conecte-se conosco


Esportes

Circuito de Tênis começa nesta quarta em Cuiabá

Publicado

A previsão é de que os enfrentamentos ocorram no período noturno, de quarta (22) até sexta (24), integral, no sábado (25), e as finais no matutino, no domingo (26)

A 8ª etapa do Circuito Estadual de Tênis, competição organizada pela Federação Mato-grossense de Tênis (FMTT), começa nesta quarta-feira (22) e segue até domingo (26.06), no Cuiabá Tênis Clube, na capital de MT, fase com 147 inscrições registradas e promovida pelo torneio 2ª Copa Borges Veículos. E, dentre as partidas, os confrontos mais esperados podem acontecer entre Rivaldo Barbosa e Matheus Domingos, Vinícius Furquimm e Tiago Castro, Flávio Muller e Teófilo Barros Jr e Maria Mendes e Maralice Lopes.

Na 1ª Classe até 34 anos, a categoria mais disputada do tênis mato-grossense, Rivaldo Barbosa lidera o ranking estadual com 410 pontos e com uma elástica folga do vice-líder, Bryan Kuntz aos 210 pontos. E como Kuntz não se inscreveu nesta etapa, Barbosa deve avançar ainda mais na ponteira do circuito. Tendo Matheus Domingos Denti (8º lugar/ 80 pontos) como adversário mais proeminente para este torneio específico.

Leia mais:   Cuiabá sobe para a série A pela primeira vez e rede hoteleira prevê movimento no setor após o fim da pandemia

Na 2ª Classe, a segunda principal categoria da modalidade, Vinícius Furquimm (2º do ranking) com 210 e Tiago Castro (3º lugar) com 200 pontos são os inscritos melhores classificados no rankeamento. O líder, Igor Gabriel Lima, de Primavera do Leste, com 300 pontos, ficará de fora da fase. Mas, no calcanhar deles, estarão presentes Mateus Sampaio (6º) com 160 e Kaue Noatto (7º empatado) com Salomão Cezar Carneiro (7º) com 150 pontos.

Na 1ª Classe acima de 34 anos, o embate entre Flávio Muller (1º com 420) e Teófilo Barros Junior (2º com 360 pontos) promete uma disputa acirrada e fortes emoções, caso o chaveamento favoreça o encontro. Ambos estão hegemônicos nessa categoria e tem se encontrado nas finais da classe e, no ano passado, Barros Jr foi o campeão estadual geral e Muller o vice-campeão. E na lanterna dos dois está o tenista Pedro Nunes (3º) com 200 pontos.

Na 1ª Classe Feminina, Maria do Carmo Mendes (1ª) com 350 pontos e Maralice Lopes (2ª) com 230 encabeçam como favoritas ao título do torneio e do ranking 2016. Aos 53 anos de idade, Maria Mendes, a campeã estadual geral de 2015, enfrenta e conquista vitórias em cima de tenistas com faixa etária de 17 a 38 anos. Com chances de um título de bicampeão estadual.

Leia mais:   Cuiabá sobe para a série A pela primeira vez e rede hoteleira prevê movimento no setor após o fim da pandemia

Classe Especial

De acordo com o vice-presidente da FMTT, Wallace Romio, essa próxima etapa do Circuito de Tênis terá uma categoria extra exclusiva para os profissionais da modalidade, chamada de 1ª Classe Pro e com premiação em dinheiro. Nela estão inscritos tenistas profissionais, como os professores Ariovaldo Custódio, Robson Nunes e Emerson de Souza. E, além deles, outros prodígios regionais como Mathaus Spiering, Carlos Fernandes Neto, Lucas Lima e Walter Storck Jr. Com entrada gratuita para o público em todos os jogos do torneio.

Serviço

O Cuiabá Tênis Clube fica localizado na Rua Trinidade e Tobago, nº 375, bairro Jardim Califórnia, em Cuiabá. A previsão é de que as partidas começam às 18h. E para mais informações o contato da sede do torneio é (65) 3634-3308.

Junior Martins / assessoria FMTT

Comentários Facebook

Campeonato Brasileiro de Futebol

Cuiabá sobe para a série A pela primeira vez e rede hoteleira prevê movimento no setor após o fim da pandemia

Publicado

G1 MT

A ascensão do Cuiabá Esporte Clube para a série A do campeonato brasileiro pela primeira vez e um possível fim da pandemia com a chegada das vacinas podem reaquecer o turismo na capital e na rede hoteleira a partir deste ano.

Apesar de ter pedido o jogo por 3 a 1, o Cuiabá subiu para a série A, porque o CSA empatou com o Brasil – RS numa partida realizada um pouco antes.

A diretora de marketing da rede de Hotéis Mato Grosso, Adriana Aires, disse que o grupo está otimista com essa nova fase do time no estado.

“Isso representa mais jogos na nossa capital e mais movimento em toda rede hoteleira, aquecendo a economia e os negócios”, ressaltou. No entanto, ainda não é possível fazer uma estimativa precisa do impacto financeiro para o turismo.

Além disso, ela destaca que com a imunização da população por meio da vacina, consequentemente, chegará também o fim da pandemia e um movimento maior na capital.

“O Cuiabá poderá jogar contra grandes times brasileiros que têm torcidas fortes em todo o estado. Isso fará com que os torcedores do interior tenham a oportunidade de ver seus times atuando ao vivo e aproveitarem para passear pela Baixada Cuiabana. Além disso, torcidas organizadas de todo o país também podem vir para a capital”, explicou.

Em relação à recuperação do turismo neste ano, Jefferson vê com cautela a movimentação dos turistas. Para ele, esta retomada será gradual e os números só melhorarão significativamente em 2022.

“Temos uma campanha de vacinação em andamento, mas não sabemos quando ela será finalizada. Ainda vivemos uma pandemia e precisamos tomar todos os cuidados. Não acredito em um novo lockdown, mas em algumas restrições que visam preservar a saúde da população. Por isso, 2021 será um ano melhor que o anterior, mas ainda não retornaremos à movimentação que tínhamos pré-pandemia”, ressaltou.

Cuiabá Esporte Clube

De 2006 a 2008 por falta de recursos, o Cuiabá anunciou o licenciamento de suas atividades. Em 2009, o time retornou ao cenário do futebol disputando a segunda divisão e conquistando o vice-campeonato. Em 2003, ganhou o primeiro título do campeonato mato-grossense.

Já em 2014, o Cuiabá foi a final novamente, dessa vez contra o recém-promovido para a série B, Luverdense. As duas partidas foram vencidas pelo Dourado por 1 x 0.

Desde então, a equipe tem trabalhado para levar o tima à elite do futebol.

Neste ano, conquistando o 3° lugar no Brasileirão série B, o Dourado disputará o campeonato Brasileiro série A.

Faz 35 anos que Mato Grosso não tem sequer um representante na primeira divisão nacional. A última vez que isso aconteceu foi em 1986, com o Operário.

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Falha no pagamento de 4,3 mil contratados da Seduc é identificada; técnicos trabalham para corrigir

Publicado

Secom – MT

As Secretarias de Estado de Educação (Seduc) e de Planejamento e Gestão (Seplag) identificaram uma falha no processamento da folha de pagamento. O fato não irá prejudicar o pagamento dos servidores públicos efetivos, pensionistas, aposentados e comissionados.

A falha técnica ocasionou o erro no lançamento do salário de cerca de 4,3 mil servidores contratados da Seduc.

Esses funcionários da Educação irão receber o equivalente a 66% do valor total do salário, no pagamento que será efetuado na tarde desta sexta-feira (27.11), após as 18h.

Os técnicos das duas secretarias trabalham nesse momento para corrigir a falha de comunicação que ocorreu entre os sistemas da Seduc e da Seplag. Contudo, já informaram que o problema será solucionado em uma folha complementar, que deverá ser quitada nos próximos dias.

As duas secretarias lamentam o ocorrido e se esforçam para resolver a situação o mais rápido possível e ressaltam que os demais servidores não sofrerão qualquer problema no recebimento do salário.

Comentários Facebook
Leia mais:   Cuiabá sobe para a série A pela primeira vez e rede hoteleira prevê movimento no setor após o fim da pandemia
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana