conecte-se conosco


Cáceres e Região

Central de Atendimento de Covid passa atender 24 horas por dia em Cáceres

Publicado

Quarenta e cinco profissionais de saúde, entre médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e fisioterapeutas, revezam na prestação se serviços, 24 horas por dia, na Central de Atendimento do Covid, em Cáceres. Apesar do aumento de casos, nos últimos dias, os cuidados e o tratamento precoce realizados na Central de Atendimentos tem evitado a evolução da doença e, consequentemente, óbitos de pacientes.

O atendimento 24 horas por dia foi determinado pela administração municipal, como uma das principais ações de enfrentamento ao Covid.

Além de profissionais de saúde, a Central de Atendimentos dispõe de medicamentos e equipamentos, como aparelhos respiradores, oxigênio, máscaras, entre outros, para tratamento da população. Inclusive, com medicações endovenosas. Conforme a Secretaria Municipal de Saúde, uma média de 140 pessoas estão sendo atendida diariamente na unidade.

“A evolução dos sintomas do coronavirus é muito rápida. Mas, o enfrentamento, em Cáceres, principalmente, com o atendimento 24 horas por dia, na Central da Covid, também está sendo a altura” avalia a coordenadora Wanderly Muniz, explicando que “na central o paciente é estabilizado e regulado para os hospitais credenciados”.

Leia mais:   'Maratona de jornalismo cultural' traz palestras, debates e oficinas onlines e gratuitas

A técnica ressalta que a proposta da administração municipal é, exatamente, evitar que pacientes com sintomas gripais e outros relacionados a Covid, procurem a Unidade de Pronto Atendimento – UPA.

“A Central de Atendimentos ao Covid é para atender os pacientes do Covid. A intenção é evitar que pessoas com sintomas ou até mesmo com casos comprovados da contaminação, procurem a UPA. Para que não se misturem com pacientes como gestantes, cardíacos, acidentados e de outras morbidades Daí a importância da criação da central”.

A exemplo dos demais estados e municípios do país, em Cáceres, aumentaram o número de infectados após as festividades de fim de ano. De acordo com apontamentos da Central de Covid, uma média de 140 pessoas, com sintomas da doença estão sendo atendimentos diariamente.

Desde o início da pandemia, conforme a Secretaria Municipal de Saúde, o maior pico da doença aconteceu no mês de setembro do ano passado. No referido mês foram realizados 2.744 atendimentos. O mês com o menor número de atendimentos foi novembro, com 752 atendimentos. No mês de dezembro foram 1.472. E, só nos primeiros 12 dias de janeiro já foram atendidos 1.076 pacientes.

Leia mais:   Prefeita Eliene entrega resfriadores de leite para Associação de Pequenos Produtores

“Já passamos o pico do Natal. Agora estamos vivendo o pico do Ano Novo. Já chegamos a atender, em um único dia 7 pessoas da mesma família” revela a coordenadora recomendando para que a população mantenha os cuidados e as normas de segurança orientadas pelos órgãos de saúde, como evitar aglomerações, o uso de máscaras e a higienização das mãos com álcool em gel.

(Informe Publicitário)

Assessoria

Comentários Facebook

Cáceres e Região

OAB-MT apura denúncias de tortura na Cadeia Pública de Cáceres

Publicado

Assessoria
A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) e a Subseção de Cáceres, por meio da sua Comissão de Direitos Humanos, apuram denúncias de tortura contra presos na Cadeia Pública de Cáceres.
Segundo o conselheiro estadual João Mário Maldonado, as denúncias foram feitas por familiares de encarcerados. Nesta quarta-feira (24), ao lado do presidente da subseção, Fábio de Sá e da Comissão de DH, Daniel Bretas, integrou comitiva para vistoria na unidade prisional.
“Avaliamos também a situação das instalações. Estão muito bem conservadas, porém, identificamos um caso de um detento que apresentava marcas de bala de borracha. Ele nos disse que teria sido alvejado pela polícia penal, sem motivo”, conta Maldonado. O defensor público Diego Rodrigues Costa também esteve presente.
“A vistoria foi determinada pela juíza da Vara de Execuções Penais, Helícia Vitti Lourenço. Temos que agradecer sua iniciativa. E também, o apoio que temos tido da Defensoria Pública, atuando em conjunto”.
O conselheiro estadual informou ainda que todas as denúncias serão rigorosamente apuradas, com a participação da OAB-MT e se acaso houver veracidade, será instaurado procedimento administrativo e criminal para apurar as responsabilidades. O Ministério Público também está incluído no grupo.
O presidente da OAB-MT, Leonardo Campos ressaltou que “a OAB-MT contribuirá com a apuração das denúncias e se for necessário, para que eventuais responsáveis sejam punidos exemplarmente na forma da lei”.
Comentários Facebook
Leia mais:   Dr. Leonardo pede para Governo Federal reduzir importação de leite
Continue lendo

Cáceres e Região

Chuva não dá trégua no fim de semana em Mato Grosso

Publicado

Assessoria GD

O fim de semana em Mato Grosso será de muita chuva, mas, também, de muito calor. Em Cuiabá, a temperatura máxima chega aos 35º C, mesmo com a previsão de mais de 70% de chance de chuva até domingo (28).

Na Capital, esta sexta-feira (26) será de pancadas de chuva durante todo o dia, com mínima de 24º C e máxima de 33º C. No sábado (27), os termômetros marcam entre 25º C e 35º C, com 80% de chance de chuva. O domingo terá temperaturas entre 24º C e 32º C.

Em Chapada dos Guimarães (67 km ao norte de Cuiabá), a temperatura é amena nesta sexta-feira, com mínima de 20º C e máxima de 28º C, além de muita chuva o dia inteiro e também à noite. No domingo a mínima é de 19º C, com 60% de chances de chuva.

Rondonópolis (212 km ao sul) também fica nos 70% de chance de chuva no fim de semana, com temperaturas entre os 21º C e os 34º C. A previsão é de dias nublados, com pancadas de chuva que se estendem até a noite.

Leia mais:   Dr. Leonardo pede para Governo Federal reduzir importação de leite

A Capital do Nortão, Sinop (500 km ao norte), amanheceu nesta sexta-feira com o céu nublado e tem máxima de 23º C. No fim de semana a temperatura oscila entre os 22º C e os 28º C, com 80% de chance de chuva no domingo.

Cáceres (225 km a oeste) também terá bastante chuva no fim de semana, com mínima de 24º C e máxima de 35º C. Na sexta-feira e sábado a chance de chuva chega aos 80% e no domingo a 60%.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana