conecte-se conosco


Destaque

Dom Bosco empata e leva decisão para Curitiba

Publicado

O jogo se encaminhava para o fim com vaga garantida do Atlético-PR à terceira fase da Copa do Brasil. Porém, aos 40 e aos 41, o Dom Bosco conseguiu marcar dois gols e arrancou empate com o Furacão, por 2 a 2 nesta quarta-feira, na Arena Pantanal, em Cuiabá. O jogo foi válido pela ida da segunda fase. A volta está marcada para a próxima quarta-feira, dia 18, às 19h30 (horário de Brasília), na Arena da Baixada. Quem passar pega Chapecoense ou Paraná Clube na terceira fase da Copa do Brasil de 2016.

Depois de um bom começo, o Dom Bosco acabou envolvido pelo Furacão, que escalou time reserva pelo título estadual conquistado no domingo. O time visitante abriu 2 a 0 com gols de Vinicius e André Lima, um em cada tempo. De forma surpreendente, o Dom Bosco empatou com gols de Naian e Fernandinho, para delírio dos quatro mil torcedores presentes.

O Dom Bosco começou a partida e logo assustou a meta do Atlético-PR, em chute do estreante Pretinho. O time da casa seguia com mais posse de bola e perto da área adversária, mas em nenhum lance criou perigo. O Atlético-PR foi eficiente logo no primeiro lance de ataque, aos 30 minutos. Após jogada pelo lado, o meia Vinícius dominou na entrada da área e bateu firme para abrir o placar. A bola foi no ângulo. O Dom Bosco quase empatou no final da primeira etapa. Após cobrança de falta de Robinho, Weverton deu rebote e Amarildo perdeu um gol feito, na pequena área, sem goleiro.

Leia mais:   Governo lança edital para fomentar pesquisa em micro e pequenas empresas de MT

No segundo tempo, o Furacão voltou melhor e com mais poder ofensivo. Aos 8, Hernani cobrou falta e a bola balançou a rede pelo lado de fora. Com 14, foi a vez de Marcos Guilherme assustar. Quatro minutos depois, o Azulão da Colina chegou a marcar o gol de empate, mas o árbitro assinalou impedimento de Fernandinho. Na sequência, o mesmo Fernandinho carimbou a trave do Furacão. O Atlético-PR respondeu em cabeçada de Marcos Guilherme e que Jefferson salvou. O segundo gol saiu aos 32. Vinícius fez jogada pelo lado e tocou de calcanhar para André Lima marcar.  Quando o jogo se encaminhava para o fim, o Azulão da Colina conseguiu o empate em gols de Naian e Fernandinho, aos 40 e 41 minutos da etapa final.

Fonte:GE/MT

 

Comentários Facebook

Destaque

Secretário diz que doses de vacinas recebidas pelo estado são insuficientes para atingir meta: ‘O problema não é vacinar, é ter vacinas’

Publicado

G1 MT

O secretário de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo, afirmou que as doses que o estado recebeu até agora são insuficientes para atingir a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde.

O plano inicial estima vacinar 25% da população de Mato Grosso até o fim da campanha.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), até agora, o estado recebeu 167,6 mil doses da CoronaVac e 45 mil AstraZeneca/Oxford para a imunização dos grupos da primeira fase da Campanha de Vacinação contra a Covid-19.

O número total de vacinados até agora no estado representa pouco mais de 2% da população mato-grossense, que é de 3,5 milhões de pessoas.

“O problema não é vacinar, é ter vacinas. Nenhum estado está satisfeito com o fluxo de doses encaminhadas é tão pouco com o percentual de cobertura da população”, disse o secretário.

Segundo Gilberto, o estado tem 800 salas de imunização. O governo está fazendo uma análise para verificar se outros estados estão recebendo proporções maiores de doses em comparação com Mato Grosso.

Nessa terça-feira (23), o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu autorizar estados e municípios a comprar e a distribuir vacinas contra a Covid-19. A permissão valerá caso o governo federal não cumpra o Plano Nacional de Imunização ou caso as doses previstas no documento sejam insuficientes.

“A partir do momento em que o Ministério da Saúde assegurar que haverá doses suficientes para atingir 50% do público estabelecidos, Mato Grosso vai cumprir essa meta. Estamos fazendo um esforço para que o estado faça a aquisição adicional ao plano nacional, porque se depender só desse plano não vamos ter uma cobertura superior ”, afirmou.

De acordo com o secretário, o governo estuda a possibilidade de comprar vacinas adicionais por conta própria.

“Com essas aprovações do STF cria-se um cenário mais positivo. Nós continuamos empenhados para que, dentro da legislação, possamos fazer a aquisição de mais doses”, disse.

Ainda nesta semana, o estado deve receber 11,8 mil doses da vacina Coronavac que serão utilizadas como primeira e segunda aplicação. A secretaria afirma que ainda não tem previsão da data da chegada dessas doses da Coronavac.

Leia mais:   Sema notifica automaticamente proprietários de áreas com alerta de desmatamento

Com a vacinação restrita desde a semana passada por causa da falta de vacinas, a Secretaria de Saúde de Cuiabá disse que vai retomar a vacinação dos grupos prioritários que estava comprometida. No entanto, vai depender da quantidade recebida, já que são pouco mais de 32 mil doses para ser distribuídas entre os 141 municípios.

Casos de Covid-19

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (24), 246.469 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 5.716 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (52.822), Rondonópolis (18.741), Várzea Grande (15.622), Sinop (12.667), Sorriso (10.225), Tangará da Serra (9.903), Lucas do Rio Verde (9.256), Primavera do Leste (7.290), Cáceres (5.485) e Nova Mutum (5.037).

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Novas doses de vacina contra Covid-19 devem ser distribuídas aos municípios a partir de 2ª em MT, diz SES

Publicado

G1 MT

A nova remessa com mais de 32 mil doses de vacinas contra o coronavírus (Covid-19), que Mato Grosso recebeu entre quarta (24) e quinta-feira (25), deverá ser encaminhada aos municípios a partir de segunda-feira (1º).

A informação é da Secretaria Estadual de Saúde de Mato Grosso (SES-MT).

O tempo é necessário para que os as equipes da Vigilância Estadual trabalharem no recebimento das doses, na conferência da quantidade, na catalogação dos imunizantes e no encaixotamento para distribuição e retirada dos municípios.

A nova remessa da vacina CoronaVac chegará em Mato Grosso às 10h desta quinta-feira no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, por um voo da Azul.

De acordo com o Ministério da Saúde, a previsão é de que cheguem 11,8 mil doses para a imunização dos grupos da primeira fase da Campanha de Vacinação contra a Covid-19.

Na manhã desta quarta-feira, o estado também recebeu 21 mil doses da vacina AstraZeneca. Até o momento, já foram recebidas 212.760 mil doses de imunizantes contra a Covid-19 em Mato Grosso.

Campanha

O secretário de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo, afirmou que as doses que o estado recebeu até agora são insuficientes para atingir a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde.

O plano inicial estima vacinar 25% da população de Mato Grosso até o fim da campanha. O número total de vacinados até agora no estado representa pouco mais de 2% da população mato-grossense, que é de 3,5 milhões de pessoas.

“O problema não é vacinar, é ter vacinas. Nenhum estado está satisfeito com o fluxo de doses encaminhadas é tão pouco com o percentual de cobertura da população”, disse o secretário.

Segundo Gilberto, o estado tem 800 salas de imunização. O governo está fazendo uma análise para verificar se outros estados estão recebendo proporções maiores de doses em comparação com Mato Grosso.

Leia mais:   Justiça manda investigar maus-tratos na Cadeia de Cáceres

Casos de Covid-19

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (24), 246.469 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 5.716 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (52.822), Rondonópolis (18.741), Várzea Grande (15.622), Sinop (12.667), Sorriso (10.225), Tangará da Serra (9.903), Lucas do Rio Verde (9.256), Primavera do Leste (7.290), Cáceres (5.485) e Nova Mutum (5.037).

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana