conecte-se conosco


Brasileirão Série A

Juan diz que árbitro "mudou a história do jogo", e Sheik entende protestos

Publicado

 

O Flamengo conseguiu empate por 2 a 2 com a Chapecoense aos 50 minutos do segundo tempo, nesta quarta-feira, em Volta Redonda, mas o fato de não ter perdido foi incapaz de diminuir a insatisfação dos torcedores, que novamente chamou o time de “sem vergonha”.
Apesar do péssimo resultado, Juan disse que a igualdade conquistada no fim tem de ser celebrado, pois, em sua visão, o árbitro Diego Almeida Real, influenciou bastante. Diego errou na marcação dos dois pênaltis do jogo – um para cada lado – e exagerou na expulsão de Everton.

Juan Flamengo Lesão Chapecoense Volta Redonda (Foto: André Durão)Juan deixou o campo no primeiro tempo (Foto: André Durão)

Juan se machucou no lance em que Diego Real marcou a penalidade. Segundo o zagueiro, a lesão só ocorreu justamente por não ter alcançado nem o jogador nem a bola. (veja acima)

– Temos que comemorar, infelizmente. Nem vou criticar a arbitragem, mas mudou a história do jogo. Tomamos um gol ilegal. Justamente pelo fato de eu não chegar na bola, senti a perna. Não tive nem força para chegar na bola – afirmou o capitão rubro-negro.

Emerson Sheik, por sua vez, disse compreender os protestos após o apito final, mas destacou o trabalho coletivo e defendeu a diretoria rubro-negra, pressionada ao extremo diante do péssimo momento do Flamengo.

– Difícil. Não encaixa, a torcida pega no pé e com razão porque o time nesse primeiro semestre não foi bem, mas certamente vale pela dedicação dos atletas, da comissão técnica e principalmente da diretoria, que vem sendo muito criticada, mas que se faz presente no dia a dia do clube. A gente sabe que está difícil, mas sabemos que temos apoio da diretoria e que temos como lutar para melhorar – afirmou.

Sheik também lamentou a ausência de Muricy Ramalho, porém tratou de valorizar o trabalho de Jayme de Almeida, que dirigiu o Flamengo nos últimos dois jogos.

– Muricy certamente faz falta, é o nosso comandante, está entre os melhores treinadores do nosso país e faz falta. O Jayme, na medida do possível, também está tentando melhorar o time. Vamos continuar. Acho que torcedor tem direito de reivindicar e pegar no pé, e isso é até legal porque eles sabem que de certa forma a gente pode melhorar.

Fonte: Globo Esporte

Comentários Facebook

Brasileirão Série A

Em Minas, Cuiabá perde para o líder Atlético-MG e cai invencibilidade

Publicado

A Gazeta

Após 12 jogos sem derrotas fora de casa pelo Campeonato Brasileiro, o Cuiabá perdeu a longa invencibilidade que acumulava na série A para o líder Atlético-MG neste domingo (24), em Belo Horizonte, pela 28ª rodada do Brasileirão. O galo venceu por 2 a 1 e pôs fim a longa série do auriverde sem derrotas longe de casa.

O Dourado continua com 35 pontos, em décimo lugar na tabela de classificação. O Galo, por sua vez, chegou aos 59 tentos e é mais líder do que nunca.

A mil por hora, assim começou o início do jogo entre Cuiabá e Atlético-MG no Mineirão. Logo aos 2 minutos, Nathan Silva, contra, inaugurou o marcador em recuo infeliz para Everton, que viu a bola entrar lentamente no gol. Aos 4, Hulk, dentro da pequena área, deixou tudo igual após jogada ensaiada de escanteio.

O time mineiro conseguiu a virada com Jair, que completou de cabeça para as redes após assistência de Guilherme Arana.

No início da etapa final, Hulk marcou o terceiro para o Atlético, mas o gol foi anulado após a arbitragem pegar um toque de mão do atacante. Daí em diante o Atlético continuou pressionando, mas sempre parando nas defesas seguras do goleiro Walter.

À medida que o relógio foi passando, o Atlético deixou o Cuiabá mais a vontade para trabalhar com a bola e passou a contar com os contra-ataques. O Dourado martelou, porém não conseguiu criar chances claras de gol.

O próximo compromisso do Cuiabá no campeonato brasileiro é contra o Red Bull Bragantino no dia 1º de novembro, na Arena Pantanal, às 19h30 (de MT.

Comentários Facebook
Continue lendo

Brasileirão Série A

Seleção Brasileira encerra preparação para amistoso contra República Tcheca

Publicado

Programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) também destacou a reta final dos principais campeonatos estaduais do país; ouça na íntegra

O programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) destacou o amistoso da Seleção Brasileira com a República Tcheca. Waldir Luiz, Márcio Guedes, Bruno Mendes e toda a nossa equipe também analisaram a reta final dos principais campeonatos estaduais do país e as principais notícias do esporte nacional e internacional.

Clique no player e ouça o programa na íntegra:

No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919.

Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.

Agencia Brasil
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana