conecte-se conosco


Política

Allan Kardec lidera produtividade no primeiro semestre

Publicado


Foto: ANGELO VARELA / ALMT

Depois de dividir o ano de 2020 entre o poderes Executivo e Legislativo, a presença integral do deputado Allan Kardec (PDT) no Parlamento estadual em 2021 lhe rendeu algumas conquistas políticas e a liderança em produtividade na Assembleia Legislativa no primeiro semestre do ano.

Desde que assumiu a cadeira de deputado estadual, em 2017, esta é a primeira vez que Kardec integra a Mesa Diretora, eleito como 4º secretário na 19ª legislatura. O deputado ainda compõe oito comissões como membro, sendo presidente da Comissão de Indústria, Comércio e Turismo e vice-presidente da Comissão de Meio Ambiente.

O balanço de atividades do deputado para o primeiro semestre de 2021 apresentou 560% de crescimento em comparação ao semestre anterior. Foram 200 proposições legislativas apresentadas entre janeiro e julho, sendo 159 indicações, 14 projetos de lei, três projetos de resolução, 18 moções e seis requerimentos.

Kardec também se concentrou na itinerância do gabinete focada no municipalismo. Acompanhado pela equipe legislativa, o deputado circulou por 40 municípios desde janeiro, atendendo demandas e levando proposições para melhorar a qualidade de vida dos munícipes. Somente neste mês de julho, o deputado circulou por oito municípios da região do Araguaia.

Quanto aos projetos, destaca-se o envolvimento do deputado com as pautas ambientais, sobretudo ligadas ao Pantanal mato-grossense. Em janeiro, Kardec liderou uma diligência da Assembleia Legislativa nas Baías de Chacororé e Siá Mariana, para constatar as causas da forte seca que atingiu a região.

Leia mais:   Deputado Moretto alcança 1.214 proposições e destaca avanço na região Oeste

Desde então, o parlamentar acompanha a situação das baías, que mesmo após o período das chuvas segue dramática. Diante das demandas, Kardec apresentou uma série de projetos destinados à preservação do Pantanal mato-grossense. O principal deles foi o Projeto de Lei nº 244/2021 que cria a Política Estadual de Proteção das Baías do Pantanal, aprovado em duas votações e encaminhado para promulgação.

Já para a preservação dos rios e da ictiofauna de Mato Grosso, o deputado emplacou a Lei nº 11447/2021, votada pela Assembleia Legislativa em julho. A lei cria o Programa de Repovoamento de Peixes nas Barragens de Usinas Hidrelétricas e Pequenas Centrais Hidrelétricas, por meio da conversão de multas ambientais decorrentes da mortandade de peixes. 

Dessa forma, o projeto estabelece critérios para o repovoamento, que inclui diversidade de espécies nativas da bacia hidrográfica atingida, sendo proibida a inserção de espécies não pertencentes à ictiofauna da região. Com isso, o programa visa aumentar a quantidade de peixes nos rios, garantindo a reprodução das mais variadas espécies a partir de matrizes retiradas no meio ambiente.  As despesas decorrentes desta lei serão assumidas pelas usinas hidrelétricas e PCHs como formas de compensação pela exploração comercial de seus produtos.

Para o deputado, “é importante ressaltar que a referida medida pretende se tornar um programa contínuo, com o objetivo de recuperar o equilíbrio ambiental impactado pelas atividades das usinas e PCHs, devolvendo espécies nativas aos rios, além de contribuir na geração de empregos, renda, alimentação e lazer às populações ribeirinhas”.  

Leia mais:   Lúdio Cabral recomenda vacinação de pessoas de 12 a 17 anos com comorbidade ou deficiência

Indicações: Entre as 159 indicações apresentadas pelo deputado Allan Kardec neste primeiro semestre, quase 80% delas são destinadas às reformas de escolas e construção de equipamentos de esporte e lazer.

Esporte e Lazer: Além da construção e reforma de praças esportivas, demandadas por meio de indicações, o deputado Allan Kardec conseguiu a aprovação, em primeira votação, do Projeto de Lei nº 91/2021 que dispõe sobre a criação do Programa Estadual de Apoio ao Desenvolvimento do Futebol Profissional do Estado de Mato Grosso Ranulpho Paes de Barros.

Na prática, o projeto garante o investimento de R$ 1 milhão no futebol profissional em Mato Grosso, destinado aos clubes de futebol profissional habilitados a participarem do campeonato estadual da 1ª divisão. O projeto utilizará recursos do Funded e clubes mato-grossenses deverão investir 30% no futebol feminino e categorias de base.

Projeto de Resolução: Na condição de vice-presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso, o deputado trouxe uma demanda ao Parlamento em virtude do centenário de Lenine de Campos Póvoas. Para homenagear o ex-deputado e historiador em seu centenário, Kardec apresentou o Projeto de Resolução nº 14/2021 que denomina Instituto Memória Deputado Lenine de Campos Póvoas o memorial do Poder Legislativo. A Resolução n° 7.030/2021 foi publicada no início do mês e em breve será instalada a placa de identificação na fachada da edificação.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook

Política

Após indicações de Paulo Araújo município de Cáceres poderá receber benefícios na área de infraestrutura, segurança e lazer

Publicado


Foto: ANGELO VARELA / ALMT

A cidade de Cáceres (distante 219 km de Cuiabá) poderá receber benefícios importantes em prol da infraestrutura, segurança, esporte e lazer, graças ao empenho do deputado estadual Paulo Araújo (Progressistas) que apresentou três indicações no plenário na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) no último dia 6.

O parlamentar indicou (n° 4583/21) ao governador Mauro Mendes, com cópia ao secretário de Estado de Segurança pública, Alexandre Bustamante dos Santos, acerca da necessidade de viabilização de construção reforma do prédio da Polícia Civil de Cáceres.

O progressista também indicou (n° 4589/21) ao governador Mauro Mendes, com cópia ao secretário Alexandre Bustamante dos Santos, acerca da necessidade de manutenção de 13 câmeras de segurança adicionais para facilitação do trabalho dos 6º Batalhão da Polícia Militar de Cáceres.

Indica (n° 4584/21) ao governador, com cópia ao secretário de Estado de Esporte, Alberto Machado, acerca da necessidade de aquisição dos seguintes itens para futebol de campo masculino e feminino jogo de camisa completo, duas bolas de futebol, dois troféus de 1º e 2º colocado, um par de redes de campo, medalhas a comunidade esportiva Cáceres.

Leia mais:   Deputado faz prestação de contas em ruas e feiras
Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política

Lúdio Cabral recomenda vacinação de pessoas de 12 a 17 anos com comorbidade ou deficiência

Publicado


Foto: ANGELO VARELA / ALMT

O deputado estadual e médico sanitarista Lúdio Cabral (PT) recomendou à Comissão Intergestora Bipartite (CIB) a inclusão de adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidade ou deficiência como grupo prioritário para vacinação contra a covid-19 em Mato Grosso. Em ofício enviado ao presidente da CIB, o secretário estadual de Saúde Gilberto Figueiredo, e ao presidente do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems), Marco Felipe, Lúdio recomendou a vacinação com imunizante da Pfizer para crianças e adolescentes entre 12 anos e 17 anos que têm doenças crônicas.

“Os estudos clínicos indicam que a vacina da Pfizer é segura e eficaz para crianças e adolescentes de 12 a 17 anos. E as pessoas com deficiência ou doenças crônicas, como diabetes, doenças pulmonares e doenças cardíacas, entre outras, são mais vulneráveis ao vírus e a desenvolver as formas graves da covid-19. Por isso é tão importante proteger essa parcela da população, que ainda não está incluída no plano de imunização”, disse Lúdio.

A aplicação da vacina da Pfizer em adolescentes a partir de 12 anos já foi aprovada em diversos países e também pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), que deve incluir essa faixa etária na bula do imunizante no Brasil. Porém, ainda não há previsão de iniciar a vacinação das pessoas dessa faixa etária em Mato Grosso. A imunização desse público já teve início em outros estados, como o Rio Grande do Sul.

Leia mais:   Lúdio Cabral recomenda vacinação de pessoas de 12 a 17 anos com comorbidade ou deficiência

Lúdio Cabral destacou, ainda, o fato de a vacinação seguir a passos muito lentos em Mato Grosso, enquanto o estado assume a liderança do ranking de mortalidade por covid-19. “Mato Grosso é o estado com a maior taxa de mortalidade por covid do Brasil. São 357,2 mortes a cada 100 mil habitantes. Isso é resultado do negacionismo oficial, que produziu ações insuficientes e tardias de enfrentamento à pandemia, aliadas à lentidão na vacinação da população. Mato Grosso é um fracasso na gestão da pandemia e está numa situação muito pior que os outros Estados do Brasil”, disse.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana