conecte-se conosco


Brasileirão Série A

Zé Ricardo evita falar de futuro e vibra com nova vitória: "Feliz pelo momento"

Publicado

 

Três vitórias em cinco jogos, aproveitamento de 66% no Campeonato Brasileiro. Não parecia este o cenário há pouco tempo, mas o céu de brigadeiro é a realidade do Flamengo neste início de competição. De volta ao grupo de classificação da Libertadores – posição que ocupou por apenas duas rodadas no Brasileirão de 2015 -, o time, que segue no comando do interino Zé Ricardo, passou pelo Vitória e chegou à quarta posição. O gol de Felipe Vizeu definiu a partida. Para o jovem treinador, de 45 anos, os dois resultados sob seu comando – 2 a 1 na Ponte Preta e 1 a 0 em cima do Vitória – equivalem à coincidência “muito feliz”. (veja os melhores momentos acima)

Evitando falar sobre a condição de treinador interino, que ele prefere repassar à direção do clube, o treinador do sub-20 mostra pontos positivos na primeira vez em que comanda profissionais. Zé Ricardo ressalta que está satisfeito com as vitórias, mas sem esquecer que sua filosofia de futebol ainda está em execução na frente do Flamengo.

Zé Ricardo, ao lado de Jayme, é cumprimentado pela vitória (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)Zé Ricardo, ao lado de Jayme, é cumprimentado pela vitória (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

– São 12 anos trabalhando com o futebol de base e acredito em
um futebol feito a médio e longo prazo. O esporte é dinâmico e essas
coisas acontecem. Mas demora para os jogadores entenderem a maneira como
você enxerga as coisas. Cada vez que conseguimos isso em pouco espaço
de tempo ficamos felizes. É difícil mudar muita coisa em três, quatro
dias… Essa nem é a minha intenção – afirmou o treinador, antes de responder sobre a chance de ser efetivado.

– Essa pergunta não tenho como responder. Essa resposta a direção vai dar. Estou feliz pelo momento que passamos. Dois jogos e seis pontos. Sabíamos que só sairíamos do momento difícil vencendo. Os jogadores se superaram bastante.

Com dez pontos, o Flamengo encerrou a 5ª rodada do Campeonato Brasileiro
em 4º lugar. No próximo domingo (5), o Rubro-negro enfrenta o
Palmeiras, às 16h, no estádio Mané Garrincha.

Confira a coletiva de imprensa de Zé Ricardo.

Time sentiu no segundo tempo

Sabemos que as duas partidas não foram um primor de técnica e organização ofensiva. Podemos melhorar bastante, pela qualidade da equipe. Mas hoje já tivemos algumas respostas vindas dos treinos. O complicador é que estamos numa competição muito difícil, e a construção demanda tempo. Acho que hoje fomos melhores no primeiro tempo do que no segundo. Construímos mais, marcamos mais forte no campo do Vitória. No segundo eles cresceram depois do gol e nos colocaram pra trás. Em virtude dessa sequência de jogos a equipe sentiu, mas valeu a superação.

Chegada ao G-4

Queremos trazer a torcida novamente. Ela precisa apoiar esses rapazes. A torcida é muito forte e ajuda muito. Está só no início, mas ficar bem próximo do G-4 nas rodadas seguintes nos dará confiança e, quem sabe mais para frente, conseguimos dar um sprint. É bom ficar sempre perto do G-4 para não sofrer pressão.

Timidez

É o meu jeito. Sou um pouco mais reservado e vamos nos conhecendo. Em nenhum momento me coloquei acima dos jogadores, mas ao lado. Procuro desenvolver um bom ambiente de trabalho. As vitórias são importantes para reforçarmos algumas coisas. Chegar aos G-4 é motivo de orgulho para todos nós.

Mancuello

É jogador de potencial ofensivo que também nos dá um ganho nas bolas paradas. Hoje ele também tinha a função fechar a subida do lateral adversário. Procurou fazer o melhor que podia.

Jogo contra o Palmeiras

Os próximos dias são de trabalho e descanso. Temos pouco tempo, e os atletas estão desgastados. Ainda não temos ideia do que colocar em campo, mas serão jogadores que estão 100%. O Palmeiras é um time rápido, com talento, e o Cuca deu a cara dele ao time. Com certeza vai ser uma partida aberta, porque são jogadores leves e talentosos dos dois lados. Mas precisaremos produzir mais na parte ofensiva.

Pressão da torcida

É uma situação nova, porque na base tem torcida, mas sem essa pressão. Fico tranquilo porque quando você está num time grande isso vai acontecer. Recebo o carinho da torcida e fico feliz com esse apoio. Gostaria que os jogadores também tivessem esse apoio, porque com a força da torcida temos tudo para sermos mais fortes. Com a pressão vou ter que saber lidar, mas outros resultados podem acontecer, e na adversidade a torcida cobra. Tem que ter equilíbrio para lidar.

Guerrero e Vizeu

Guerrero é um craque. Ídolo do seu país e da torcida do Flamengo. Quero contar com os dois. Vizeu é um artilheiro desde que chegou. Tem muita presença de área, se dedica e vai evoluir. A convivência com o Guerrero nos dá a garantia de que vai aprender muito com ele.

Fonte: Globo Esporte

Comentários Facebook

Brasileirão Série A

Seleção Brasileira encerra preparação para amistoso contra República Tcheca

Publicado

Programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) também destacou a reta final dos principais campeonatos estaduais do país; ouça na íntegra

O programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) destacou o amistoso da Seleção Brasileira com a República Tcheca. Waldir Luiz, Márcio Guedes, Bruno Mendes e toda a nossa equipe também analisaram a reta final dos principais campeonatos estaduais do país e as principais notícias do esporte nacional e internacional.

Clique no player e ouça o programa na íntegra:

No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919.

Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.

Agencia Brasil
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Palmeiras volta a ter time feminino depois de 9 anos

Publicado

Repórter Lincoln Chaves trouxe todas as informações da preparação do Verdão para o Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino dentro do programa No Mundo da Bola desta quinta-feira (14); ouça na íntegra
Começa neste sábado (16) a sétima edição do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. E a Rádio Nacional traz uma série de matérias sobre a principal competição do futebol feminino no país. A terceira reportagem fala do Palmeiras e dos seus reforços para disputar a competição além do projeto da diretoria para a modalidade. O repórter Lincoln Chaves trouxe todas as informações do Verdão dentro do programa No Mundo da Bola desta quinta-feira (14).

Ouça no player abaixo:

O Palmeiras retorna ao feminino após nove anos. O time vai jogar em Vinhedo, cidade parceira do versão nesta edição.

A equipe foi apresentada em meados de fevereiro e é comandada pela treinadora Ana Lúcia Gonçalves.

O No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919. Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.
Tags: Palmeiras Futebol Feminino Brasileirão Feminino

Agência Brasil

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana