conecte-se conosco


Esportes

JIFMT Campus Cáceres participa dos Jogos do Instituto Federal com atletas de 11 modalidades esportivas

Publicado

Uma delegação formada por 90 componentes representam o Campus Cáceres – Prof. Olegário Baldo na etapa mato-grossense dos III Jogos dos Institutos Federais que está sendo realizada no município de Tangará da Serra (186 km de Cuiabá). Os JIFMT reúnem atletas de 19 campi do Instituto Federal de Mato Grosso nas modalidades de Atletismo, Basquetebol, Futebol, Futsal, Handebol, Judô, Natação, Tênis de Mesa, Vôlei de Praia, Voleibol e Xadrez.
Os atletas do Campus Cáceres participam dos jogos em todas as modalidades.
“ Esta é a primeira vez que venho ao JIFs, mas sempre participo das atividades esportivas no meu campus. Estou muito ansiosa, porque sempre refletimos sobre a necessidade de trabalho em equipe e a responsabilidade que isso traz. Estamos muito motivados e felizes”, comemora Mariana Santiago, aluna do curso técnico em Agropecuária Integrado ao Ensino Médio.
Desde o início do ano, a comissão permanente de esportes do campus, formada por servidores técnico-administrativos e professores, iniciou os trabalhos de organização das equipes e planejamento para garantir a estrutura necessária a participação dos jogos. Além da logística para transporte, hospedagem, alimentação e material esportivo, a instituição investiu na aquisição de uniformes e agasalho completo para todos os atletas.
“Houve um esforço da direção-geral e de todos da comissão de esportes do Campus para que os nossos alunos tivessem toda a estrutura para participar dos jogos. Estarmos aqui é resultado de muito trabalho e mobilização, envolvendo a formação dos alunos atletas e o diálogo com as famílias envolvidas”, afirmou o presidente da comissão, professor Salmo César da Silva.
Segundo Salmo, todo o trabalho da equipe é baseado no entendimento de que o esporte é uma ferramenta imprescindível no processo de formação educacional dos jovens. “Este é um trabalho contínuo que vem sendo desenvolvido dentro da nossa escola. E os JIFs estão na agenda educacional dos nossos institutos como uma grande oportunidade de integração e estímulo ao esporte aos nossos alunos”, destaca.
A orientação técnico-pedagógica das equipes de Cáceres é feita pelos professores de educação física Salmo César e Genigleice Senábio de Oliveira. Nos JIFs, os professores contam com a colaboração técnica dos servidores do campus, professor João Vanes e Edson Coutinho que mobilizam as equipes de vôlei de areia e handebol. A equipe de assistência e suporte é formada pelos servidores Fabiane Silva, Iraci Pereira, Lázaro Alecrim, Saulo Nobre e Valdir Araújo.
Edna Pedro
Assessoria de Comunicação
Comentários Facebook
Leia mais:   Cuiabá sobe para a série A pela primeira vez e rede hoteleira prevê movimento no setor após o fim da pandemia

Campeonato Brasileiro de Futebol

Cuiabá sobe para a série A pela primeira vez e rede hoteleira prevê movimento no setor após o fim da pandemia

Publicado

G1 MT

A ascensão do Cuiabá Esporte Clube para a série A do campeonato brasileiro pela primeira vez e um possível fim da pandemia com a chegada das vacinas podem reaquecer o turismo na capital e na rede hoteleira a partir deste ano.

Apesar de ter pedido o jogo por 3 a 1, o Cuiabá subiu para a série A, porque o CSA empatou com o Brasil – RS numa partida realizada um pouco antes.

A diretora de marketing da rede de Hotéis Mato Grosso, Adriana Aires, disse que o grupo está otimista com essa nova fase do time no estado.

“Isso representa mais jogos na nossa capital e mais movimento em toda rede hoteleira, aquecendo a economia e os negócios”, ressaltou. No entanto, ainda não é possível fazer uma estimativa precisa do impacto financeiro para o turismo.

Além disso, ela destaca que com a imunização da população por meio da vacina, consequentemente, chegará também o fim da pandemia e um movimento maior na capital.

“O Cuiabá poderá jogar contra grandes times brasileiros que têm torcidas fortes em todo o estado. Isso fará com que os torcedores do interior tenham a oportunidade de ver seus times atuando ao vivo e aproveitarem para passear pela Baixada Cuiabana. Além disso, torcidas organizadas de todo o país também podem vir para a capital”, explicou.

Em relação à recuperação do turismo neste ano, Jefferson vê com cautela a movimentação dos turistas. Para ele, esta retomada será gradual e os números só melhorarão significativamente em 2022.

“Temos uma campanha de vacinação em andamento, mas não sabemos quando ela será finalizada. Ainda vivemos uma pandemia e precisamos tomar todos os cuidados. Não acredito em um novo lockdown, mas em algumas restrições que visam preservar a saúde da população. Por isso, 2021 será um ano melhor que o anterior, mas ainda não retornaremos à movimentação que tínhamos pré-pandemia”, ressaltou.

Cuiabá Esporte Clube

De 2006 a 2008 por falta de recursos, o Cuiabá anunciou o licenciamento de suas atividades. Em 2009, o time retornou ao cenário do futebol disputando a segunda divisão e conquistando o vice-campeonato. Em 2003, ganhou o primeiro título do campeonato mato-grossense.

Já em 2014, o Cuiabá foi a final novamente, dessa vez contra o recém-promovido para a série B, Luverdense. As duas partidas foram vencidas pelo Dourado por 1 x 0.

Desde então, a equipe tem trabalhado para levar o tima à elite do futebol.

Neste ano, conquistando o 3° lugar no Brasileirão série B, o Dourado disputará o campeonato Brasileiro série A.

Faz 35 anos que Mato Grosso não tem sequer um representante na primeira divisão nacional. A última vez que isso aconteceu foi em 1986, com o Operário.

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Falha no pagamento de 4,3 mil contratados da Seduc é identificada; técnicos trabalham para corrigir

Publicado

Secom – MT

As Secretarias de Estado de Educação (Seduc) e de Planejamento e Gestão (Seplag) identificaram uma falha no processamento da folha de pagamento. O fato não irá prejudicar o pagamento dos servidores públicos efetivos, pensionistas, aposentados e comissionados.

A falha técnica ocasionou o erro no lançamento do salário de cerca de 4,3 mil servidores contratados da Seduc.

Esses funcionários da Educação irão receber o equivalente a 66% do valor total do salário, no pagamento que será efetuado na tarde desta sexta-feira (27.11), após as 18h.

Os técnicos das duas secretarias trabalham nesse momento para corrigir a falha de comunicação que ocorreu entre os sistemas da Seduc e da Seplag. Contudo, já informaram que o problema será solucionado em uma folha complementar, que deverá ser quitada nos próximos dias.

As duas secretarias lamentam o ocorrido e se esforçam para resolver a situação o mais rápido possível e ressaltam que os demais servidores não sofrerão qualquer problema no recebimento do salário.

Comentários Facebook
Leia mais:   Cuiabá sobe para a série A pela primeira vez e rede hoteleira prevê movimento no setor após o fim da pandemia
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana