conecte-se conosco


Destaque

FMF divulga classificação geral do Mato-Grossense, União ficou na oitava colocação.

Publicado

A Federação Mato-Grossense de Futebol – FMF divulgou a classificação geral do Campeonato Mato-Grossense 2016. O campeão Luverdense foi a equipe que somou mais pontos, 39 no total, e o vice Sinop chegou aos 37. Eliminados na semifinal, Cuiabá e Araguaia terminaram em terceiro e quarto respectivamente. A surpresa ficou por conta do Cacerense, que ficou com a quinta colocação geral com 20 pontos. O pior time do Mato-Grossense foi o Operário Ltda que somou apenas um ponto.

Os finalistas Luverdense e Sinop garantiram vagas na Copa do Brasil e Copa Verde. O Sinop também conquistou a vaga na Série D. A outra vaga na Série D ficou com o Araguaia, já que o Luverdense está na Série B e o Cuiabá na Série C. Os rebaixados foram o Poconé e Rondonópolis, que desistiu de disputar a competição antes de seu inicio.

Confira a classificação geral do Mato-Grossense 2016:

1º – Luverdense – 39 pontos

2º – Sinop – 37 pontos

3º – Cuiabá – 25 pontos

4º – Araguaia – 22 pontos

5º – Cacerense – 20 pontos

Leia mais:   Auxílio emergencial deve ser de até quatro parcelas de R$ 250

6º – Operário VG – 19 pontos

7º – Dom Bosco – 18 pontos

8º – União – 16 pontos

9º – Mixto – 10 pontos

10º – Poconé – 7 pontos

11º – Operário Ltda – 1 ponto

Fonte: GE/MT

Comentários Facebook

Destaque

Estudo identifica variante inglesa da Covid-19 em Mato Grosso

Publicado

SES – MT

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) divulgou nesta quinta-feira (25.02) um estudo que identifica a circulação da variante do coronavírus do Reino Unido em Mato Grosso. A pesquisa aponta dois casos da nova cepa, sendo um de Cuiabá e outro de Primavera do Leste.

O estudo é realizado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e Rede Corona-Ômica. Foram parceiros da analise a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e o Instituto Hermes Pardini. Os pesquisadores sequenciaram 25 genomas pertencentes à variante viral inglesa, conhecida cientificamente como B.1.1.7., e foram analisados mais de 740 mil exames.

De acordo com o epidemiologista e secretário adjunto de Vigilância e Atenção à Saúde da Secretaria Estadual (SES-MT), Juliano Melo, a constatação evidencia que a transmissibilidade do vírus pode aumentar em Mato Grosso. Até o momento, não há evidencias sobre o aumento da letalidade desta nova cepa.

“Essa variante foi inicialmente identificada na Inglaterra e, desde novembro, já afetou cerca de 50 países. Cada linhagem do vírus apresenta mutações internas e esse é o comportamento natural do vírus. O que preocupa é que essa linhagem da B.1.1.7. tem um potencial maior de transmissão, sendo em torno de 50% mais transmissível do que as linhagens anteriores”, explicou o gestor.

Leia mais:   Tribunal de Contas terá acesso aos dados públicos da receita de Mato Grosso

Diante deste contexto, as instruções de biossegurança e distanciamento social devem ser mantidas e reforçadas pela população. “Esse é mais um motivo de alerta para os cuidados com o manejo, isolamento social e todas as demais formas de prevenção. A vacina é efetiva na redução da transmissibilidade de variantes do vírus”, concluiu.

Como forma de conter o avanço da pandemia e atender as demandas por internação hospitalar em todo o estado, o Governo de Mato Grosso viabilizou a abertura de 60 novos leitos públicos de UTI em 15 dias. A ação foi possível graças à parceria com os municípios de Nova Mutum, Lucas do Rio Verde, Alta Floresta e Primavera do Leste.

Também serão ampliados outros 20 leitos de UTI no Hospital Estadual Santa Casa, em Cuiabá, e reativados 10 leitos de Terapia Intensiva no Hospital Regional de Sinop.

O Governo de Mato Grosso ainda divulga frequentemente a Classificação de Risco dos municípios, como forma de orientar e auxiliar as gestões municipais na tomada de decisões.

Leia mais:   Vereador Leandro quer a limpeza do Mercado do Produtor

Além de Cuiabá e Primavera do Leste, a variante do Reino Unido foi identificada em Belo Horizonte (MG), Betim (MG), Araxá (MG), Barbacena (MG), Rio de Janeiro (RJ), Campos dos Goytacazes (RJ), Curitiba (PR), Cuiabá (MT), Primavera do Leste (MT), Aracajú (SE), São Paulo (SP), Americana (SP), Santos (SP), Valinhos (SP), São Sebastião do Passe (BA) e Barra do São Francisco (ES).

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Governo paga servidores estaduais nesta sexta-feira (26)

Publicado

Sefaz – MT

Pelo sexto mês consecutivo, os servidores estaduais receberão seus salários dentro do mês trabalhado. Nesta sexta-feira (26.02), os salários dos servidores públicos estaduais ativos, inativos e pensionistas, relativos ao mês de fevereiro, estarão disponíveis em suas contas bancárias. O pagamento cumpre o anunciado em janeiro pelo governador Mauro Mendes.

De acordo com a Secretaria Adjunta do Tesouro Estadual, da Secretaria de Fazenda, a folha liquida do mês de fevereiro chega a R$ 471.531.582,96, sendo R$ 296.442.460,24 para ativos e R$ 175.089.122.72 para inativos e pensionistas.

Receberão salários e proventos 107.819 pessoas. Desse total 67.422 são servidores ativos das administrações direta e indireta; 36.023 inativos e mais 4.354 pensionistas. O dinheiro estará liberado tanto para quem tem contas no BB, como para aqueles que fizeram portabilidade para outros bancos.

A secretária adjunta do Tesouro Estadual, Luciana Rosa, informa que o fechamento da folha de pagamento e a transmissão ao Banco do Brasil foi concluído na manhã desta quinta-feira (25). Os documentos impressos foram enviados para o banco também nesta manhã e até o meio dia desta sexta-feira todos os depósitos já terão sido processados pelo Banco do Brasil

Leia mais:   Tribunal de Contas terá acesso aos dados públicos da receita de Mato Grosso
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana