conecte-se conosco


Cáceres e Região

Câmara aprova várias indicações da vereadora Mazhé em defesa da Educação

Publicado

Assessoria

     Na Sessão Plenária de 29 de novembro de 2021, a Vereadora Mazéh Silva (PT) apresentou como atividade parlamentar semanal 2 indicações, fez a entrega de 1 moção de aplausos e articulou junto a classe de professores municipais para que estes comparecessem na sessão para pedir apoio aos demais legisladores  quanto a proposta da utilização das sobras do FUNDEB como remuneração adicional aos professores, como previsto em lei.
    Indicou a Reposição de areia nos parquinhos recreativos das escolas municipais da educação infantil e creches. De acordo com a parlamentar “nas escolas de educação infantil e creches do município de Cáceres, há a instalação de parquinhos com caixa de areia, porém esta precisa de reposição regular, tendo em vista que a areia se espalha ao ser usada para este fim recreativo sendo ainda mais agravado pela chuva que leva a areia do parquinho através da água. Esta indicação a prefeitura municipal e SME se dá pelo zelo em manter a educação infantil de nosso município com qualidade.”

Indicou também a Prefeitura de Cáceres, Aquisição de Máquina para fabricação de Fraldas e Absorventes. Disse que a pobreza menstrual é caracterizada pela falta de acesso a recursos, infraestrutura e até conhecimento por parte de pessoas que menstruam para cuidados envolvendo a própria menstruação. E, que afeta brasileiras que vivem em condições de pobreza e situação de vulnerabilidade em contextos urbanos e rurais, por vezes sem acesso a serviços de saneamento básico, recursos para higiene e conhecimento mínimo do corpo. Os resultados demonstram negligência e falta de acesso a direitos em boa parte do País (Fonte: UNICEF).

Leia mais:   Com 50 testes positivo surto de covid suspende curso de formação de policiais penais em Mato Grosso
    Declaraou Mazhé“a Prefeitura Municipal de Cáceres, a exemplo de outros municípios e iniciativas por todo o Brasil, deve garantir a implementação de políticas públicas com o objetivo de combater a pobreza menstrual. Destaco ainda que desde que iniciamos o mandato que temos discutido esse assunto e provocado o poder executivo municipal, que por sua vez não nos deu devolutiva ignorando o assunto, não dando resposta até a presente data. Ainda defendendo esta pauta tão urgente que indicamos a Prefeitura de Cáceres a compra de máquinas capazes de fabricar fraldas e absorventes, a serem distribuídas de modo gratuito ou a custo simbólico. As máquinas de fabricação ainda iriam fomentar o trabalho de mulheres em cooperativas, associações, grupos, coletivos e até com mulheres internas de unidades prisionais, promovendo inclusão social e a combatendo a pobreza menstrual, problema que afeta nossas meninas e mulheres mais vulneráveis”.

Ainda por intermédio e convite do mandato da Vereadora Mazéh Silva a Eng Agrônoma Cidinha da FASE, como é carinhosamente conhecida, utilizou a Tribuna Livre para discursar sobre os 60 Anos da instituição completados neste mês de novembro. Ocorreu também a entrega da moção de aplausos a FASE indicada por Mazéh a mesa diretora da CMC. A Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional é uma associação brasileira, com sede central no Rio de Janeiro fundada em 1961 e que é a mais antiga ONG do Brasil em atividade. A ONG desenvolve, acompanha e apoia projetos de organização e desenvolvimento local, comunitário e associativo.

Leia mais:   Mulher de 22 anos que saiu de Cáceres é presa dentro de ônibus na rodoviária de Cuiabá transportando cocaína

A convite da vereadora Mazéh que discursando em plenário prestou seu apoio a classe de professores e professoras do município, ela que também é professora municipal. A Sessão plenária houve forte participação dos educadores do município que estão a requerer da Prefeitura que a sobra do orçamento anual do FUNDEB seja rateado entre os mesmos, como  previsto no Art. 22 da Lei Federal nº 11.494, de 20 de junho de 2007, que determina a destinação de pelo menos 60% dos recursos do FUNDEB ao pagamento dos profissionais do magistério da Educação Básica em efetivo exercício.

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Mulher de 22 anos que saiu de Cáceres é presa dentro de ônibus na rodoviária de Cuiabá transportando cocaína

Publicado

Por – Pedro Coutinho Bertolini
   Investigadores da Polícia Judiciária Civil (PJC) interceptaram operação de tráfico de drogas na Rodoviária de Cuiabá, na noite de sexta-feira (14). Na ação, os policiais prenderam Carolina Fernanda Camargo de Arruda, de 22 anos, que estava dentro de um ônibus que partiria da Capital para Cáceres, em posse de dois tabletes de cocaína.
     Carolina confessou o crime e alegou aos agentes que a droga era do traficante com alcunha de “Max”, sujeito gordo e com os braços tatuados e portador de tornozeleira eletrônica. A abordagem da mulher aconteceu dentro do veículo de passageiros, exatamente na poltrona 21, na plataforma 12 da rodoviária.
    A suspeita confessou que veio de Cáceres para buscar a droga e que recebeu R$ 500 pelo trabalho. A cocaína estava dentro de uma bolsa, nos pés da menor, abaixo da poltrona do ônibus. No momento da prisão, a suspeita gritou com a equipe, sendo necessário uso de força moderada para contê-la.

Leia mais:   Projetos de Franco Valério para 2022 visam criação de emprego a população

Ela foi conduzida para a delegacia para as providências cabíveis ao caso. A droga, proveniente de Max, foi buscada pela suspeita em Várzea Grande, numa casa localizada no Bairro Cristo Rei. No endereço, os policiais encontraram apenas alguns moveis como geladeira, TV e fogão.

Além disso, garrafas de bebidas alcoólicas, indicando presença de pessoas no local recentemente. Porém, no momento das buscas, o imóvel estava sem presença de moradores.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Polícia Civil apreende cargas de madeira extraída ilegalmente de terras indígenas em Comodoro

Publicado

Por PJC/MT
      Agentes da Delegacia de Comodoro apreenderam na sexta-feira (14.01) duas cargas de madeira extraídas ilegalmente na região. Uma das cargas, da espécie itaúba, foi retirada de uma reserva indígena. A equipe de investigação tomou conhecimento de um acidente envolvendo dois caminhões. Um deles transportava madeira com características de itaúba.
       No local, os policiais civis constataram que a madeira já havia sido retirada por outro caminhão. Em diligências para localizar o destino da madeira e o veículo, os investigadores localizaram um caminhão Mercedes Benz azul estacionado em frente a uma residência que correspondia às características informadas.
       Ao indagar o motorista sobre a carga que havia no caminhão, ele imediatamente confessou que se travava de 30 dúzias de toras de itaúba, extraídas de uma reserva indígena próximo à localidade Padronal, no norte de Comodoro. O veículo e a carga foram apreendidos e levados até a delegacia.
Segunda carga 

Os policiais checaram que a carga apreendida, embora fosse ilícita, não correspondia à madeira cujo caminhão se acidentou. Em continuidade às diligências, foi possível chegar ao motorista e ao dono da carga de madeira que havia tombado na rodovia.

Leia mais:   Débitos de IPVA e ICMS em dívida ativa podem ser pagos com até 95% de desconto nos juros e multas
     Em depoimento, o motorista disse que a madeira foi deixada à beira de uma estrada, na zona rual, a 28 quilômetros de Comodoro. A carag de madeira, lascas para construção de cercas, foi localizada e apreendida.
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana