conecte-se conosco


Brasileirão Série A

Falha, vaias, "injustiça" e até Cartola: a noite que não deu certo para Bressan

Publicado

 

A derrota para o Vitória deixou uma certeza: não está fácil ser o zagueiro Bressan. O inferno astral do jogador do Grêmio ganhou ares de drama com o seu protagonismo no 2 a 1 sofrido na Arena. Os pouco mais de 16 mil gremistas presentes no estádio escolheram o vilão quando Sandro Meira Ricci levantou o cartão vermelho. Além da expulsão, o defensor falhou no primeiro gol do adversário, cometeu o pênalti ? duvidoso ? na origem do segundo e deixou o campo vaiado pela torcida. Tudo isso em cinco minutos. Por outro lado, o jovem de 23 anos é abraçado pelo elenco, que retira o peso de suas costas, conforme Roger manifestou em coletiva.

LEIA MAIS
> Roger absolve Bressan e critica arbitragem
> Giuliano diz que Dagoberto simulou pênalti

Antes mesmo de começar a partida, já havia insegurança sobre a escalação da defesa. Bressan e Fred formariam a dupla que havia vazado pela última vez na Arena, na derrota para o Rosario Central, nas oitavas da Libertadores. Desde o início do Brasileirão, o Grêmio estava 100% e sem sofrer gols em casa. Mas, apesar de também não ter grande atuação, Fred foi coadjuvante perto do companheiro. 

Bressan iniciou o jogo apostando na segurança. Quando estava apertado, “quebrava” a bola para longe, conforme a gíria dos boleiros. A torcida apoiava os lances com gritos de incentivo. Até que, aos 25 do primeiro tempo, veio o cruzamento de Diego Renan da direita e Kieza subiu às costas do zagueiro para marcar o primeiro gol dos baianos. Ali, o jogo virou para o defensor.

Bressan Grêmio (Foto: Eduardo Moura/GloboEsporte.com)Bressan sai de jogo sob vaias e xingamentos (Foto: Eduardo Moura/GloboEsporte.com)

Na torcida, irritação. Em campo, o zagueiro pareceu mais nervoso. E, cinco minutos depois, Bressan fez o polêmico pênalti em cima de Dagoberto e recebeu o segundo amarelo. Era expulso com apenas meia hora de partida. Foi o momento da vaia generalizada para o defensor. Criticado nas redes sociais, chegou a liderar os Trending Topics do Twitter. Sobrou até para o Cartola FC, fantasy game do GloboEsporte.com. Escalado por quase 500 mil pessoas, ficou com 7,2 pontos negativos.

Apesar da noite em desgraça, Bressan recebeu o apoio dos companheiros após o duelo.

? Foi uma grande injustiça o que aconteceu com ele (Bressan). Não foi pênalti, ele não deveria ter sido expulso e a gente não estaria com um homem a menos. E (o Vitória) talvez não tivesse grandes chances de vencer o jogo. O Bressan é um guri muito bom. Tenho muito carinho por ele. Tem total apoio do grupo. Quando ganha, ganham todos e saímos felizes. Quando perde, perdemos todos ? discursou Edílson. 

O Grêmio goza de total confiança no Bressan. O departamento de futebol analisa o jogo hoje (quinta) pelo que passou pela arbitragem. As vaias influenciam no nervosismo do jogador, e as atitudes acabam não saindo espontaneamente nas jogadas.
Alberto Guerra, vice de futebol

O ano de Bressan, aliás, não tem sido nada fácil. O zagueiro é criticado pela torcida e imprensa por conta de seu desempenho. Esteve próximo de deixar o Grêmio, em negociação com o Coritiba, mas acabou permanecendo. As reclamações por conta de suas atuações ganham mais corpo com a derrota para o Vitória.

O técnico Roger Machado tratou logo de absolver o defensor em sua entrevista coletiva. O entendimento é que o árbitro Sandro Meira Ricci errou na marcação do pênalti em Dagoberto, o que deixaria Bressan em campo e poderia resultar na expulsão do atacante, por simulação, já que ele também havia recebido cartão amarelo minutos antes.

? O Bressan é um cara que trabalha sério, está junto com a gente, de caráter enorme. Esse momento a gente deixa até o jogador mais à vontade, mas tem total apoio nosso, é um companheiro, um amigo, vai continuar seu trabalho, sempre procurando melhorar, assim como eu e todos ? destacou Marcelo Grohe.

O Grêmio se reapresenta na tarde desta sexta-feira no CT Luiz Carvalho. Para o duelo com o Atlético-PR, em Curitiba, Roger não terá Pedro Geromel, Wallace Reis, que seguem lesionados, e Bressan para a defesa. Marcelo Oliveira é opção, com a entrada de Hermes na lateral. O jovem Rafael Thyere também pode ser utilizado.

Grêmio x Vitória, Arena, Brasileirão, Bressan (Foto: Lucas Uebel / Grêmio)Jogadores do Grêmio cercam árbitro após expulsão de Bressan (Foto: Lucas Uebel / Grêmio)

Confira as notícias do esporte gaúcho no globoesporte.com/rs

Comentários Facebook

Brasileirão Série A

Em Minas, Cuiabá perde para o líder Atlético-MG e cai invencibilidade

Publicado

A Gazeta

Após 12 jogos sem derrotas fora de casa pelo Campeonato Brasileiro, o Cuiabá perdeu a longa invencibilidade que acumulava na série A para o líder Atlético-MG neste domingo (24), em Belo Horizonte, pela 28ª rodada do Brasileirão. O galo venceu por 2 a 1 e pôs fim a longa série do auriverde sem derrotas longe de casa.

O Dourado continua com 35 pontos, em décimo lugar na tabela de classificação. O Galo, por sua vez, chegou aos 59 tentos e é mais líder do que nunca.

A mil por hora, assim começou o início do jogo entre Cuiabá e Atlético-MG no Mineirão. Logo aos 2 minutos, Nathan Silva, contra, inaugurou o marcador em recuo infeliz para Everton, que viu a bola entrar lentamente no gol. Aos 4, Hulk, dentro da pequena área, deixou tudo igual após jogada ensaiada de escanteio.

O time mineiro conseguiu a virada com Jair, que completou de cabeça para as redes após assistência de Guilherme Arana.

No início da etapa final, Hulk marcou o terceiro para o Atlético, mas o gol foi anulado após a arbitragem pegar um toque de mão do atacante. Daí em diante o Atlético continuou pressionando, mas sempre parando nas defesas seguras do goleiro Walter.

À medida que o relógio foi passando, o Atlético deixou o Cuiabá mais a vontade para trabalhar com a bola e passou a contar com os contra-ataques. O Dourado martelou, porém não conseguiu criar chances claras de gol.

O próximo compromisso do Cuiabá no campeonato brasileiro é contra o Red Bull Bragantino no dia 1º de novembro, na Arena Pantanal, às 19h30 (de MT.

Comentários Facebook
Continue lendo

Brasileirão Série A

Seleção Brasileira encerra preparação para amistoso contra República Tcheca

Publicado

Programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) também destacou a reta final dos principais campeonatos estaduais do país; ouça na íntegra

O programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) destacou o amistoso da Seleção Brasileira com a República Tcheca. Waldir Luiz, Márcio Guedes, Bruno Mendes e toda a nossa equipe também analisaram a reta final dos principais campeonatos estaduais do país e as principais notícias do esporte nacional e internacional.

Clique no player e ouça o programa na íntegra:

No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919.

Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.

Agencia Brasil
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana