conecte-se conosco


Cáceres e Região

Eliene anuncia decretação de toque de recolher para frear disseminação do coronavírus em Cáceres

Publicado

Sinézio Alcântara – Expressão Notícias

            A prefeita Eliene Liberato Dias anunciou, para os próximos dias, a decretação do “Toque de Recolher”, em Cáceres. A medida, de acordo com a prefeita, será adotada para frear a disseminação do coronavirus no município. Até na quinta-feira (14/1), de acordo com dados da Secretaria de Saúde, o número de infectados já havia ultrapassado a 4.600 casos.

            “Devo reunir com a equipe de saúde, nas próximas horas, para deliberar sobre essa situação (decretação do toque de recolher) ” afirmou a prefeita em entrevista a uma emissora de rádio, na manhã desta sexta-feira.  Por enquanto, conforme a prefeita, medidas mais rigorosas como a decretação de lockdown (fechamento total) não estão sendo cogitadas.

            Os termos da medida ainda não foram definidos. O último toque de recolher foi decretado no dia 7 de setembro do ano passado devido ao acentuado casos de contágio e vários óbitos registrados no município. À época a circulação de pessoas nas ruas da cidade foi proibida das 20h até às 5h do dia seguinte.

Leia mais:   Dr. Leonardo assume presidência do Solidariedade com missão de preparar sigla para 2022

            O anúncio da medida foi feito pela prefeita, na manhã desta quinta-feira, momentos antes de seguir para Cuiabá, em companhia do secretário de Saúde, Sérgio Arruda, para uma reunião com a equipe do secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, no sentido de viabilizar a contratação de, pelo menos, 5 novos leitos de UTI junto ao Hospital São Luiz.

            A situação é preocupante, destacou Eliene, afirmando que informações de órgãos de saúde, indicam que, nos próximos 15 dias, deverá ocorrer uma onda de infecções em todo o país, e Cáceres, não será diferente. “As informações são de que nos próximos 15 dias haverá um crescimento muito alto dos casos. Temos que viabilizar novos leitos de UTIs para socorrer e salvar a vida”

            O número de contaminação em Cáceres, pulou em poucas horas de 4.471 para 4.610. Ao todo, foram registrados desde o início da pandemia, 135 óbitos. A taxa de ocupação dos leitos enfermarias do Hospital Regional, único que está atendendo pacientes do coronavirus no município, é de 90%. As informações são de que, nos últimos dias, vários pacientes foram encaminhados para UTIs na capital do Estado.

Comentários Facebook

Cáceres e Região

OAB-MT apura denúncias de tortura na Cadeia Pública de Cáceres

Publicado

Assessoria
A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) e a Subseção de Cáceres, por meio da sua Comissão de Direitos Humanos, apuram denúncias de tortura contra presos na Cadeia Pública de Cáceres.
Segundo o conselheiro estadual João Mário Maldonado, as denúncias foram feitas por familiares de encarcerados. Nesta quarta-feira (24), ao lado do presidente da subseção, Fábio de Sá e da Comissão de DH, Daniel Bretas, integrou comitiva para vistoria na unidade prisional.
“Avaliamos também a situação das instalações. Estão muito bem conservadas, porém, identificamos um caso de um detento que apresentava marcas de bala de borracha. Ele nos disse que teria sido alvejado pela polícia penal, sem motivo”, conta Maldonado. O defensor público Diego Rodrigues Costa também esteve presente.
“A vistoria foi determinada pela juíza da Vara de Execuções Penais, Helícia Vitti Lourenço. Temos que agradecer sua iniciativa. E também, o apoio que temos tido da Defensoria Pública, atuando em conjunto”.
O conselheiro estadual informou ainda que todas as denúncias serão rigorosamente apuradas, com a participação da OAB-MT e se acaso houver veracidade, será instaurado procedimento administrativo e criminal para apurar as responsabilidades. O Ministério Público também está incluído no grupo.
O presidente da OAB-MT, Leonardo Campos ressaltou que “a OAB-MT contribuirá com a apuração das denúncias e se for necessário, para que eventuais responsáveis sejam punidos exemplarmente na forma da lei”.
Comentários Facebook
Leia mais:   Dr. Leonardo assume presidência do Solidariedade com missão de preparar sigla para 2022
Continue lendo

Cáceres e Região

Chuva não dá trégua no fim de semana em Mato Grosso

Publicado

Assessoria GD

O fim de semana em Mato Grosso será de muita chuva, mas, também, de muito calor. Em Cuiabá, a temperatura máxima chega aos 35º C, mesmo com a previsão de mais de 70% de chance de chuva até domingo (28).

Na Capital, esta sexta-feira (26) será de pancadas de chuva durante todo o dia, com mínima de 24º C e máxima de 33º C. No sábado (27), os termômetros marcam entre 25º C e 35º C, com 80% de chance de chuva. O domingo terá temperaturas entre 24º C e 32º C.

Em Chapada dos Guimarães (67 km ao norte de Cuiabá), a temperatura é amena nesta sexta-feira, com mínima de 20º C e máxima de 28º C, além de muita chuva o dia inteiro e também à noite. No domingo a mínima é de 19º C, com 60% de chances de chuva.

Rondonópolis (212 km ao sul) também fica nos 70% de chance de chuva no fim de semana, com temperaturas entre os 21º C e os 34º C. A previsão é de dias nublados, com pancadas de chuva que se estendem até a noite.

Leia mais:   Secretário diz que doses de vacinas recebidas pelo estado são insuficientes para atingir meta: 'O problema não é vacinar, é ter vacinas'

A Capital do Nortão, Sinop (500 km ao norte), amanheceu nesta sexta-feira com o céu nublado e tem máxima de 23º C. No fim de semana a temperatura oscila entre os 22º C e os 28º C, com 80% de chance de chuva no domingo.

Cáceres (225 km a oeste) também terá bastante chuva no fim de semana, com mínima de 24º C e máxima de 35º C. Na sexta-feira e sábado a chance de chuva chega aos 80% e no domingo a 60%.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana