conecte-se conosco


Estadual

Bombeiro que resgatou mãe e bebê de poço vai carregar a tocha olímpica

Publicado

Resgate de vítimas ficou marcado no município de Cáceres (MT).
Sargento é uma das 131 pessoas que carregarão a tocha no estado.

O sargento do Corpo de Bombeiros de Cáceres, a 250 km de Cuiabá, Dirlei Correia Medeiros, foi uma das 131 pessoas escolhidas para conduzir a tocha olímpica em Mato Grosso. Dirlei ficou conhecido na região após resgatar uma mãe e um bebê recém-nascido de um poço com 12 metros de profundidade, há 10 anos.

A história de salvamento deu ao sargento a oportunidade de carregar a tocha após um concurso realizado por patrocinadores dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Dirlei contou que a mãe amamentava o filho sentada à beira de um poço no quintal de casa, quando se desequilibrou em um tijolo solto e os dois caíram. Enquanto esperava o resgate, que demorou cerca de 10 minutos, a mãe se equilibrou pressionando a cabeça e os pés contra as paredes do poço, segurando o bebê em cima da barriga.

“Chegamos preparados, pois acompanhávamos a situação via rádio, então desci de cabeça no poço. Resgatei primeiro a criança. A mãe, ao ver a criança salva, desmaiou e afundou na água. Desci rapidamente, mergulhei e consegui realizar o resgate”, relatou.

“A mulher estava muito machucada, mas o bebê não tinha nenhum arranhão”, afirmou o sargento.

A notícia de que Dirlei seria um dos integrantes da equipe que vai carregar a tocha olímpica no estado causou euforia na família. “Nós ficamos muito felizes porque ele realmente merece. Meu filho nunca mediu esforços e faz qualquer coisa para salvar as pessoas. Já entrou em muitos lugares que ninguém tinha coragem de entrar”, contou a mãe do bombeiro, Alice Correia, orgulhosa.

Meu filho nunca mediu esforços e faz qualquer coisa para salvar as pessoas”
Alice Correia, mãe de Dirlei

“Ele nasceu para ser bombeiro, dedica a vida para salvar a vida dos outros e só fica satisfeito quando vê as pessoas salvas”, disse. A mãe ainda conta que o filho já salvava vidas antes mesmo de ser bombeiro. Aos 4 anos, ele resgatou a irmã mais nova que havia caído dentro de um córrego de esgoto. E, aos 16, pulou em uma lagoa para salvar um menino que se afogava.

O sargento revelou que sempre teve vontade de fazer parte do Exército ou da polícia. Aos 17 anos, se alistou no Exército e, aos 18, ingressou para o Corpo de Bombeiros. Hoje, com 22 anos de serviço, já realizou inúmeros resgates arriscados e partos de emergência. “Realizamos um parto numa residência sem luz. A única iluminação vinha da viatura”, lembrou.

Pela atuação como bombeiro, recentemente Dirlei foi homenageado pela Câmara de Vereadores de Cáceres e pelo Corpo de Bombeiros.

A tocha olímpica chega a Cuiabá no próximo dia 23. Um total de 131 pessoas terão a oportunidade de carregá-la por 200 metros cada uma. A tocha deve sair do Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, região metropolitana da capital, passando pelos principais pontos turísticos e monumentos históricos das duas cidades até chegar à Arena Pantanal, onde haverá um show de encerramento e será acesa a Pira Olímpica.

Ao todo, a tocha deverá percorrer 19,7 mil km de rota terrestre e 8,8 mil km de rota aérea, em até quatro cidades por dia. Inicialmente, foram escolhidos 82 municípios brasileiros onde a Tocha Olímpica deverá pernoitar, entre eles Cuiabá.

Do G1 MT

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Com recuo da pandemia grandes festas populares como o FIP, Expoagro e Carnaval estão programados para 2022 em Cáceres

Publicado

 

Sinézio Alcântara – Expressção Notícias

O arrefecimento da pandemia, com a redução de contágios, internações e óbitos, em todo o Estado, faz com que as grandes festas populares de Cáceres, suspensas nos dois últimos anos – 2020 e 2021-, voltem a ser realizadas, a partir de 2022.

Já estão, praticante, confirmadas a realização do Carnaval Popular, do Festival Internacional de Pesca Esportiva de Cáceres (FPE) e a Exposição Agropecuária e Industrial de Cáceres. Além da festa de São Luiz, padroeiro da cidade.

Secretária Municipal de Turismo, Alessandra Castilho Paiva Paulino, diz que já está tudo preparado e só não haverá o Carnaval Popular caso surja um imprevisto, como por exemplo, o aparecimento de uma nova variante do coronavirus.

“Estamos preparados para realizar o carnaval. Só será cancelado se ocorrer algum fato novo, como por exemplo, o surgimento de uma nova variante do coronavirus. Ai não iremos colocar a saúde e a vida das pessoas em risco”, enfatizou.

Assim como o Carnaval Popular, Alessandra Castilho confirma a realização do Festival de Pesca Esportiva de Cáceres. A 40ª edição do FPE, prevista para o mês de setembro de 2020, foi adiada em razão da pandemia do novo coronavirus.

De acordo com a secretária, o Festival de Pesca Esportiva de Cáceres está programado para o segundo semestre de 2022. E, assim como o carnaval, está condicionado, ao não surgimento de novas cepas do corona.

“Não vamos passar em branco”. Resume a presidente do Sindicato Rural de Cáceres, Ida Beatriz Machado de Miranda Sá, ao afirmar a intenção da entidade em realizar a feira agropecuária, neste ano, depois de dois anos de interrupção.

De acordo com a líder sindical, a previsão é de que a Expoagro seja realizada no mês de agosto. Apesar da confirmação, conforme o vice-presidente e diretor da feira, Ricardo Castella, o sindicato ainda está acertando detalhes finais para a realização do evento.

“Estamos acertando detalhes essenciais para a realização da feira. A população deseja uma exposição com realização de shows artísticos, ou seja: uma festa popular; por outro lado, os agropecuaristas defendem uma exposição mais tecnológica com agri-show, cursos, seminários, entre outros”.

Além disso, segundo Castella, para a realização de uma exposição agropecuária, a altura, para atender a população e a classe agropecuarista, será necessária a parceria entre sindicato e o poder público.

“A realização de uma feira agropecuária a altura, com a realização de shows artísticos e outros atrativos, não fica por menos que R$ 1,2 milhão. Portanto, se o poder público não entender que a exposição e algo importante, principalmente, para a economia da cidade, e não firmar parceria, ela se tornará inviável para o sindicato”.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Educação: Escolas da rede municipal de ensino retornam com atendimento 100% presencial

Publicado

Por – Esdras Crepaldi

As escolas de ensino infantil e fundamental da rede municipal de educação de Cáceres retornaram na manhã desta segunda-feira, 08, as aulas com atendimento 100% presencial, desta forma, não haverá mais rodízios nas escolas e a soma de alunos pode ser atendida todos os dias.

Segundo a secretária municipal de Educação, Liamara Rodrigues, com a retomada das atividades em sua totalidade, as escolas mantêm todo procedimento de cuidados e orientações com os protocolos sanitários existentes.

A secretária  enalteceu que o uso de máscaras por estudantes e profissionais da educação continua sendo obrigatório, assim como a utilização de álcool em gel em todas as escolas.

Liamara disse que este retorno já estava previsto e com a queda dos indicadores de contágio da Covid-19 e grande número de vacinados e imunizados, a decisão foi tomada através do Decreto Municipal Nº 912 de 04 de novembro, que dispõe sobre a sobre a retomada integral das aulas presenciais no Sistema de Ensino do Município de Cáceres-MT.

Ela explicou que o decreto está fundamentado na Portaria Interministerial (Ministério da Educação e da Saúde) nº 5, de 4 de agosto de 2021, que reconhece a importância nacional do retorno à presencialidade das atividades de ensino e aprendizagem.

“Hoje pela manhã visitamos algumas escolas e para nossa satisfação,  o retorno está ocorrendo com muita tranquilidade. Pudemos notar que muitos pais e alunos estavam ansiosos para essa retomada total das atividades e nossa responsabilidade como gestores e educadores é manter todos os protocolos e cuidados, com a intenção de garantir a segurança de toda comunidade escolar”, comentou Liamara.

Ela pontuou ainda que são muitos os desafios e dificuldades no processo de aprendizagem dos alunos da rede municipal. “Precisamos superar estes problemas, como conter a evasão e assegurar acesso e direitos de aprendizagens, e para isso a retomada do convívio é fundamental na formação dos nossos alunos e profissionais”, observou Liamara.

A secretária de educação pede aos pais dos alunos que ainda estavam no atendimento remoto, que procurem as Escolas onde estão matriculados para as orientações necessárias ao retorno presencial, que a partir deste dia 08 de novembro é para todos os alunos.

Em casos pontuais e necessários, os alunos que não puderem frequentar as aulas presenciais, por motivos justificáveis, deverão comprovar a ausência, através de responsáveis, na unidade escolar em que estejam matriculados.

A prefeita de Cáceres, Eliene Liberato Dias, desejou boas vindas a toda comunidade escolar e enfatizou todo esforço e estratégias do município  em garantir a vacinação e adotar medidas de biossegurança nos equipamentos municipais.

“Passamos por momentos difíceis e sei o quanto esse período afetou o emocional dos alunos, pais e professores, por isso estamos voltando de forma presencial com responsabilidade,” frisou Eliene. A prefeita finaliza dizendo que o município tem feito sua parte e que o retorno presencial oportuniza o acolhimento  socioemocional,  a socialização, merenda de qualidade e outros fatores que só a escola pode oferecer.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana