conecte-se conosco


Destaque

Governo e Comitê divulgam roteiro do revezamento da Tocha Olímpica

Publicado

Comboio sairá do aeroporto Marechal Rondon às 10h30, nesta quinta-feira

Os organizadores da passagem da Tocha Olímpica em Mato Grosso divulgaram nesta terça-feira (21.06) a rota e os horários do revezamento do símbolo olímpico em Várzea Grande e Cuiabá. A tocha chega ao Aeroporto Marechal Rondon às 10h da próxima quinta-feira (23.06).

Também foi divulgado o itinerário do roteiro especial pelos principais pontos turísticos do Estado na sexta-feira (24.06), quando a chama será levada a atrativos turísticos no Pantanal, distrito de Bom Jardim, em Nobres, e Chapada dos Guimarães. Nesses locais não haverá revezamento, apenas paradas em pontos estratégicos para captação de imagens. O roteiro especial foi uma sugestão da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), aceito prontamente pelo Comitê Organizador das Olímpiadas, para divulgar o potencial turístico de Mato Grosso.

Para o secretário-adjunto de Turismo da Sedec, Luis Carlos Nigro, o roteiro pelos atrativos turísticos será uma oportunidade única de Mato Grosso se mostrar para o mundo. “Esses locais serão fotografados e filmados. Mais uma vez nossas belezas naturais serão levadas mundo afora e com certeza encantarão a todos”, disse.

Em Várzea Grande e Cuiabá serão 136 condutores e 33 km percorridos. O percurso será bloqueado de acordo com a passagem do comboio.

O coronel da Secretaria de Estado de Segurança Pública, Weber Ubner, convidou a população para acompanhar esse momento de confraternização. “Queremos deixar a população tranquila quanto à segurança do evento. Estaremos com uma operação especial que envolverá vários órgãos para que o evento ocorra com tranquilidade”.

Roteiro

A Tocha chega ao aeroporto Marechal Rondon em Várzea Grande no dia 23 de junho às 10h. Às 10h30, após uma pequena celebração, o comboio sai para o revezamento, passando pelas avenidas Filinto Muller, Castelo Branco e Couto Magalhães, fazendo paradas estratégicas em alguns pontos como o 4º Batalhão da Polícia Militar, Praça Aquidabam, Igreja Nossa Senhora do Carmo e Banco Bradesco.

Leia mais:   Enfermeira do Hospital Regional é a primeira profissional de saúde a receber a vacina contra o Covid-19 em Cáceres

Após um intervalo para o almoço, o revezamento recomeça em Cuiabá às 14h em frente ao Comando Geral da Polícia Militar. Dali segue por várias ruas e avenidas, passando pela Praça das Bandeiras, Igreja São Benedito, escola Liceu Cuiabano, Centro Geodésico da América do Sul, Complexo Esportivo Dom Aquino, Banco Bradesco, terminando às 19h30 na Arena Pantanal, onde haverá shows regionais e apresentações culturais, além de uma celebração com a Chama Olímpica.

Entre as mais de 300 cidades que participam do revezamento, Cuiabá está entre as 83 que contará com uma celebração de encerramento. Para o membro do Comitê Organizador das Olimpíadas, Igor Lamy, essa é uma grande vantagem para a cidade, porque este é o ápice do evento. “O ponto alto do revezamento sempre acontece nessas celebrações, por isso queremos contar com a presença de toda a população”.

O judoca David Moura, que finalizará o revezamento na Arena Pantanal, disse que este será um momento muito forte, pois o esporte é sua vida. “Carregar a Tocha será uma forma de participar das Olímpiadas para cada um de nós que vamos conduzi-la”, afirma o atleta medalhista de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2015, em Toronto, na categoria acima de 100 kg.

Leia mais:   Pesquisa busca contribuir para o registro e preservação das línguas indígenas brasileiras

Rota especial

Na sexta-feira (24.06), a Chama Olímpica será levada até a Transpantaneira, a partir das 05h45, onde permanece até às 09h. O local de concentração será o portal de entrada da estrada-parque. Lá haverá apresentações dos Mascarados de Poconé e da Cavalhada.

Do Pantanal, a tocha será levada de helicóptero para o distrito de Bom Jardim, no município de Nobres. Lá, passará pelos atrativos da Gruta da Lagoa Azul, Aquário Encantado e Reino Encantado, onde haverá uma celebração com a população daquele município.

Por volta das 14h, o símbolo olímpico segue para o morro de São Gerônimo e logo depois para a Cachoeira Véu de Noiva, em Chapada dos Guimarães, onde também haverá o momento de confraternização com a população. De lá ela será levada de helicóptero à Cidade de Pedra.

Programação – 23.06 – Várzea Grande e Cuiabá

Local

Horário

Chegada ao Aeroporto Marechal Rondon

10h

Saída do comboio pelas ruas de Várzea Grande

10h30

Intervalo almoço

13h

Início do revezamento pelas ruas de Cuiabá, saindo do Comando Geral da Polícia Militar

14h

Chegada na Arena Pantanal e celebração

19h30

Programação – 24.06 – Poconé, Nobres e Chapada dos Guimarães

Local

Horário

Chegada na Transpantaneira

5h45

Saída para o Distrito de Bom Jardim, em Nobres

9h

Chegada no Distrito de Bom Jardim, em Nobres

10h30

Saída para Chapada dos Guimarães

13h40

Chegada em Chapada dos Guimarães

14h15

D`Laila Borges | Sedec

Comentários Facebook

Destaque

Mato Grosso receberá pacientes Covid-19 em estado grave de Rondônia

Publicado

SES – MT

O Governo de Mato Grosso disponibilizou leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para receber pacientes em estado grave da Covid-19 do estado de Rondônia. A expectativa é de que os primeiros pacientes cheguem nesta terça-feira (26.01) para receber a assistência médica necessária.

Conforme o secretário Estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, este é um momento de unir forças diante do colapso que os outros estados já vivem. O gestor entende que é preciso levar em consideração a universalidade do Sistema Único de Saúde (SUS) e ser solidário aos familiares e pacientes que anseiam por ajuda.

“Dentro do princípio de que é o SUS, não existe leitos exclusivos de Mato Grosso, de São Paulo ou do Rio de Janeiro. Existem leitos SUS e, neste momento, levando em consideração a nossa taxa de ocupação que está em 67% para UTIs adulto, temos que ser solidários com os estados que estão colapsados precisando de leitos”, pontuou Figueiredo.

Comentários Facebook
Leia mais:   Prefeitura decreta estado de calamidade pública por seis meses em Curvelândia por causa da pandemia
Continue lendo

Destaque

Mato Grosso impulsiona recorde agropecuário brasileiro

Publicado

Sedec – MT

O Brasil obteve recorde no Valor Bruto da Produção Agropecuária (VPB) em 2020 e Mato Grosso foi o estado que mais contribuiu para isto. O VBP mato-grossense foi de R$ 134,3 bilhões, o que corresponde a 15,4% do total nacional, que foi de R$ 871,3 bilhões. Nos últimos dez anos, Mato Grosso apresentou crescimento de 75%.

Os dados demonstram que as lavouras agrícolas têm um peso maior no VBP mato-grossense, representando 79% do total, enquanto o VBP da pecuária é 21% do total. No Brasil, o VBP das lavouras é 67% do total e o da pecuária 33% do total.

“Mais uma vez, Mato Grosso mostrou a potência da sua produção agropecuária. O Governo do Estado vem trabalhando para transformar essa pujança em ainda mais desenvolvimento para os municípios, buscando parceiros para industrialização, novas cadeias produtivas e, desta forma, descentralizando a economia e levando emprego e renda para todas as cidades do Estado”, afirma César Miranda, secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso.

Leia mais:   Pesquisa busca contribuir para o registro e preservação das línguas indígenas brasileiras

De acordo com o compilado realizado pelo Observatório do Desenvolvimento, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), a soja é o principal produto que compõe o VBP de Mato Grosso, somando R$ 73,5 bilhões – 55% do total, e teve um incremento de 58,6% entre 2019 e 2020. O milho representa 21% do VBP, somando R$ 27,8 bilhões e teve um incremento de 71,8% no ano.

Na pecuária, os bovinos representam 16% do VBP do Estado, com valor de R$ 21,9 bilhões e crescimento também de 16%. O maior incremento foi na produção de suínos, com um aumento de 22,5% entre 2019 e 2020, somando R$ 1,6 bilhão.

O valor bruto da produção agropecuária teve um incremento de 45,1% no Estado. “O crescimento destoou da série histórica substancialmente. Isso deve-se, essencialmente, aos incrementos ocorridos nos valores de soja e milho que, somados, promoveram a incorporação de aproximadamente R$ 38,8 bilhões em 2020 em relação ao ano anterior”, explica Sérgio Leal, coordenador do Observatório do Desenvolvimento.

Leia mais:   Carreata 'Fora Bolsonaro' será realizada em Cuiabá neste sábado
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana