para promover isso. Essa é uma característica do governador Mauro Mendes, da primeira-dama, e todo o staff do Governo. Trabalhar para melhorar as condições de atendimento dos serviços públicos para a população. E quando a gente vem até aqui para verificar a realidade é porque a gente tem essa certeza de que vamos aplicar recursos em municípios que realmente precisam”, garante Gilberto.

Leia mais:   Artigo - Nova Ameaça aos Consegs em Mato Grosso

“Precisamos melhorar muita coisa na área da saúde ainda. Precisamos que os pacientes não necessitem ser deslocados para procedimentos simples a outros centros. E com a construção de um novo hospital aqui, tenho certeza de que a prefeitura poderá ofertar à população uma saúde de qualidade”, frisa Gilberto.

O secretário municipal comentou sobre as mudanças positivas promovidas na saúde na região durante a gestão do governo estadual atual, que em meio a pandemia, soube lidar com ocorrências atípicas do período.

“O Gilberto Figueiredo foi um secretário como a gente, pois acompanhou de perto não só em Cuiabá, mas em no estado. Nós secretários cobramos atitudes também. Então é muito importante o secretário vir aqui na nossa cidade e ver como está a realidade da saúde do município”, disse Fausto. “Somos um município pequeno em Mato Grosso, na pandemia precisamos de apoio e ele sempre nos atendeu”.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana