conecte-se conosco


Cáceres e Região

Após registrar maior seca da história Rio Paraguai começa a encher; mais que triplicou volume de água em um mês

Publicado

Sinézio Alcântara – Expressão Notícias

     Após vivenciar a maior e pior seca da história, o lendário Rio Paraguai, principal artéria fluvial do Pantanal Mato-grossense, recomeça a encher, trazendo alegria e esperança a população pantaneira. As chuvas dos últimos dias na região, mais que triplicou o volume de água, em um período de pouco mais de um mês.

     No dia 17 de oububro, o volume de água registrado na régua da Agência Fluvial, em Cáceres, média 42 centímetros. Hoje, depois de um mês e dois dias, está com um metro e trinta e dois centímetros. E, também, conforme a Agência Fluvial, com quase o dobro de água registrado, no mesmo dia do ano passado, quando media 68 centímetros.

     Nos últimos dias, de acordo com a Agência, o rio vinha enchendo, em média, cinco centímetros por dia. Nas últimas 24 horas, com as chuvas torrenciais que tem caído, em toda região, ele subiu 30 centímetros. Pulando de um metro e dois centímetros na quinta-feira (18/11) para um metro e trinta e dois, na manhã desta sexta-feira (19/11).

Leia mais:   Fiscais do Indea vão percorrer 57 propriedades de MT em ações de vigilância

     E, o que é mais importante, a tendência, é de que a enchente continue nos próximos dias. A previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) aponta muita chuva para Cáceres e toda região, no final de semana.

      Em 2020, o Pantanal registrou a maior estiagem em quase 50 anos. Em algumas áreas, o leito do Rio Paraguai secou. O menor registro foi em 1964, quando chegou a -61 centímetros. No trecho do rio, em Cáceres, conhecido como a praia da Mini Praia, as pessoas caminhavam o rio a pé.

       Com a pouca água os prejuízos para a economia foram inevitáveis. As barcaças para exportação de minério de ferro, não puderam navegar, no trecho do rio, em Corumbá. Em Cáceres, os empresários do ramo de passeio turístico que haviam fechado pacote de viagens tiveram que devolver o dinheiro ou remarcar nova data porque os barcos não puderam navegar com o baixo volume de água.

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Anvisa confirma dois casos da variante ômicron no Brasil

Publicado

R7 Notícias

Dois brasileiros que desembarcaram no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, apresentaram teste positivo para a variante Ômicron do coronavírus, identificada na África do Sul. A informação foi confirmada pela Anvisa e por fontes do Ministério da Saúde ouvidos pelo R7.

O resultado do teste, realizado pelo laboratório Albert Einstein, ainda é preliminar. Os próprios passageiros, marido e esposa, procuraram o laboratório, localizado no aeroporto, para realizar o teste requerido para o retorno à África do Sul.

Segundo a Anvisa, a entrada do passageiro no Brasil ocorreu no último dia 23, isto é, antes da notificação mundial da nova variante, que foi relatada pela primeira vez à OMS (Organização Mundial de Saúde) no dia 24.

A entrada também foi anterior à edição da Portaria Interministerial CC-PR/MS/MJSP/MINFRA 660, de 27 de Novembro de 2021, que proibiu, em caráter temporário, voos com destino ao Brasil que tenham origem ou passagem pela África do Sul e que também suspendeu, em caráter temporário, a autorização de embarque para o Brasil de viajantes estrangeiros, procedentes ou com passagem, nos últimos 14 dias antes do embarque, pelo país africano.

Leia mais:   Empaer promove encontro para fomentar o turismo rural em Mirassol D´Oeste e região

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Prefeitura zera demanda reprimida de exames de mamografia em Cáceres

Publicado

Por – Esdras Crepaldi

A  demanda reprimida de exames de  mamografia na rede pública municipal  de saúde foi zerada pela Prefeitura de Cáceres. A redução no tempo de espera foi possível em razão do aumento da oferta, onde a prefeitura, por meio do Consórcio Intermunicipal de Saúde, adquiriu  342 mamografias  e ofertou mais 65 pelo Hospital Regional de Cáceres, totalizando 407 exames entre outubro e novembro de 2021.

A secretária de Saúde, Elis Fernanda de Melo Silva, comemorou esses números e disse que  agora   um paciente que precisa realizar esses exames é atendido dentro do próprio mês da solicitação. Elis disse que hoje existe apenas demanda mensal recente e que zerar a fila de espera demonstra o compromisso da prefeita Eliene Liberato Dias com uma saúde mais humanizada e de fácil acesso.

A secretária ainda informou que durante o Outubro Rosa, através de uma parceria com a Santa Casa de Cuiabá, foram realizados 90 exames de ultrassom de mama para pessoas de Cáceres.

Leia mais:   Última chance: Prefeitura prorroga Refis até 29 de dezembro de 2021

“São avanços importantes e números significativos”, celebrou Elis que disparou, “E não é só isso, com  o retorno das cirurgias eletivas, através do contrato firmado  entre o estado de Mato Grosso e o Hospital São Luís, no momento, a demanda de cirurgião geral também encontra-se praticamente zerada na regulação, mais uma conquista para a saúde de Cáceres”, ressaltou a secretária Elis Fernanda.

A prefeita Eliene Liberato Dias se diz feliz com os resultados obtidos pela saúde municipal. Para ela várias decisões, como o retorno ao Consórcio Intermunicipal de Saúde, permitiram zerar a fila de espera de mamografias.

“Vamos seguir trabalhando com determinação e criatividade para superar todas as demandas reprimidas geradas no período da pandemia do coronavírus e seguir investindo cada vez mais nesta área. Estamos conquistando muitos avanços na Saúde, que é prioridade da nossa gestão desde o início deste mandato. Estamos muito felizes em poder zerar mais uma fila de atendimento na área da Saúde”, finalizou a prefeita Eliene.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana