conecte-se conosco


Esportes

COMPETIÇÃO ESTUDANTIL Delegações estão prontas para os jogos escolares de Cáceres

Publicado

Equipes fizeram boas preparações para encarar a décima etapa regional do evento 
Contagem regressiva para o início da décima e última etapa regional dos Jogos Escolares da Juventude de Mato Grosso. As delegações que participam da competição se prepararam até o último momento para os jogos que serão sediados em Cáceres, a partir desta sexta-feira (16). Os estudantes também estão muito ansiosos para entrar em quadra.
A competição será nas modalidades de basquete, handebol, vôlei e futsal. Cerca de 800 estudantes, com idades entre 12 e 17 anos, participam dos jogos que terão a duração de cinco dias.
O chefe da delegação de Curvelândia, Aldemir Pedro, garante que as equipes do município se prepararam da melhor maneira para o escolar. Ele ressalta que a cidade vem forte nas modalidades de vôlei e futsal. Inclusive, no ano passado, o vôlei de Curvelândia foi campeão nas categorias A (de 15 a 17 anos) e B (de 12 a 17 anos). O futsal da também foi vitorioso em 2015.
Pedro também ressalta que os jogos não são apenas competição, mas possui um valor pedagógico e social muito importante para os adolescentes. “Esse evento ajuda a formar o caráter desses jovens”, afirma.
Quem está no clima dos jogos desde o começo do ano é a cidade de Cáceres, que promoveu uma das maiores competições municipais dos jogos escolares, que envolveu 115 equipes da cidade, sendo 15 delas da zona rural. Ao todo foram 15 dias de competição que classificou as equipes para a etapa regional do escolar.
Aproveitando o embalo do municipal, a delegação de Cáceres vem forte para o regional e promete ganhar títulos principalmente no vôlei, handebol e futsal. No handebol a cidade tem tradição, pois já foi campeã várias vezes na fase regional e atualmente detém o título do estadual escolar de Mato Grosso.
O chefe da delegação de Cáceres, Edson da Silva, disse que os estudantes estão muito ansiosos para o início da competição, principalmente os alunos da zona rural da cidade que irão participar dos jogos pela primeira vez. “Tudo é novidade para eles. E os meninos e meninas estão deslumbrados com a possibilidade de representar Cáceres em uma competição”, enfatiza.
Araputanga é outra delegação que chega bem para os jogos. A cidade tem tradição em esportes, já que, desde de 1994, trabalha com escolinhas de iniciação esportiva nas modalidades de futsal, handebol, vôlei, basquete, atletismo e natação.
Esse trabalho de base já rendeu títulos importantes para a cidade, como campeonatos sul -americanos de basquete e títulos nacionais no atletismos. A fundista Nathalia Ramilo, por exemplo, foi uma das atletas reveladas por conta do projeto esportivo da prefeitura de Araputanga. Em 2014, Ramilo foi campeã brasileira em uma das provas de corrida dos jogos escolares (etapa nacional).
O chefe da delegação de Araputanga, Ricardo Miranda, destaca que as equipes vão manter a tradição da cidade nos jogos de Cáceres. “Temos ótimas chances de títulos nas quatros modalidades: futsal, vôlei, basquete e handebol”, garante Miranda.
Jogos em Cáceres  
Nesta sexta-feira (17) haverá a cerimônia de abertura da competição, que será realizada a partir das 19h no ginásio poliesportivo Didi Profeta.
O evento contará com o desfile das 12 delegações que participam dos jogos, o que dá um total de 781 estudantes/atletas (masculino e feminino), 47 equipes e 27 escolas. A expectativa é que mais de 5 mil pessoas prestigiem o evento durante os cinco dias de jogos.
Cáceres fecha o ciclo das 10 etapas regionais dos jogos escolares. Essa fase classifica equipes para a etapa estadual da competição, que será divida em três momentos, sendo realizada nas cidades de Araputanga (individuais), Campo Verde (coletivas) e Água Boa (coletivas).  Em seguida os jogos seguem para fase nacional na cidade de João Pessoa, no estado da Paraíba.
Os Jogos Escolares (etapas regionais e estaduais) são uma realização da Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc-MT), em parceria com a Federação Mato-grossense de Esportes Universitários (FMEU) e municípios sedes da competição.
Marcio Camilo
Imprensa Seduc-MT
 
Comentários Facebook
Leia mais:   Cuiabá sobe para a série A pela primeira vez e rede hoteleira prevê movimento no setor após o fim da pandemia

Campeonato Brasileiro de Futebol

Cuiabá sobe para a série A pela primeira vez e rede hoteleira prevê movimento no setor após o fim da pandemia

Publicado

G1 MT

A ascensão do Cuiabá Esporte Clube para a série A do campeonato brasileiro pela primeira vez e um possível fim da pandemia com a chegada das vacinas podem reaquecer o turismo na capital e na rede hoteleira a partir deste ano.

Apesar de ter pedido o jogo por 3 a 1, o Cuiabá subiu para a série A, porque o CSA empatou com o Brasil – RS numa partida realizada um pouco antes.

A diretora de marketing da rede de Hotéis Mato Grosso, Adriana Aires, disse que o grupo está otimista com essa nova fase do time no estado.

“Isso representa mais jogos na nossa capital e mais movimento em toda rede hoteleira, aquecendo a economia e os negócios”, ressaltou. No entanto, ainda não é possível fazer uma estimativa precisa do impacto financeiro para o turismo.

Além disso, ela destaca que com a imunização da população por meio da vacina, consequentemente, chegará também o fim da pandemia e um movimento maior na capital.

“O Cuiabá poderá jogar contra grandes times brasileiros que têm torcidas fortes em todo o estado. Isso fará com que os torcedores do interior tenham a oportunidade de ver seus times atuando ao vivo e aproveitarem para passear pela Baixada Cuiabana. Além disso, torcidas organizadas de todo o país também podem vir para a capital”, explicou.

Em relação à recuperação do turismo neste ano, Jefferson vê com cautela a movimentação dos turistas. Para ele, esta retomada será gradual e os números só melhorarão significativamente em 2022.

“Temos uma campanha de vacinação em andamento, mas não sabemos quando ela será finalizada. Ainda vivemos uma pandemia e precisamos tomar todos os cuidados. Não acredito em um novo lockdown, mas em algumas restrições que visam preservar a saúde da população. Por isso, 2021 será um ano melhor que o anterior, mas ainda não retornaremos à movimentação que tínhamos pré-pandemia”, ressaltou.

Cuiabá Esporte Clube

De 2006 a 2008 por falta de recursos, o Cuiabá anunciou o licenciamento de suas atividades. Em 2009, o time retornou ao cenário do futebol disputando a segunda divisão e conquistando o vice-campeonato. Em 2003, ganhou o primeiro título do campeonato mato-grossense.

Já em 2014, o Cuiabá foi a final novamente, dessa vez contra o recém-promovido para a série B, Luverdense. As duas partidas foram vencidas pelo Dourado por 1 x 0.

Desde então, a equipe tem trabalhado para levar o tima à elite do futebol.

Neste ano, conquistando o 3° lugar no Brasileirão série B, o Dourado disputará o campeonato Brasileiro série A.

Faz 35 anos que Mato Grosso não tem sequer um representante na primeira divisão nacional. A última vez que isso aconteceu foi em 1986, com o Operário.

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Falha no pagamento de 4,3 mil contratados da Seduc é identificada; técnicos trabalham para corrigir

Publicado

Secom – MT

As Secretarias de Estado de Educação (Seduc) e de Planejamento e Gestão (Seplag) identificaram uma falha no processamento da folha de pagamento. O fato não irá prejudicar o pagamento dos servidores públicos efetivos, pensionistas, aposentados e comissionados.

A falha técnica ocasionou o erro no lançamento do salário de cerca de 4,3 mil servidores contratados da Seduc.

Esses funcionários da Educação irão receber o equivalente a 66% do valor total do salário, no pagamento que será efetuado na tarde desta sexta-feira (27.11), após as 18h.

Os técnicos das duas secretarias trabalham nesse momento para corrigir a falha de comunicação que ocorreu entre os sistemas da Seduc e da Seplag. Contudo, já informaram que o problema será solucionado em uma folha complementar, que deverá ser quitada nos próximos dias.

As duas secretarias lamentam o ocorrido e se esforçam para resolver a situação o mais rápido possível e ressaltam que os demais servidores não sofrerão qualquer problema no recebimento do salário.

Comentários Facebook
Leia mais:   Cuiabá sobe para a série A pela primeira vez e rede hoteleira prevê movimento no setor após o fim da pandemia
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana