conecte-se conosco


Brasileirão Série A

Levir reclama da arbitragem em revés diante do São Paulo: "Influência direta"

Publicado

 

Depois da derrota por 2 a 1 para o São Paulo (veja os melhores momentos no vídeo acima), Levir Culpi não escondeu sua insatisfação com a arbitragem no Morumbi. Em entrevista coletiva após a partida, o técnico do Fluminense garantiu ter visto um confronto equilibrado e decidido nas marcações – e, principalmente, nas não marcações – de Anderson Daronco. 

– É um clássico e naturalmente esperávamos jogo equilibrado, oportunidades para os dois lados. Pela primeira vez, lamento resultado e arbitragem também. Teve influência direta no placar do jogo. Um zagueiro com cartão amarelo que colocou a mão na bola intencionalmente tem de ser expulso. Não entendo um erro desse de arbitragem. Sem contar o empurrão no Osvaldo, que foi grotesco. Mas não jogamos tudo isso… o jogo foi equilibrado. Parecido com o São Paulo. São times com ótimos elenco. Mas houve um peso gravíssimo da arbitragem no resultado.

Levir Culpi São Paulo x Fluminense (Foto: Marcos Ribolli)Levir Culpi durante a partida no Morumbi: técnico ficou descontente com as decisões da arbitragem (Foto: Marcos Ribolli)

Confira a íntegra da entrevista do treinador:

Desatenção no início

Nos dois últimos jogos foi assim. Mas foi bola parada, ela passou muito baixa e não foi jogada ensaiada. Ninguém conseguiu neutralizar e pegou o cara do segundo pau. Foi um descuido inicial. A bola aérea é a mais difícil do jogo. Poderíamos ter empatado ou até vencer. Tivemos outras situações também. Não temos um timaço, mas joga de igual para igual com qualquer adversário.

Segundo tempo dá otimismo?

Não foi bem isso o que senti do jogo. É um clássico e naturalmente esperávamos jogo equilibrado, oportunidades para os dois lados. Pela primeira vez, lamento resultado e arbitragem também. Teve influência direta no placar do jogo. Um zagueiro com cartão amarelo colocou a mão na bola intencionalmente e tem de ser expulso. Não entendo um erro desse de arbitragem. Sem contar o empurrão no Osvaldo, que foi grotesco. Mas não jogamos tudo isso… o jogo foi equilibrado. Parecido com o São Paulo. São times com ótimos elenco. Mas houve um peso gravíssimo da arbitragem no resultado.

Arbitragem

Tenho de controlar o que vou responder. A arbitragem é igual aos times. Erra também. É a mesma coisa. É muito difícil apitar uma partida. Tem de decidir: pênalti ou não. Ai tem erros e acertos. Não vamos acabar com isso. Os times vão errar, sempre, e a arbitragem também. Em alguns jogos pesam muito, porque a jogada é decisiva. Hoje foi assim, infelizmente.

Mudanças no intervalo

Nós conversamos e tentamos resolver durante o jogo. Os problemas vão continuar, alguns são difíceis de sanar, outros se consegue conter com substituição. São vários fatores que levam a tomar alguma decisão nas mudanças. O jogador precisa se habituar a isso. Não temos um time maduro. Temos um bom time, que pode enfrentar qualquer adversário. Mas não é maduro para ter segurança de 80% a 90% de boas apresentações.

Elenco é bom?

Temos elenco, sim. São poucas contusões. É algo interessante. Mas também temos a certeza de que precisamos de dois ou três reforços. A diretoria está se movimentando. São poucas opções pela janela e pelo preço do jogador, e pelas posições que queremos. É uma dificuldade adicional, mas precisamos de um elenco maior. Não vamos esquecer que é um dos campeonatos mais difíceis da historia do Fluminense, porque não vamos jogar em casa. Tem a questão da logística e viagens.

Comentários Facebook

Brasileirão Série A

Seleção Brasileira encerra preparação para amistoso contra República Tcheca

Publicado

Programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) também destacou a reta final dos principais campeonatos estaduais do país; ouça na íntegra

O programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) destacou o amistoso da Seleção Brasileira com a República Tcheca. Waldir Luiz, Márcio Guedes, Bruno Mendes e toda a nossa equipe também analisaram a reta final dos principais campeonatos estaduais do país e as principais notícias do esporte nacional e internacional.

Clique no player e ouça o programa na íntegra:

No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919.

Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.

Agencia Brasil
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Palmeiras volta a ter time feminino depois de 9 anos

Publicado

Repórter Lincoln Chaves trouxe todas as informações da preparação do Verdão para o Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino dentro do programa No Mundo da Bola desta quinta-feira (14); ouça na íntegra
Começa neste sábado (16) a sétima edição do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. E a Rádio Nacional traz uma série de matérias sobre a principal competição do futebol feminino no país. A terceira reportagem fala do Palmeiras e dos seus reforços para disputar a competição além do projeto da diretoria para a modalidade. O repórter Lincoln Chaves trouxe todas as informações do Verdão dentro do programa No Mundo da Bola desta quinta-feira (14).

Ouça no player abaixo:

O Palmeiras retorna ao feminino após nove anos. O time vai jogar em Vinhedo, cidade parceira do versão nesta edição.

A equipe foi apresentada em meados de fevereiro e é comandada pela treinadora Ana Lúcia Gonçalves.

O No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919. Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.
Tags: Palmeiras Futebol Feminino Brasileirão Feminino

Agência Brasil

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana