conecte-se conosco


Política

Com 19 equipes e novidades no regulamento, LNF chega à 21ª edição

Publicado

Minas e Assoeva abrem competição, que terá a volta dos pênaltis no mata-mata e o craque Falcão tentando o 10º título, depois de ter ficado fora da final do ano passado

Maior campeonato de futsal do país, a LNF (Liga Nacional de Futsal) inicia a sua 21ª edição nesta quinta-feira, quando Minas e Assoeva fazem o jogo único do dia às 20h, na Arena Minas, em Belo Horizonte. A partida abre a rodada, que terá ainda seis jogos na sexta, um no sábado e outro na segunda, com destaque para o clássico Jaraguá x Carlos Barbosa, com transmissão ao vivo do SporTV a partir das 21h30 desta sexta.

Final liga naciona de futsal: carlos barbosa (Foto: RICARDO ARTIFON)Carlos Barbosa é o atual campeão da LNF (Foto: Ricardo Artifon)

Por conta da desistência do São Paulo, que alegou problemas financeiros para disputar a edição deste ano, a LNF 2016 terá a participação de 19 equipes, incluindo o novato Marreco Futsal, de Francisco Beltrão-PR, que estreia em casa contra o Cascavel nesta sexta. Este ano o campeonato terá cinco fases, com os times jogando todos contra todos em turno único na etapa inicial. Os 16 melhores avançam ao mata-mata, sem a disputa da tradicional fase de grupos.

A grande mudança da temporada fica por conta do método de desempate nas fases eliminatórias, feito através das penalidades máximas, abolidas desde 2011. Até o ano passado, valia o índice técnico geral (ITG), que, desta vez, servirá apenas para traçar os confrontos nas quartas, semifinais e finais – o líder enfrenta o time de pior campanha e assim sucessivamente.

Dentre os 19 participantes da LNF 2016, apenas Carlos Barbosa, Jaraguá, Orlândia e Sorocaba já foram campeões. Antes patrocinado por uma marca de bebidas, o time sorocabano terá uniforme novo para a temporada, uma vez que mudou de parceiro. Outro time que vem repaginado para 2016 é o Joinville, que abandonou o seu tradicional azul, vermelho e branco e passará a usar a camisa do Joinville Esporte Clube, uma vez que as duas equipes firmaram parceria no fim do ano passado.

Leia mais:   Mais de três mil pessoas foram vacinadas no ponto instalado na Assembleia Legislativa
Simi, pivô do Sorocaba (Foto: Emilio Botta)Falcão terá a companhia de Simi no Sorocaba: camisa 12 tenta o 10º título pessoal da LNF (Foto: Emilio Botta)

O Corinthians será o único “clube de camisa” da LNF 2016. Ainda em busca do primeiro titulo, o Timão tentar superar um incômodo tabu, uma vez que foi eliminado nas semifinais das últimas seis edições do campeonato. Assim como em 2012, 2013 e 2014, o algoz de 2015 foi o Orlândia, que ficou com o vice-campeonato ao perder para o Carlos Barbosa na final.

O outro semifinalista do ano passado foi o Sorocaba, do craque Falcão. Recordista de títulos da LNF com nove canecos (1999, 2005, 2007, 2008, 2010, 2011, 2012, 2013 e 2014), o camisa 12 ficou de fora da semifinal pela primeira vez desde 2004. Para este ano, o Sorocaba vem com novidades. Saíram o ala Xuxa e o pivô Betão. Chegaram os pivôs Diego, ex-Jaraguá, e Simi, ex- Corinthians.

O Timão também passou por uma grande reformulação. Com um investimento menor em relação aos anos anteriores, o Alvinegro aposta na boa fase do goleiro Guitta, da seleção brasileira, e na experiência dos veteranos Índio e Vander Carioca, contratados para esta temporada. Da equipe do ano passado, saíram jogadores de nome, como o fixo Neto, e o ala Valdin, que jogará a LNF 2016 pela Assoeva.

Corinthians Orlândia Liga Paulista de futsal (Foto: Divulgação/Corinthians)Corinthians será o único “clube de camisa” na Liga Nacional de Futsal deste ano (Foto: Divulgação/Corinthians)

Outros jogadores de seleção brasileira que estarão em ação na LNF deste ano são: Gadeia, Gian, Cabreúva e Jackson (Orlândia), Dudu, Leco e Xuxa (Joinville), Dimas (Concórdia), Franklin (Jaraguá), Thiaguinho (Assoeva), Ciço (MInas), Zico, Murilo e Pito (Carlos Barbosa). Este último está de saída para o futsal espanhol após brilhar com a camisa da equipe laranja no ano passado.

Com cinco títulos, o Carlos Barbosa é o maior campeão da LNF, seguido pelo Jaraguá, com quatro, e o Ulbra, com três. Atlético-MG e Orlândia somam dois troféus cada. Internacional, Vasco, Santos e Sorocaba foram campeões uma vez. Confira o histórico da Liga Nacional de Futsal:

Leia mais:   Projeto de lei autoriza concessão de Vale-Gás pelo Executivo

1996 – Campeão: Internacional; vice: Vasco-RS
1997 – Campeão: Atlético-MG; vice: Ulbra
1998 – Campeão: Ulbra; vice: Carlos Barbosa
1999 – Campeão: Atlético-MG; vice: Rio Miécimo
2000 – Campeão: Vasco; vice: Atlético-MG
2001 – Campeão: Carlos Barbosa; vice: Ulbra
2002 – Campeão: Ulbra; vice: Minas
2003 – Campeão: Ulbra; vice: Carlos Barbosa
2004 – Campeão: Carlos Barbosa; vice: Ulbra
2005 – Campeão: Jaraguá; vice: Atlântico Erechim
2006 – Campeão: Carlos Barbosa; vice: Jaraguá
2007 – Campeão: Jaraguá; vice: Joinville
2008 – Campeão: Jaraguá; vice: Ulbra
2009 – Campeão: Carlos Barbosa; vice: Jaraguá
2010 – Campeão: Jaraguá; vice: Marechal Rondon
2011 – Campeão: Santos; vice: Carlos Barbosa
2012 – Campeão: Orlândia; vice: Joinville
2013 – Campeão: Orlândia; vice: Concórdia
2014 – Campeão: Sorocaba; vice: Orlândia
2015 – Campeão: Carlos Barbosa; vice: Orlândia

jogos da primeira rodada da lnf 2016

14/04 (qui) – 20h – Belo Horizonte – Minas x Assoeva
15/04 (sex) – 21h30 – Jaraguá do Sul (SC) – Jaraguá x Carlos Barbosa (com SporTV)
15/04 (sex) – 20h15 – São José dos Campos (SP) – São José x Floripa
15/04 (sex) – 20h15 – Francisco Beltrão (PR) – Marreco x Cascavel
15/04 (sex) – 20h15 – Concórdia (SC) – Concórdia x Umuarama
15/04 (sex) – 20h15 – Joinville (SC) – Joinville x Guarapuava
15/04 (sex) – 20h15 – Tubarão (SC) – Tubarão x Corinthians
16/04 (sáb) – 20h – Erechim (RS) – Atlântico Erechim x Alaf
18/04 (seg) – 19h15 – Marechal C. Rondon (PR) – Marechal Rondon x Sorocaba (com SporTV)

Comentários Facebook

Política

Dr. Gimenez destaca importância do Programa Ser Família Emergencial à Região Oeste

Publicado


Deputados Dr. Gimenez e Valmir Moretto

Foto: Rose Domingues Reis / Gabinete do deputado Dr. Gimenez

Foto: Rose Domingues Reis / Gabinete do deputado Dr. Gimenez

Em agenda em Pontes e Lacerda nesta sexta-feira (07), o deputado estadual Dr. Gimenez (PV) destacou a importância do Programa Ser Família Emergencial que vai contemplar aproximadamente 12,6 mil famílias dos 22 municípios da Região Oeste de Mato Grosso.

Esta é mais uma ação conjunta do Governo do Estado com o parlamento estadual no enfrentamento à pandemia. “Participei com orgulho da entrega simbólica dos cartões a algumas famílias beneficiárias em Pontes e Lacerda que estão passando por extrema necessidade, esse recurso vai garantir alimento à mesa do cidadão”, comemorou.

A cerimônia de entrega de cartões de auxílio a 349 famílias ocorreu na Câmara Municipal de Vereadores, com a presença do secretário de Estado de Segurança Pública (Sesp), Alexandre Bustamante, do deputado estadual Valmir Moretto, do prefeito Alcino Barcelos, dos vereadores e demais autoridades de Pontes e Lacerda.

“Nossa primeira-dama Virginia Mendes está de parabéns pela iniciativa, que contou com o apoio irrestrito dos 24 deputados. Como recurso assegurado pelo governo e o parlamento, vamos disponibilizar o auxílio de R$ 150 às famílias pelos próximos três meses”, acrescentou Dr. Gimenez.

Leia mais:   Pessoas com autismo deverão ser cadastradas pelo governo de MT

Também nesta sexta-feira, a equipe do Dr. Gimenez participou da entrega de cartões às famílias em outros municípios da região, entre eles, Mirassol D’Oeste e Curvelândia, onde 1.194 famílias serão contempladas, segundo a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc).

“Estamos muito felizes com o apoio do Governo e da primeira-dama a Mirassol D’Oeste, porque estamos vivendo um momento bastante difícil, de crise econômica, de saúde pública e as prefeituras realmente não têm condições de fazer frente a tantas demandas, toda ajuda é bem-vinda”, agradeceu o prefeito Héctor Alvares Bezerra.

No total, 100 mil famílias em situação de pobreza e extrema pobreza serão atendidas pelo Programa Ser Família Emergencial, em todos os 141 municípios. Do total de R$ 45 milhões investidos, R$ 10 milhões são do Legislativo, que devolverá parte do duodécimo de 2021. Além disso, a Casa de Leis pretende distribuir cerca de 30 mil sacolões de alimentos para famílias de baixa renda no estado.

O parlamento estadual vem atuando de maneira proativa no enfrentamento à pandemia da Covid-19, com a aprovação de mais de 50 leis e investimentos que superam R$ 34 milhões. Em 2020, foram mais de R$ 14 milhões, dos quais R$ 10 milhões para abertura de novos leitos de UTI para pacientes Covid e R$ 4 milhões doados aos hospitais filantrópicos, entre eles, o Hospital de Câncer.

Leia mais:   Mais de três mil pessoas foram vacinadas no ponto instalado na Assembleia Legislativa

Ser Família Emergencial – Confira o número de famílias beneficiadas na Região Oeste, segundo a Setasc: Araputanga (729), Cáceres (5.331), Campos de Júlio (579), Comodoro (574), Conquista D’Oeste (140), Curvelândia (242), Figueirópolis D’Oeste (89), Glória D’Oeste (291), Indiavaí (24), Jauru (180), Lambari D’Oeste (416), Mirassol D’Oeste (952), Nova Lacerda (335), Porto Espiridião (190), Reserva do Cabaçal (195), Rio Branco (231), Salto do Céu (66), São José dos Quatro Marcos (453), Sapezal (152), Vale do São Domingos (202), Vila Bela da Santíssima Trindade (615).

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política

Botelho destaca importância de projeto que garante certificação de qualidade dos alimentos artesanais

Publicado


A sessão plenária desta semana foi marcada pela aprovação do projeto de lei 51/19 que estabelece a necessidade de criação de mecanismos para a certificação de qualidade dos alimentos artesanais produzidos pelas microempresas e pela agricultura familiar. De autoria do primeiro-secretário da Mesa Diretora, deputado Eduardo Botelho (DEM), a proposta vai ajudar os pequenos produtores, já que engloba produtos alimentícios artesanais produzidos com características tradicionais, culturais e regionais.
“Aprovamos essa lei sobre os produtos de microempresas e artesanais, para facilitar e que possam colocar nos mercados para comercializar. É uma proposta que vai ajudar muito, especialmente a agricultura familiar, aquele que produz o frango caipira, o doce caseiro. Enfim, vai ajudar muito. É mais uma atitude nossa em favor dos pequenos produtores e artesãos. É isso que estamos fazendo para ajudar os que precisam!”, afirmou Botelho, ao destacar a parceria com o deputado Wilson Santos (PSDB). 
Objetivo, segundo o parlamentar, é incentivar a agricultura familiar tradicional e o processo produtivo artesanal, preservando suas características conforme a cultura regional e a atividade produtiva de microempresas e da agricultura familiar. Aguardando a sanção do governador Mauro Mendes, a nova lei determina também o estabelecimento de critérios de qualidade, garantindo a segurança alimentar.

Leia mais:   Em estreia na presidência da Comissão de Indústria, Comércio e Turismo, Kardec defende industrialização sustentável
Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana