conecte-se conosco


Brasileirão Série A

Eduardo dá méritos ao Corinthians, mas diz que Ponte aceitou imposição

Publicado

 

A vitória do Corinthians por 3 a 0 sobre a Ponte Preta, na manhã desta quinta-feira, foi incontestável. Até o técnico da Macaca, Eduardo Baptista, admitiu a ampla superioridade do Timão e considerou o resultado justo diante do que os times fizeram, principalmente no primeiro tempo. Com 21 minutos de jogo, o Corinthians já vencia por 2 a 0 – e os campineiros foram para o intervalo sem nenhuma finalização.

LEIA MAIS: Reinaldo pede à Ponte para “apagar” primeiro tempo, e Grolli já foca no Fla

Pagamos por um primeiro tempo desatento
Eduardo Baptista

Para Eduardo, a principal diferença entre as equipes nem foi a questão técnica ou tática, e sim a postura. O Corinthians entrou pressionado pelo jejum de mais de um mês e sufocou a Ponte até construir o placar. Já a Ponte, apática, foi dominada e pouco fez para resistir à blitz inicial dos donos da casa.

– Foi uma vitória merecida, o Corinthians jogou melhor, soube se impor. Pagamos por um primeiro tempo desatento. Deixamos de encurtar nas beiradas, onde eles são fortes, demos esse espaço. O Corinthians veio para uma final e construiu o placar no primeiro tempo. Nosso erro foi aceitar essa imposição, deixamos jogar, demos a bola. E o Corinthians, com posse (de bola) em Itaquera, é muito perigoso. Perdemos mais pela postura do que pelos erros individuais – afirmou.

Tite Corinthians X Ponte Preta (Foto: Mauro Horita)Eduardo Baptista, ao fundo, não consegue encontrar soluções para a Ponte superar o Timão de Tite (Foto: Mauro Horita)

Os erros individuais aconteceram e foram fatais para o Corinthians transformar a superioridade em vantagem. Primeiro no gol contra de Kadu. Depois na rebatida de Matheus Jesus que acabou na finalização precisa de Bruno Henrique. O técnico da Ponte tentou corrigir a situação com as entradas de Renê Júnior, ainda no primeiro tempo, e Galhardo no intervalo. A Ponte cresceu, mas foi insuficiente para tirar o prejuízo. O Corinthians ainda aumentou com Guilherme, na reta final da segunda etapa. 

Leia mais:   Em Minas, Cuiabá perde para o líder Atlético-MG e cai invencibilidade

Diante da disparidade das atuações da equipe, a arbitragem, motivo de preocupação antes de a bola rolar, ficou em segundo plano. Os jogadores da Ponte reclamaram de falta no lance do segundo gol do Corinthians, mas Eduardo ignorou qualquer tipo de polêmica.

>> Atuações Ponte Preta: fraca atuação contagia setores; banco alivia média

– Eu analiso futebol. Arbitragem não é comigo, não gosto de falar. Perdi de 3 a 0, falar de futebol não combina. Não fomos bem, o Corinthians foi mais time, essa é a realidade do jogo. Nos resta observar os erros e corrigir para o próximo jogo.

Depois de perder a invencibilidade no Brasileirão e cair para a segunda página da tabela, com quatro pontos, a Ponte volta a campo domingo, quando recebe um Flamengo em crise, a partir das 11h, no Majestoso.

Fonte: Globo Esporte

Comentários Facebook

Brasileirão Série A

Em Minas, Cuiabá perde para o líder Atlético-MG e cai invencibilidade

Publicado

A Gazeta

Após 12 jogos sem derrotas fora de casa pelo Campeonato Brasileiro, o Cuiabá perdeu a longa invencibilidade que acumulava na série A para o líder Atlético-MG neste domingo (24), em Belo Horizonte, pela 28ª rodada do Brasileirão. O galo venceu por 2 a 1 e pôs fim a longa série do auriverde sem derrotas longe de casa.

O Dourado continua com 35 pontos, em décimo lugar na tabela de classificação. O Galo, por sua vez, chegou aos 59 tentos e é mais líder do que nunca.

A mil por hora, assim começou o início do jogo entre Cuiabá e Atlético-MG no Mineirão. Logo aos 2 minutos, Nathan Silva, contra, inaugurou o marcador em recuo infeliz para Everton, que viu a bola entrar lentamente no gol. Aos 4, Hulk, dentro da pequena área, deixou tudo igual após jogada ensaiada de escanteio.

O time mineiro conseguiu a virada com Jair, que completou de cabeça para as redes após assistência de Guilherme Arana.

No início da etapa final, Hulk marcou o terceiro para o Atlético, mas o gol foi anulado após a arbitragem pegar um toque de mão do atacante. Daí em diante o Atlético continuou pressionando, mas sempre parando nas defesas seguras do goleiro Walter.

Leia mais:   Em Minas, Cuiabá perde para o líder Atlético-MG e cai invencibilidade

À medida que o relógio foi passando, o Atlético deixou o Cuiabá mais a vontade para trabalhar com a bola e passou a contar com os contra-ataques. O Dourado martelou, porém não conseguiu criar chances claras de gol.

O próximo compromisso do Cuiabá no campeonato brasileiro é contra o Red Bull Bragantino no dia 1º de novembro, na Arena Pantanal, às 19h30 (de MT.

Comentários Facebook
Continue lendo

Brasileirão Série A

Seleção Brasileira encerra preparação para amistoso contra República Tcheca

Publicado

Programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) também destacou a reta final dos principais campeonatos estaduais do país; ouça na íntegra

O programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) destacou o amistoso da Seleção Brasileira com a República Tcheca. Waldir Luiz, Márcio Guedes, Bruno Mendes e toda a nossa equipe também analisaram a reta final dos principais campeonatos estaduais do país e as principais notícias do esporte nacional e internacional.

Clique no player e ouça o programa na íntegra:

No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919.

Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.

Agencia Brasil
Comentários Facebook
Leia mais:   Em Minas, Cuiabá perde para o líder Atlético-MG e cai invencibilidade
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana