conecte-se conosco


Botafogo

Botafogo perde força no meio-campo e tenta se reinventar como equipe

Publicado

 

Nos primeiros minutos já foi possível notar algo diferente. O Botafogo deste domingo não foi aquele que se impôs e dominou o Fluminense em outros três encontros anteriores deste ano. Ao contrário das partidas prévias, o time de Ricardo Gomes não sufocou o adversário. Pelo contrário, viu-se envolvido pela equipe de Levir Culpi e perdeu por 1 a 0. O problema estava no meio de campo.

O Botafogo, deste domingo, foi frágil no setor. Se não teve pegada na marcação, também pecou na criação. Faltaram velocidade e inspiração nos contra-ataques. Os desfalques pesaram. Sem Airton e, principalmente, Rodrigo Lindoso, Ricardo Gomes se viu obrigado a recuar Fernandes para atuar ao lado de Bruno Silva. O time perdeu poder de marcação.

Novidade para o clássico, Marquinho sentiu a responsabilidade e não rendeu. Sem alguém para ajudar na criação, Leandrinho ficou sobrecarregado. Bem marcados, os laterais Luis Ricardo e Victor Luis não encontraram espaços para avançar.

– Hoje tivemos dificuldades no meio de campo no primeiro tempo e depois não conseguimos dominar o meio de campo. Dominamos o meio de campo em três partidas contra o Fluminense. Hoje foi diferente – lamentou Ricardo Gomes, após a partida.

Fluminense x Botafogo em Volta Redonda (Foto: André Durão)Meio de campo do Botafogo não mostrou a mesma força das partidas anteriores (Foto: André Durão)

Fato é que, principalmente por conta dos problemas de lesões, o Botafogo mudou sua maneira de jogar. Nos cinco primeiros meses da temporada, a força da equipe de Ricardo Gomes esteve concentrada na forte marcação no meio de campo e, consequentemente, em uma defesa sólida. Sem Lindoso e Airton, que ficarão fora por mais alguns jogos, o time terá de se reinventar. A solução talvez esteja na chegada de Dudu Cearense. O volante, ex-Fortaleza, se apresenta nesta segunda-feira.

Ao notar que seu meio de campo era dominado pelo Fluminense, Ricardo Gomes ousou no intervalo e mudou a cara do time. Sacou Marquinho e Leandrinho, recuou Salgueiro e lançou Sassá e Neilton abertos no ataque, com Ribamar centralizado. Não deu certo.

A formação, treinada na véspera do clássico, desmoronou com o gol de Fred, em falha de Emerson, logo aos seis minutos da etapa final. Com a vantagem, o Fluminense se fechou e neutralizou o Botafogo, que não finalizou sequer uma vez com perigo ao gol de Diego Cavalieri. Com o jogo nas mãos, o Tricolor poderia até ter aumentado a vantagem os contra-ataques. Com tantos problemas médicos, Ricardo Gomes terá de achar rapidamente uma nova fórmula para os próximos jogos.

Fonte: Globo Esporte

Comentários Facebook

Botafogo

Bota abre negociações com Cruzeiro. "Vendo o que pode fazer", diz Neilton

Publicado

Neilton, Botafogo (Foto: Marcelo Baltar)Neilton, Botafogo (Foto: Marcelo Baltar)

O Botafogo quer ficar com Neilton para disputar a Libertadores em 2017. A diretoria já procurou o empresário do jogador, Hamilton Bernard, para abrir negociações com o Cruzeiro, clube onde o atacante tem mais um ano de contrato. A multa rescisória é alta, mas valores não foram revelados, e a Raposa não aceitaria um novo empréstimo para não perder o atleta de graça ao fim do vínculo. A negociação é considerada difícil, mas não impossível.

Em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira, Neilton admitiu que os contatos entre as diretoria já começaram. E o atacante não esconde qual é o seu desejo.

? Já está sendo conversado. Prioridade é do Botafogo, está vendo o que pode fazer para me manter. Espero que dê tudo certo e eu fique. É inexplicável. A minha felicidade fala tudo. Passei momentos de dificuldades. Aqui no Botafogo reencontrei minha felicidade, meu futebol e espero dar continuidade a esse trabalho.

Em instantes, outras informações.


Comentários Facebook
Continue lendo

Botafogo

Empresário assume carreira de Sidão, prioriza Botafogo e revela sondagens

Publicado

Sidão, Botafogo (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)Abre o olho! Botafogo já negocia para manter Sidão em 2017 (Foto: Vitor Silva / SSPress / Botafogo)

O bom momento e a grande visibilidade levaram Sidão a procurar um profissional para ajudá-lo na gestão de sua carreira. Fábio Mello, empresário de jogadores como Réver (Flamengo) e Victor (Atlético-MG), acertou recentemente com o goleiro do Botafogo e assumiu as rédeas das conversas de renovação com o clube carioca. 

Sidão, que vinha conversando pessoalmente com o gerente Antônio Lopes, tem contrato com o Audax até o término do Campeonato Paulista e está emprestado ao Botafogo até dezembro. Em um primeiro momento, o clube carioca ofereceu um novo vínculo de um ano. O goleiro planeja renovar até o fim de 2018. Segundo o empresário, Sidão recebeu sondagens, mas a prioridade é do clube carioca. 

? Os resultados conquistados não são por acaso. O fato de ser o melhor goleiro do segundo turno gera muita especulação e interesse de vários clubes, mas o objetivo agora é manter o foco total nesta reta final de Campeonato Brasileiro. Vamos dar a tranquilidade necessária para ele buscar as melhores oportunidades, mas é claro que a preferência é do Botafogo por ter acreditado no Sidão desde o início ? disse Fábio Mello. 

O Botafogo planeja renovar logo com o goleiro, não quer arrastar as tratativas, mas evita falar em negociações no momento em que o clube está buscando uma vaga na Libertadores. Sidão, no entanto, não esconde que seu desejo é seguir em General Severiano. 

Sempre falei da minha vontade de renovar com Botafogo, todos sabem do meu carinho pelo clube”
Sidão, goleiro do Botafogo

? Sempre falei da minha vontade de renovar com Botafogo, todos sabem do meu carinho pelo clube. Mesmo com o contrato terminando em dezembro, meu foco é classificar o clube para Libertadores para que 2017 seja novamente um grande ano ? afirmou Sidão. 

Contratado em maio após se destacar na campanha que terminou com o vice-Campeonato Paulista pelo Audax, Sidão chegou a General Severiano para suprir a ausência de Jefferson. Rapidamente conquistou a titularidade e o carinho do torcedor alvinegro. Desde então, disputou 29 jogos e sofreu 34 gols. 


Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana