conecte-se conosco


Brasileirão Série A

Cruzeiro tem liminar pedindo rescisão de contrato com Minas Arena negada

Publicado

O Cruzeiro teve um pedido de liminar da rescisão do contrato com a Minas Arena negado pela Justiça. A decisão é da desembargadora Mariângela Meyer, da 10ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais. O pedido era de caráter urgente, mas teve a mesma decisão tomada por Vicente de Oliveira Silva, outro desembargador, que também indeferiu o pedido da defesa do Cruzeiro no começo deste mês, quando a titular no caso estava de licença. O Cruzeiro deve aguardar a decisão do colegiado, que deverá ser entre três a quatro meses.

MIneirão (Foto: Marco Astoni)Cruzeiro move ação contra a Minas Arena, pedindo a rescisão do contrato (Foto: Marco Astoni)

Segundo o advogado do Cruzeiro, Felipe Cândido, o recurso do clube celeste continuará tramitando, mas o departamento jurídico ainda avalia se irá entrar com um novo pedido de liminar, antes da decisão do colegiado.

– O recurso vai continuar tramitando, vai ser julgado por
três desembargadores.
O Cruzeiro vai examinar a decisão, mas, muito provavelmente, não vai entrar com mais um pedido e vai aguardar o julgamento de recurso, que deve ser julgado de três a
quatro meses a partir de agora. O
Cruzeiro acha que não tem necessidade de um novo pedido de liminar.
Vamos aguardar o desenrolar do processo, e ainda existe a possibilidade de (o contrato) ser
rescindido.

O argumento principal da Raposa, para pedir a rescisão do contrato, é da falta do cumprimento de cláusulas da Minas Arena entre as partes, firmado há três anos. A Minas Arena informou, por meio de nota oficial na época da primeira decisão do pedido de rescisão por parte do clube celeste, que cumpre todas as cláusulas do acordo e que o Cruzeiro tem dívidas com a concessionária, que chegam a R$ 9 milhões. O Cruzeiro alega que as condições concedidas ao Atlético-MG para utilizar o Mineirão na final da Libertadores de 2013 foram diferentes e melhores aos que o clube tem atualmente com a Minas Arena. Por isso, a Raposa se sentiu no direito de exercer as mesmas condições.

Minas Arena postou mensagem no Twitter justificando a aparência do gramado do Mineirão (Foto: Reprodução/Internet)Cruzeiro tem contrato com a Minas Arena desde 2013 (Foto: Reprodução/Internet)

Além disso, o Cruzeiro cobra da Minas Arena “o pagamento de
indenização por danos materiais e morais pelo descumprimento reiterado nas
cláusulas contratuais”. O total do prejuízo calculado pelo clube chega a R$ 25 milhões. O clube também afirma que, por contrato, deveria ter ao seu dispor todas as datas como mandantes. Entretanto, em quatro datas, não teve benefícios por causa de shows realizados no estádio, como o dos cantores Paul McCartney e Elton John.

 

Além da remarcação de datas, o Cruzeiro reclama, também, da
comercialização dos ingressos. Pelo contrato, a Minas Arena é obrigada a vender as entradas por, no mínimo, 20% acima do valor mais caro que o
Cruzeiro comercializa para o anel superior.

Pela falta de pagamento das despesas por parte do Cruzeiro, a Minas Arena conseguiu na Justiça uma liminar que garante o bloqueio de 25% da renda líquida do Cruzeiro em partidas no Mineirão. Os valores serão depositado em juízo, até a conclusão do processo. Em março , a empresa entrou na Justiça, cobrando do time celeste o pagamento de cerca de R$ 9 milhões, em relação a custos de operação no Mineirão, que incluem gastos com funcionários, suporte, segurança, água e luz. No ano passado, a Minas Arena também moveu ação contra a Raposa cobrando uma dívida de R$ 5,5 milhões.

Comentários Facebook

Brasileirão Série A

Em Minas, Cuiabá perde para o líder Atlético-MG e cai invencibilidade

Publicado

A Gazeta

Após 12 jogos sem derrotas fora de casa pelo Campeonato Brasileiro, o Cuiabá perdeu a longa invencibilidade que acumulava na série A para o líder Atlético-MG neste domingo (24), em Belo Horizonte, pela 28ª rodada do Brasileirão. O galo venceu por 2 a 1 e pôs fim a longa série do auriverde sem derrotas longe de casa.

O Dourado continua com 35 pontos, em décimo lugar na tabela de classificação. O Galo, por sua vez, chegou aos 59 tentos e é mais líder do que nunca.

A mil por hora, assim começou o início do jogo entre Cuiabá e Atlético-MG no Mineirão. Logo aos 2 minutos, Nathan Silva, contra, inaugurou o marcador em recuo infeliz para Everton, que viu a bola entrar lentamente no gol. Aos 4, Hulk, dentro da pequena área, deixou tudo igual após jogada ensaiada de escanteio.

O time mineiro conseguiu a virada com Jair, que completou de cabeça para as redes após assistência de Guilherme Arana.

No início da etapa final, Hulk marcou o terceiro para o Atlético, mas o gol foi anulado após a arbitragem pegar um toque de mão do atacante. Daí em diante o Atlético continuou pressionando, mas sempre parando nas defesas seguras do goleiro Walter.

À medida que o relógio foi passando, o Atlético deixou o Cuiabá mais a vontade para trabalhar com a bola e passou a contar com os contra-ataques. O Dourado martelou, porém não conseguiu criar chances claras de gol.

O próximo compromisso do Cuiabá no campeonato brasileiro é contra o Red Bull Bragantino no dia 1º de novembro, na Arena Pantanal, às 19h30 (de MT.

Comentários Facebook
Continue lendo

Brasileirão Série A

Seleção Brasileira encerra preparação para amistoso contra República Tcheca

Publicado

Programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) também destacou a reta final dos principais campeonatos estaduais do país; ouça na íntegra

O programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) destacou o amistoso da Seleção Brasileira com a República Tcheca. Waldir Luiz, Márcio Guedes, Bruno Mendes e toda a nossa equipe também analisaram a reta final dos principais campeonatos estaduais do país e as principais notícias do esporte nacional e internacional.

Clique no player e ouça o programa na íntegra:

No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919.

Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.

Agencia Brasil
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana