conecte-se conosco


Brasileirão Série A

Bernardo fala em recomeço no Coxa e esquece passado: "Joguei no lixo"

Publicado

Bernardo (Foto: Gabriela Ribeiro)Bernardo assinou contrato de produtividade, que depende do comportamento dele, até fim do ano (Foto: Gabriela Ribeiro)

Uma chance para recomeçar. Foi assim que o atacante Bernardo começou a coletiva à imprensa, na apresentação com a camisa do Coritiba, na tarde desta sexta-feira, no CT da Graciosa. Aos 26 anos, ele terá mais uma oportunidade na carreira para “dar a volta por cima”, depois de um passado turbulento extra-campo. Entre os clubes que defendeu estão Cruzeiro, Goiás, Vasco, Santos, Palmeiras e Ceará. O último clube defendido pelo jogador foi o Ulsan Hyundai, da Coreia do Sul.

? Estou bem tranquilo. Acho importante falar sobre essa questão porque é uma coisa que não faz mais parte da minha vida. O que aconteceu eu deixei pra trás, joguei no lixo, hoje é uma nova etapa, Tudo o que aconteceu, já aconteceu. Deixo a mensagem que vou honrar essa camisa, onde existe uma cobrança muito forte como em outros clubes onde já passei. As polêmicas são tristes. Nunca pensei que fosse acontecer, mas aconteceu. Sou um homem já e estou mais maduro. Se eu vir algo que vai me prejudicar vou pensar duas vezes antes de fazer ? disse o jogador.

Na lista de situações adversas que ditaram a trajetória recente de Bernardo, está um sequestro na comunidade da Maré, no Rio de Janeiro. Na ocasião, o jogador chegou a ficar sob domínio de traficantes. Ele também foi acusado de violência doméstica pela esposa e denunciado na Lei Maria da Penha. 

O histórico do jogador foi decisivo para que o Coritiba fizesse um contrato de produtividade. Fechado até o fim do ano, a permanência de Bernardo no Alviverde depende do comportamento dele. Ele definiu a negociação como “de risco”, mas fez um compromisso com a própria carreira.

? Caso venha a acontecer alguma coisa, o contrato será rompido. Mas com certeza que não vai acontecer ? prometeu o atleta. 

Veja também
Tabela do Campeonato Brasileiro da Série A

Da Ásia, Bernardo voltou ao Brasil no fim de maio. O jogador afirmou que, mesmo passando por algumas semanas parado, não ganhou peso. Ele garantiu que, em uma semana e meia, estará fisicamente à disposição do técnico Pachequinho. Feliz com a nova chance, ele diz que deixou para trás os problemas que enfrentou na carreira e que está confiante para uma nova história.

 As polêmicas são tristes. Nunca pensei que fosse acontecer, mas aconteceu. Sou homem já e estou mais maduro
Bernardo, reforço do Coritiba

? Com certeza é um recomeço. Estou feliz e motivado porque é um grupo muito bom, com jogadores de qualidade. Isso facilita para o grande futebol. A gente tem que procurar a felicidade. Tenho certeza que vou ser muito feliz no Coritiba, estou confiante ? disse, sorridente. 

O meia já atuou com os atacantes Leandro, Kleber Gladiador e Vinícius, além do volante Alan Santos e do goleiro Elisson no atual elenco alviverde. O jogador contou que as negociações com o Coritiba foram muito rápidas e, em menos de uma semana, já estava tudo acertado para voltar a atuar com antigos colegas. Para ele, as amizades vão ajudar na adaptação ao novo clube. 

? Estou muito feliz por ter jogadores que já conheço, isso vai facilitar dentro do grupo. Vou me adaptando logo para poder estar jogando com eles.

No Coritiba, ele terá a concorrência de César González, Felipe Amorim, Juan, Raphael Veiga, Ruy e Thiago Lopes no setor de meio-campo. Bernardo falou sobre o estilo de jogo e já colocou alguns setores do campo como alvo. 

? Acho que ali na posição do Ruy, que ele joga, e do Felipe Amorim, vou me adaptar bem. Sou um meia que gosta de dar o passe, deixar o atacante na cara no gol, lançar e estar sempre bem posicionado.

A previsão do atleta é de que ele esteja disponível para estrear daqui duas rodadas. Bernardo planeja ficar em condições físicas plenas à disposição de Pachequinho para a partida contra o Fluminense, em 2 de julho. O jogo é de mando do time carioca, mas ainda não tem local definido.

Veja outras declarações de Bernardo na apresentação no Coritiba:

Contrato de produtividade

O
meu contrato é de risco, em que, caso venha a acontecer alguma coisa, será
rompido. Mas com certeza que não vai acontecer. Sobre as coisas que aconteceram
na minha vida, me arrependo de algumas. É normal, jogador novo, 23, 24, 25
anos, na flor da idade, jogando no Rio de Janeiro, em clubes grandes. É de se
aproveitar muita coisa. Só que muitas coisas não poderiam ter acontecido,
porque eu sou atleta, jogador de futebol. 

Conselhos para mudar de atitude

Não só
amigos do futebol, mas amigos fora de campo me aconselharam. Minha família fez prevalecer isso.
O meu pai, que foi jogador também, ficou muito triste pelas coisas que
aconteceram. Porque ele sabe do potencial que eu tenho e sempre me
cobra. Mas eu fico feliz por esses conselhos. Vão me ajudar bastante daqui
pra frente.

Recado ao torcedor

Para o
torcedor, eu deixo a mensagem de que eu vou honrar essa camisa. Sei que aqui
tem uma cobrança muito forte, como em outros clubes que eu já joguei, porque o
Coritiba é um time grande.  

Ritmo de jogo

Eu já estava treinando na Coreia. Vim para cá no fim de maio e fiquei poucos dias parados, não ganhei muito peso. Dentro de uma semana, uma semana e meia eu já vou estar legal para estar à disposição. Sobre o Atletiba, vamos ver. É meio cedo ainda, acho que vou precisar de mais alguns dias. Se eu estiver bem, contra o Fluminense talvez eu possa estar à disposição.

Confira mais notícias do esporte paranaense no globoesporte.com/parana

Comentários Facebook

Brasileirão Série A

Seleção Brasileira encerra preparação para amistoso contra República Tcheca

Publicado

Programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) também destacou a reta final dos principais campeonatos estaduais do país; ouça na íntegra

O programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) destacou o amistoso da Seleção Brasileira com a República Tcheca. Waldir Luiz, Márcio Guedes, Bruno Mendes e toda a nossa equipe também analisaram a reta final dos principais campeonatos estaduais do país e as principais notícias do esporte nacional e internacional.

Clique no player e ouça o programa na íntegra:

No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919.

Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.

Agencia Brasil
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Palmeiras volta a ter time feminino depois de 9 anos

Publicado

Repórter Lincoln Chaves trouxe todas as informações da preparação do Verdão para o Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino dentro do programa No Mundo da Bola desta quinta-feira (14); ouça na íntegra
Começa neste sábado (16) a sétima edição do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. E a Rádio Nacional traz uma série de matérias sobre a principal competição do futebol feminino no país. A terceira reportagem fala do Palmeiras e dos seus reforços para disputar a competição além do projeto da diretoria para a modalidade. O repórter Lincoln Chaves trouxe todas as informações do Verdão dentro do programa No Mundo da Bola desta quinta-feira (14).

Ouça no player abaixo:

O Palmeiras retorna ao feminino após nove anos. O time vai jogar em Vinhedo, cidade parceira do versão nesta edição.

A equipe foi apresentada em meados de fevereiro e é comandada pela treinadora Ana Lúcia Gonçalves.

O No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919. Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.
Tags: Palmeiras Futebol Feminino Brasileirão Feminino

Agência Brasil

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana