conecte-se conosco


Destaque

Júnior Rocha analisa empate na estreia da Série B e elogia elenco do LEC

Publicado

O Luverdense estreou na Série B do Brasileirão com um empate em 1 a 1 diante do Joinville no Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde. O gol do Verdão do Norte que valeu o primeiro ponto dos mato-grossenses na competição foi marcado pelo meia Vitinho aos 36 do segundo tempo.

Apesar do empate dentro de casa, o treinador Júnior Rocha se mostrou satisfeito com a atuação da equipe que teve cinco mudanças em relação ao time campeão mato-grossense no último final de semana.

– Temos uma possibilidade grande de evolução, as mudanças surtiram efeito e os que entraram jogando foram muito bem. Podemos ter uma equipe ofensiva sem ser vulnerável. Mas temos que saber que temos que evoluir muito ainda. O comprometimento tem sido muito bom. Mas vamos em busca da melhora – disse Júnior Rocha em entrevista à Rádio Atitude. 

Sobre sofrer o gol logo após ter aberto o placar, Júnior Rocha pede atenção nas bolas paradas.

– Estávamos bem melhor no jogo e merecíamos a vitória. Mas ficamos de cabeça boa e sabemos que estamos no caminho certo. Na bola parada tem que ter atenção. Não pode deixar o atleta seguir, temos que proteger nosso goleiro. Não adianta achar um culpado. O time como um todo foi bem e tivemos muito mais chances de sair vitoriosos.

Leia mais:   MT recebe 21 mil doses de vacina; idosos com mais de 80 anos serão priorizados

O treinador elogiou também os atletas que entraram no segundo tempo e deixou o recado de que todo elenco é importante ao longo da temporada.

– Quem entrar tem que estar preparado, são nessas situações que vamos mudando o time dentro de uma partida em busca do melhor resultado. Quem está de fora que se prepare, é um campeonato longo e contamos com todos. Temos que nos aperfeiçoar para na hora que precisar eles estejam preparados.

O Verdão do Norte volta a campo já na próxima terça-feira diante do Bragantino fora de casa. Sobre está partida Júnior Rocha elogia o adversário, mas acredita que o Luverdense pode pontuar em Bragança Paulista (SP).

– Será um jogo difícil, perderam a primeira fora de casa, mas jogaram muito bem taticamente. É um time tradicional e lá é um campo difícil de jogar. Mesmo assim acredito que temos condições de ir lá e incomodá-los como o Joinville fez aqui.

Fonte: GE/MT

Comentários Facebook

Destaque

Com aumento de casos, sem UTIs e enfermarias para Covid, Estado deve decretar lockdown

Publicado

Assessoria

O painel epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde coloca Cáceres com a classificação de risco ALTO.

Até o último painel com classificação, Cáceres ainda estava BAIXO porque havia UTIs no Estado.

Além da taxa de contaminação crescente em Cáceres e nenhuma UTI disponível, o Estado de Mato Grosso já está com 84% de todos os leitos ocupados.

Ao todo, no Estado, há apenas 67 leitos disponíveis, dispersos em diversas cidades.

O vereador Cézare Pastorello (SD) que monitora os números diariamente, diz que além da situação pré caótica do Estado, ainda pesa o fato de que em Rondônia já não há mais leitos de UTI, e que pacientes continuam vindo para MT.

Cáceres tem, na data de hoje, 26, 196 pacientes ativos, 80% a mais que na semana passada.

Comentários Facebook
Leia mais:   Auxílio emergencial deve ser de até quatro parcelas de R$ 250
Continue lendo

Cáceres e Região

OAB-MT apura denúncias de tortura na Cadeia Pública de Cáceres

Publicado

Assessoria
A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) e a Subseção de Cáceres, por meio da sua Comissão de Direitos Humanos, apuram denúncias de tortura contra presos na Cadeia Pública de Cáceres.
Segundo o conselheiro estadual João Mário Maldonado, as denúncias foram feitas por familiares de encarcerados. Nesta quarta-feira (24), ao lado do presidente da subseção, Fábio de Sá e da Comissão de DH, Daniel Bretas, integrou comitiva para vistoria na unidade prisional.
“Avaliamos também a situação das instalações. Estão muito bem conservadas, porém, identificamos um caso de um detento que apresentava marcas de bala de borracha. Ele nos disse que teria sido alvejado pela polícia penal, sem motivo”, conta Maldonado. O defensor público Diego Rodrigues Costa também esteve presente.
“A vistoria foi determinada pela juíza da Vara de Execuções Penais, Helícia Vitti Lourenço. Temos que agradecer sua iniciativa. E também, o apoio que temos tido da Defensoria Pública, atuando em conjunto”.
O conselheiro estadual informou ainda que todas as denúncias serão rigorosamente apuradas, com a participação da OAB-MT e se acaso houver veracidade, será instaurado procedimento administrativo e criminal para apurar as responsabilidades. O Ministério Público também está incluído no grupo.
O presidente da OAB-MT, Leonardo Campos ressaltou que “a OAB-MT contribuirá com a apuração das denúncias e se for necessário, para que eventuais responsáveis sejam punidos exemplarmente na forma da lei”.
Comentários Facebook
Leia mais:   Dirigir sem máscara não é infração de trânsito; mas uso continua obrigatório por Lei Estadual
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana