conecte-se conosco


Brasileirão Série A

Com defesa mais vazada, Luccas Claro fala em "revolta" por falhas pontuais

Publicado

Luccas Claro (Foto: Gabriela Ribeiro)Zagueiro Luccas Claro afirma que o time têm dificuldade para manter a atenção e pede cuidado (Foto: Gabriela Ribeiro)

A maior dificuldade do Coritiba no Campeonato Brasileiro tem sido encaixar a defesa. Por erros individuais e coletivos, o time atingiu a marca negativa de pior defesa da competição, com 18 gols tomados em dez rodadas. No empate com o Internacional, a história se repetiu: o Alviverde sofreu um revés de uma cobrança de lateral. 

Para o zagueiro Luccas Claro, a falta de vitórias do Coritiba se dá justamente pela repetição dos mesmos erros. A desatenção é um dos motivos que o atleta levanta como possíveis causadores da má fase. 

? É um sentimento de revolta, sim, porque a equipe tem feito
grandes jogos e tomado gols bobos. É mais falta de atenção da nossa parte do
que qualidade do adversário. O Coritiba não está vencendo os jogos pelos erros pontuais. Já levamos gol neste campeonato por falha minha, por exemplo. Quem tem entrado, tem entrado muito bem. O que tem prejudicado são alguns lances isolados, de erros nossos, que não são por falta de ritmo de jogo, nem por questão de entrosamento. Temos é que neutralizar e minimizar os erros ? avaliou o defensor. 

No vestiário, o clima é de cobrança. Da mesma forma que o técnico Pachequinho e a comissão técnica têm insistido com os atletas, Luccas Claro afirma que os próprios jogadores estão cientes das falhas. O jogador, contudo, divide o problema não só com o setor defensivo, mas com os colegas de campo. 

? Nós nos cobramos bastante. Não só na defesa, mas o pessoal da frente também. Tem sido uma cobrança sincera, franca, sem transferir responsabilidade. É claro que temos essa pressão sim, não podemos fugir. O jogo vai ser difícil, mas a equipe mostrou qualidade, uma postura bem ofensiva e tem criado bastante. Respeito o Figueirense, mas temos que ir lá para ganhar o jogo ? disse o zagueiro, sobre o próximo adversário do Alviverde. 

 No Brasileiro de 2011, o Coritiba não começou bem, foi mal no primeiro turno. Mas o time chegou, na última rodada, dependendo de apenas uma vitória para ir para a Libertadores. Mesmo que seja difícil, não dá para duvidar

Luccas Claro, zagueiro do Coritiba

 Sobre o papel que tem assumido em campo, Luccas Claro afirma que todo o elenco tem aprendido com os mais experientes. O atleta, inclusive, lembrou de um bom retrospecto recente do Coritiba. 

? Não sou um dos mais velhos, mas quem cobra bastante essa atenção da gente é o Kleber. O Edinho também tem esse espírito de liderança, o Ceará também. São pessoas vencedoras na carreira. Passam confiança, mostram que é possível. No Brasileiro de 2011, o Coritiba não começou bem, foi mal no primeiro turno. Mas o time chegou, na última rodada, dependendo de apenas uma vitória para ir para a Libertadores. Mesmo que seja difícil, não dá para duvidar ? acredita. 

Na busca pela recuperação, o Coritiba entra a campo no próximo domingo, contra o Figueirense. Válida pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, a partida será disputada no Orlando Scarpelli, em Florianópolis, às 18h30 (horário de Brasília).

Veja outras declarações de Luccas Claro, na preparação para a partida contra o Figueirense:

Repetição de erros

“É difícil tomar gols que o Pacheco já tem nos alertados antes, que nós não podemos deixar acontecer. Já sabíamos antes da partida, mas infelizmente aconteceu mais uma vez. Quando se fala de gol sofrido, é a equipe toda que marca. Não é uma falha única e exclusiva da defesa. Para que o Coritiba volte a vencer no campeonato, as falhas têm que acabar”

Desempenho individual

“Acho que eu tenho condições de superar algumas marcas e chegar mais longe. No jogo, é questão de criar oportunidades, com entrega e dedicação. A forma como a equipe está encarando isso não me preocupa. Mas nós estamos errando muito e dando oportunidade do adversário de fazer gol”

Atletiba

“Sempre antes de um clássico, é feita essa pergunta sobre a preparação para o jogo. É claro que vir de uma vitória antes, dá ânimo, confiança e motivação para o jogo importante, mas primeiro temos que pensar no Figueirense. Já fiz alguns jogos pelo Coritiba no estádio deles. Propõem ritmo de jogo. Mesmo que seja fora, temos que ir lá para buscar um resultado. É claro que uma vitória, em primeiro momento, mas não podemos voltar para casa com derrota de jeito nenhum”

Figueirense x Coritiba (11ª rodada do Campeonato Brasileiro)
Local: Orlando Scarpelli, Florianópolis
Data e horário: domingo, às 18h30 (horário de Brasília)
Escalação provável: Wilson; Dodô, Luccas Claro, Juninho, Carlinhos ; João Paulo, Edinho, Ruy, Juan, Felipe Amorim; Kleber.
Desfalques: Benítez, González, Ceará (departamento médico) e Nery Bareiro (suspenso).
Pendurados: Dodô, Edinho e Ruy
Arbitragem: Elmo Alves Resende Cunha (GO), auxiliado por Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Vanderson Antonio Zanotti (ES)
Transmissão: Premiere
Tempo Real: a partir de 17h30 de domingo, no GloboEsporte.com

Confira mais notícias do esporte paranaense no globoesporte.com/parana

Comentários Facebook

Brasileirão Série A

Seleção Brasileira encerra preparação para amistoso contra República Tcheca

Publicado

Programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) também destacou a reta final dos principais campeonatos estaduais do país; ouça na íntegra

O programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) destacou o amistoso da Seleção Brasileira com a República Tcheca. Waldir Luiz, Márcio Guedes, Bruno Mendes e toda a nossa equipe também analisaram a reta final dos principais campeonatos estaduais do país e as principais notícias do esporte nacional e internacional.

Clique no player e ouça o programa na íntegra:

No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919.

Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.

Agencia Brasil
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Palmeiras volta a ter time feminino depois de 9 anos

Publicado

Repórter Lincoln Chaves trouxe todas as informações da preparação do Verdão para o Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino dentro do programa No Mundo da Bola desta quinta-feira (14); ouça na íntegra
Começa neste sábado (16) a sétima edição do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. E a Rádio Nacional traz uma série de matérias sobre a principal competição do futebol feminino no país. A terceira reportagem fala do Palmeiras e dos seus reforços para disputar a competição além do projeto da diretoria para a modalidade. O repórter Lincoln Chaves trouxe todas as informações do Verdão dentro do programa No Mundo da Bola desta quinta-feira (14).

Ouça no player abaixo:

O Palmeiras retorna ao feminino após nove anos. O time vai jogar em Vinhedo, cidade parceira do versão nesta edição.

A equipe foi apresentada em meados de fevereiro e é comandada pela treinadora Ana Lúcia Gonçalves.

O No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919. Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.
Tags: Palmeiras Futebol Feminino Brasileirão Feminino

Agência Brasil

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana