conecte-se conosco


Brasileirão Série A

De volta à armação, João Paulo defende ofensividade no Santa Cruz

Publicado

João Paulo Santa Cruz (Foto: Marlon Costa/ Pernambuco Press)João está satisfeito com volta à meia no Santa Cruz (Foto: Marlon Costa/ Pernambuco Press)

Há muito tempo que João Paulo não sabe o que é ser meia ofensivo no time do Santa Cruz. A última vez que ele exerceu a função de armar as jogadas e chegar com força ao ataque foi no dia 26 de março, no empate sem gols contra o América-PE, na Ilha do Retiro, pelo Campeonato Pernambucano. De lá para cá, com a chegada do técnico Milton Mendes, ele se tornou volante de fato – já tinha desempenhado este papel outras vezes no ano passado, mas nunca com tanta sequência. Nesta quinta-feira, diante da Ponte Preta, ele deve voltar a antiga posição.

Uma das convicções de Milton Mendes é que João Paulo é um ótimo volante. Mas deve deslocá-lo para o meio campo porque as últimas experiências não foram boas – Daniel Costa e Lelê foram os últimos testados na armação.

– Eu já falei outras vezes isso de jogar como segundo volante ou até mais adiantado. São funções que eu me sinto mais à vontade para fazer. É claro que eu tenho mais características ofensivas porque joguei a maior parte da minha carreira desse jeito. Mas cabe a Milton decidir. E o que ele optar, será melhor para nós – disse João Paulo.

No Brasileiro, todo mundo esperava que fosse mais difícil pelo nível da competição. Mas eu acho que é um momento passageiro.
João Paulo

O meia afirmou que o elenco não sente o peso de ter entrado na zona de rebaixamento. Para João Paulo, o que é sentido é a sequência negativa – nas últimas sete rodadas, o Santa perdeu seis e ganhou uma. Diante da Ponte Preta, será a primeira vez que o time entrará em campo estando no Z-4. 

– O que pesa não é ter entrado na zona de rebaixamento, mas ter perdido seis dos últimos sete jogos. Essa sequência preocupa. Mas também temos a consciência de que não estamos jogando mal. Fizemos jogos conscientes, mas claro que o resultado é o que importa. Contra o Figueirense, até teve torcedor que vaiou, mas a gente venceu. Às vezes, é mais importante o resultado do que a própria atuação.

Para ele, a pressão que o elenco sente neste momento não é maior que a sentida no início da temporada, quando quase não se classifica na Copa do Nordeste. Na competição regional, o Santa Cruz se classificou na penúltima colocação e acabou campeão.

– Eu acho que no início do ano foi mais complicado pela expectativa que a gente tinha de conseguir as coisas com mais facilidade. No Brasileiro, todo mundo esperava que fosse mais difícil pelo nível da competição. Mas eu acho que é um momento passageiro.

Comentários Facebook

Brasileirão Série A

Em Minas, Cuiabá perde para o líder Atlético-MG e cai invencibilidade

Publicado

A Gazeta

Após 12 jogos sem derrotas fora de casa pelo Campeonato Brasileiro, o Cuiabá perdeu a longa invencibilidade que acumulava na série A para o líder Atlético-MG neste domingo (24), em Belo Horizonte, pela 28ª rodada do Brasileirão. O galo venceu por 2 a 1 e pôs fim a longa série do auriverde sem derrotas longe de casa.

O Dourado continua com 35 pontos, em décimo lugar na tabela de classificação. O Galo, por sua vez, chegou aos 59 tentos e é mais líder do que nunca.

A mil por hora, assim começou o início do jogo entre Cuiabá e Atlético-MG no Mineirão. Logo aos 2 minutos, Nathan Silva, contra, inaugurou o marcador em recuo infeliz para Everton, que viu a bola entrar lentamente no gol. Aos 4, Hulk, dentro da pequena área, deixou tudo igual após jogada ensaiada de escanteio.

O time mineiro conseguiu a virada com Jair, que completou de cabeça para as redes após assistência de Guilherme Arana.

No início da etapa final, Hulk marcou o terceiro para o Atlético, mas o gol foi anulado após a arbitragem pegar um toque de mão do atacante. Daí em diante o Atlético continuou pressionando, mas sempre parando nas defesas seguras do goleiro Walter.

À medida que o relógio foi passando, o Atlético deixou o Cuiabá mais a vontade para trabalhar com a bola e passou a contar com os contra-ataques. O Dourado martelou, porém não conseguiu criar chances claras de gol.

O próximo compromisso do Cuiabá no campeonato brasileiro é contra o Red Bull Bragantino no dia 1º de novembro, na Arena Pantanal, às 19h30 (de MT.

Comentários Facebook
Continue lendo

Brasileirão Série A

Seleção Brasileira encerra preparação para amistoso contra República Tcheca

Publicado

Programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) também destacou a reta final dos principais campeonatos estaduais do país; ouça na íntegra

O programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) destacou o amistoso da Seleção Brasileira com a República Tcheca. Waldir Luiz, Márcio Guedes, Bruno Mendes e toda a nossa equipe também analisaram a reta final dos principais campeonatos estaduais do país e as principais notícias do esporte nacional e internacional.

Clique no player e ouça o programa na íntegra:

No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919.

Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.

Agencia Brasil
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana