conecte-se conosco


Brasileirão Série A

Do amador a um grande clube em 33 meses, Rodrigão vive sonho no Santos

Publicado

Rodrigão - Santos (Foto: Lucas Musetti)Rodrigão reforça o Santos na sequência da temporada (Foto: Lucas Musetti)

Reforço do Santos para a sequência da temporada, Rodrigão tem uma trajetória diferente da maioria dos jogadores de futebol, que faz diversos testes desde criança e costuma passar por categorias de base antes de chegar ao profissional. O atacante se destacou em um campeonato amador na Bahia só aos 19 anos, e foi chamado para teste na equipe principal do Democrata, de Minas Gerais, em setembro de 2013, sendo aprovado.

Como profissional, o centroavante seguiu marcando os gols que costumava fazer nas peladas com amigos. O salário não era alto, mas já permitia a ele não ter mais que ser pintor e auxiliar de pedreiro para ajudar a família.

> VEJA A TABELA DO BRASILEIRÃO
> ESCALE SEU TIME NO CARTOLA FC

– Sempre joguei bola e não esperava ser profissional, admito, mas Deus me abriu essa porta. Não fiz categorias de base e fui direto para o time principal do Democrata. Um dia jogava futebol por lazer e era pintor ou ajudante de pedreiro, no outro já estava jogando profissionalmente. É muito louco isso – contou a contratação do Santos em entrevista ao GloboEsporte.com.

A carreira de Rodrigão seguiu em franca ascendência. Depois de se destacar pelo Democrata, ele foi contratado pelo Boa Esporte, da primeira divisão do Campeonato Mineiro e atualmente na Série C do Brasileiro. Depois da disputa do estadual, o camisa 9 foi contratado pelo Campinense, da Paraíba, em 2015, onde virou ídolo.

Certas coisas são difíceis de explicar. Ser artilheiro de todo o Brasil é
massa. Um sonho. Tenho que manter o foco e a pegada para manter esse
título”
Rodrigão, atacante do Santos

No segundo semestre do ano passado, Rodrigão sofreu uma lesão grave no joelho esquerdo e quase não atuou mais pela Raposa na temporada. Recuperado, brilhou em 2016, tornando-se o artilheiro do Brasil no ano, com 18 gols marcados.

– Certas coisas são difíceis de explicar. Ser artilheiro de todo o Brasil é massa. Um sonho. Tenho que manter o foco e a pegada para manter esse título (faz sinal de aspas). Atacante tem que fazer gols, matar um leão por um dia. Quero continuar no topo, mesmo na Série A, que é bem complicada – projetou o jogador de 22 anos.

Feliz com a chance de atuar por um grande clube do futebol brasileiro, Rodrigão não se preocupa com a concorrência de Ricardo Oliveira e Joel. O baiano de 1,86m de altura está ansioso para ter a primeira oportunidade no novo clube e poder provar que o título de artilheiro do Brasil não é por acaso.

E MAIS: Dorival estuda fim da concentração no Peixe: “Acreditar mais no profissional”

– Não vou ligar para isso, que têm três (na posição). Eu estou no Santos, é um sonho, não posso reclamar, e sim, trabalhar. Que o
Ricardo (Oliveira) se recupere o mais rápido possível (de lesão no joelho). Sou fã, é um cara show. Vai dar para
aprender muito com ele. Vou pedir as melhores dicas para estar sempre apto,
evoluir, e, principalmente, ter frieza em frente ao gol para poder marcar – disse o reforço santista, antes de falar sobre suas características como jogador.

Rodrigão - Santos (Foto: Lucas Musetti)Rodrigão se profissionalizou sem passar por nenhuma categoria de base (Foto: Lucas Musetti)

– Sou um atacante determinado, com raça, sempre em busca do gol, e que ajuda os
companheiros. Dou bote no zagueiro, no volante. Sou um cara que sai da área também,
não um centroavante parado. Busco a bola e tento sair para o jogo também. Cabeceio e
chuto com as duas pernas. Lá no Campinense, fiz muitos gols com perna esquerda e
direita. Quero repetir no Santos o que mostrei lá – se apresentou.

Rodrigão veio da Paraíba sozinho e está em Santos desde o último sábado. Ele foi aprovado nos exames médicos e assinou contrato de cinco anos na última segunda-feira – o Peixe pagou R$ 1,5 milhão pela contratação. 

– Estou pronto, estava jogando. Tenho um monte de parentes em São Paulo, mas quero trazer minha
mãe para passar um tempo comigo. Quero trazê-la para passar um tempo aqui, depois trago meu
pai, meus irmãos, para passear e não me sentir só – completou o goleador.

O atacante já conheceu os companheiros e o técnico Dorival Júnior no CT Rei Pelé. Ele está hospedado em um hotel da cidade de Santos. A tendência é que o jogador seja relacionado para a partida contra o Botafogo, no próximo domingo, no Pacaembu, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

Próximo adversário: Corinthians
Local: Arena Corinthians, São Paulo
Data e horário: quarta-feira, 21h (de Brasília)
Escalação provável: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia, Renato, Vitor Bueno e Rafael Longuine (Ronaldo Mendes); Paulinho e Joel
Desfalques: Paulo Ricardo e Ricardo Oliveira (lesionados); Lucas Lima e Gabriel (na Seleção)
Arbitragem: Leandro Pedro Vuaden (FIFA) apita, auxiliado por Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (ASP-FIFA) e Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP)
Transmissão: Premiere e PFCI
Tempo Real: GloboEsporte.com, com vídeos, a partir das 19h

*Colaborou sob supervisão de Ivair Vieira Jr

Fonte: Globo Esporte

Comentários Facebook

Entretenimento

Eclipse lunar traz ‘Lua de sangue’ no domingo (15); saiba mais

Publicado

No próximo domingo (15), acontecerá o primeiro eclipse lunar de 2022. Será um eclipse do tipo total, que ocorre quando a Lua cheia se move para a chamada sombra umbral profunda da Terra (parte mais interna e escura). Isso ocorre porque nosso planeta passa em frente à luz solar enviada para o nosso satélite natural.

De acordo com o astrofísico americano Fred Espenak, conhecido por prever eclipses, como a Lua cheia do dia 15 de maio é a chamada superlua, por estar no perigeu, o ponto mais próximo da Terra, esse eclipse será considerado uma superlua de sangue. O fenômeno, que poderá ser visto em todo o Brasil, ocorre quando a luz do sol passa pela atmosfera terrestre, mas desvia pelos comprimentos de onda para refletir de forma avermelhada na Lua.

Diagrama da sombra do eclipse lunar do dia 15 de maio. (Fonte: NASA/Divulgação.)Fonte:  NASA 

Quando acontecerá o eclipse total da Lua no domingo?

Conforme o perfil Astronomiaum no Twitter, nas cidades com fuso horário de Brasília, o eclipse lunar de domingo terá início às 22h32, e terá o seu ápice na madrugada de segunda-feira (16) à 1h11, com o término ocorrendo às 3h51. Além do Brasil, a Lua de sangue poderá ser vista também nos EUA e Canadá, além de partes da África e Europa.

Diferentemente do eclipse solar, que só é observável em uma área relativamente pequena do mundo, os eclipses lunares podem ser vistos em qualquer lugar no lado noturno da Terra. A sua visualização também é mais segura, pois esses fenômenos não necessitam de nenhum tipo de proteção para os olhos, pois são mais escuros do que a própria lua cheia em si.

Para quem mora em grandes cidades, e não pretende viajar para locais com baixa poluição visual para assistir ao eclipse total da Lua no domingo, será possível visualizá-lo através do canal oficial da NASA do YouTube. O telescópio da agência aeroespacial norte-americana irá iniciar a transmissão das imagens do fenômeno a partir da zero hora do dia 16 de maio, no horário de Brasília.

Para assistir, basta clicar no link acima para definir o lembrete e, na hora marcada, acompanhar os detalhes em alta resolução.

Fonte: https://www.tecmundo.com.br/ciencia/238420-eclipse-lunar-traz-lua-sangue-domingo-15-saiba.htm

Comentários Facebook
Continue lendo

Brasileirão Série A

Em Minas, Cuiabá perde para o líder Atlético-MG e cai invencibilidade

Publicado

A Gazeta

Após 12 jogos sem derrotas fora de casa pelo Campeonato Brasileiro, o Cuiabá perdeu a longa invencibilidade que acumulava na série A para o líder Atlético-MG neste domingo (24), em Belo Horizonte, pela 28ª rodada do Brasileirão. O galo venceu por 2 a 1 e pôs fim a longa série do auriverde sem derrotas longe de casa.

O Dourado continua com 35 pontos, em décimo lugar na tabela de classificação. O Galo, por sua vez, chegou aos 59 tentos e é mais líder do que nunca.

A mil por hora, assim começou o início do jogo entre Cuiabá e Atlético-MG no Mineirão. Logo aos 2 minutos, Nathan Silva, contra, inaugurou o marcador em recuo infeliz para Everton, que viu a bola entrar lentamente no gol. Aos 4, Hulk, dentro da pequena área, deixou tudo igual após jogada ensaiada de escanteio.

O time mineiro conseguiu a virada com Jair, que completou de cabeça para as redes após assistência de Guilherme Arana.

No início da etapa final, Hulk marcou o terceiro para o Atlético, mas o gol foi anulado após a arbitragem pegar um toque de mão do atacante. Daí em diante o Atlético continuou pressionando, mas sempre parando nas defesas seguras do goleiro Walter.

À medida que o relógio foi passando, o Atlético deixou o Cuiabá mais a vontade para trabalhar com a bola e passou a contar com os contra-ataques. O Dourado martelou, porém não conseguiu criar chances claras de gol.

O próximo compromisso do Cuiabá no campeonato brasileiro é contra o Red Bull Bragantino no dia 1º de novembro, na Arena Pantanal, às 19h30 (de MT.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana