conecte-se conosco


Estadual

Visitantes vivenciam experiências inovadoras durante a 16º Semana Nacional

Publicado

Disseminar conhecimento e proporcionar experiências inovadoras à comunidade escolar. Esses foram os principais resultados obtidos durante os três dias da ‘16º Semana Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação’, em Mato Grosso. Realizado simultaneamente em todo o país, o evento foi promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci).

Milhares de alunos e professores tiveram a oportunidade de acompanhar experimentos e inovações que não são comuns em seu dia a dia.

“O evento é um espaço valioso para que os participantes vivenciem o mundo da ciência, da tecnologia e da inovação, que trazem descobertas constantes em todas as áreas. Na prática, o aprendizado é mais efetivo e isso muda todo o contexto escolar”, ressaltou o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Nilton Borgato.

A estudante do 8º ano da Educação de Jovens e Adultos (EJA), Gabriela Martins, de 52 anos, visitou a Semana Nacional pela primeira vez. Para ela, foi uma experiência diferente, que a estimulou a buscar mais conhecimento.

“Voltei a estudar há um ano e meio e participar do evento foi importante porque aprendemos muitas coisas interessantes, desde experiência que envolvem a física e a matemática até projetos sustentáveis apresentados por alunos”, destacou.

Um dos projetos foi apresentado pela estudante da Escola Técnica de Tangará da Serra, Ligia Apodonepá, que destacou o babaçu como alternativa de complementação de renda.

Leia mais:   Seduc quer ampliar a participação dos alunos da rede estadual na Olimpíada de Matemática

“Esse fruto é completamente sustentável, desde as folhas da palmeira até a casca do coco, que, devidamente preparada, fornece um eficiente carvão, fonte exclusiva de combustível. Isso é uma nova perspectiva de vida, inclusive, para os jovens, que até então não possuem muitas alternativas de trabalho na região”, pontuou.

Outra apresentação que despertou a curiosidade durante a Semana, foi o Laboratório de Eletrônica e Sistemas Embarcados (LabEse) da Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat), do campus de Alto Araguaia. Os estudantes do Ensino Fundamental e Médio se divertiram com os materiais de eletrônica expostos no estande, entre eles, o cubo led, Floppy Music V2, construído com drives de disquete, holograma 3D e painel flexível de led.

O professor responsável pelo laboratório, Fernando Yoiti Obana explicou que o LabEse tem em sua origem a reciclagem de materiais eletrônicos e que todos os experimentos desenvolvidos por eles tem em sua composição materiais reciclados.

“É uma troca de conhecimento, porque mostramos também o nosso trabalho por meio do empenho dos nossos acadêmicos. O evento estimula ainda mais a participação deles nos trabalhos”.

A superintendente de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, Lecticia Figueiredo, explicou que a ideia é criar uma linguagem acessível à população, por meio de atividades inovadoras, despertando a curiosidade e muitas vezes futuras vocações para crianças e adolescentes.

Leia mais:   PM traça plano de segurança para ‘Parada da Diversidade Sexual’

Desenvolvida pela estudante Lana de Lima e orientada pela professora Francine Florentino, as receitas de bolo da casca de banana e brigadeiro de biomassa de banana foram receitas que chamaram a atenção, tanto pelo sabor quanto pela questão nutritiva. O bolo de banana é uma proposta de reaproveitamento da fruta em sua totalidade, produzidos com a casca da banana. Já os brigadeiros são feitos com a biomassa da banana sem açúcar.

“Acredito que conseguimos passar a mensagem no evento de aproveitar o alimento como um todo. Nossa preocupação é de oferecer uma alimentação rica em nutrientes e com bela apresentação”, explicou, entusiasmada.

Projetos

As experiências vividas pelos alunos tiveram um saldo positivo de 55 projetos inscritos para a mostra. No entanto, 40 projetos foram selecionados para serem expostos durante a Semana Nacional. Este ano, os seis primeiros projetos ganharam notebooks e tablets. Além disso, 12 alunos foram selecionados para ganhar uma bolsa de Iniciação Científica Junior, financiada pela Fapemat.

O projeto que teve a maior pontuação na mostra ganhou um intercâmbio para os Estados Unidos, financiado pelo Instituto Farmun. O projeto foi desenvolvido por um aluno da Escola Senai Distrito Cuiabá, com o tema “Suits – Agro Indústria Piscicultura”.

Comentários Facebook

Destaque

Unemat abre processo seletivo para contratação de 102 professores em diferentes câmpus

Publicado

A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) abre processo seletivo para a contratação temporária e cadastro de reserva de 102 professores do Ensino Superior, para atuação nos câmpus de Alta Floresta, Barra do Bugres, Cáceres, Nova Mutum, Nova Xavantina e Sinop.

Os docentes contratados cumprirão jornada de trabalho de 20 horas semanais. A remuneração varia de acordo com sua titulação do docente, chegando a R$ 6.218,89 para profissionais com doutorado, R$ 5.029,17 para mestres e R$ 2.703,88 para graduados.

O período de inscrição e os requisitos variam conforme o seletivo. Os editais completos podem ser acessados clicando aqui.

Em Alta Floresta são 22 vagas e cadastro de reserva para áreas vinculadas à Faculdade de Ciências Biológicas e Agrárias. O período de inscrição deste edital é de 18 a 28 de novembro.

Barra do Bugres: há uma vaga de cadastro de reserva para Metodologia Científica, da Faculdade de Ciências Exatas e Tecnológicas. As inscrições podem ser efetuadas de 18 a 27 de novembro.

Cáceres: são quatro vagas para cadastro de reserva para a área do Direito. O período de inscrição vai de 22 de novembro a 02 de dezembro.

Leia mais:   Seduc quer ampliar a participação dos alunos da rede estadual na Olimpíada de Matemática

Nova Mutum: há sete vagas de cadastro de reserva para as áreas de Matemática, Informática, Ciências Contábeis, Filosofia, Extensão Rural, Fitotecnia e Engenharia Agrícola, da Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas e Agrárias. Inscrições de 18 a 28 de novembro.

Nova Xavantina: abertura de vagas temporárias e cadastro de reserva para 27 áreas vinculadas à Faculdade de Ciências Agrárias, Biológicas e Sociais Aplicadas. O período de inscrições encerra-se em 26 de novembro.

Já em Sinop estão abertos três editais. O Edital n. 041/2019, da Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas, oferta vaga para a área de Contabilidade Privada e cadastro de reserva para mais três áreas. Período de inscrição: 21 a 29 de novembro.

Sinop: a Faculdade de Ciências Exatas e Tecnológicas oferta vagas e cadastro de reserva para 22 áreas. Inscrição para este edital de 22 de novembro a 2 de dezembro. Já a Faculdade de Educação e Linguagem abre cadastro de reserva para 16 áreas. As inscrições: de 22 de novembro a 02 de dezembro.

Em todos os editais inscrições devem ser feitas pela internet, no endereço: http://seletivos.unemat.br/.

Leia mais:   Seminário abordará “Violência e Segurança Pública na Fronteira”

Danielle Tavares | Assessoria/Unemat

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Seminário abordará “Violência e Segurança Pública na Fronteira”

Publicado

Evento conta com apoio da Ouvidoria Geral de Polícia e terá participação do comandante do Comando Regional de Cáceres, coronel PM José Nildo de Oliveira, que comandou o Gefron até o outubro deste ano

Com foco na segurança pública da região de fronteira de Mato Grosso, o Núcleo Interinstitucional de Estudos da Violência e Cidadania (NIEVCi) da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) realizará o Seminário “Segurança Pública e Violência”. O evento ocorrerá nos dias 10 e 11 de dezembro, nos Institutos de Ciências Humanas e Sociais (ICHS) e de Geografia, História e Documentação (IGHD).

A 10ª edição terá como tema principal “Violência e Segurança Pública na Fronteira Oeste do Mato Grosso – Brasil: tensões, conflitos e integração regional”. O evento conta com o apoio dos Programas de pós-graduação em Sociologia (PPGS), em Política Social (PPGPS) e Antropologia Social (PPGAS) e da Ouvidoria Geral de Polícia de Mato Grosso, vinculada à Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT).

A programação inclui minicursos e apresentação de trabalhos, cujas inscrições podem ser feitas até o dia 08 de dezembro. No dia 10, logo após a abertura, às 20h, será realizada mesa-redonda com o tema “Segurança pública na fronteira e integração regional”, que contará com a participação do comandante do Comando Regional de Cáceres, coronel PM José Nildo de Oliveira, que comandou o Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron), até o outubro deste ano.

Leia mais:   Comando Especializado da PM lança ‘Operação Guardião III’ em Cuiabá

“O Seminário tem como objetivo refletir sobre a questão da violência na fronteira do estado de Mato Grosso e temas transversais, como a questão da soberania de território, o espaço-território, a circulação de pessoas e mercadorias, os mercados (i) legais e como as cidades da faixa de fronteira sofrem os reflexos dessa problemática”, explica o coordenador do NIEVCi, professor Francisco Xavier Freire Rodrigues.

Serão abordados ainda os temas “Violência e conflitualidades”; “Fronteiras, tensões, conflitos e integrações”; “Criminologia e diretos humanos”; “Violência, gênero e emoções”, entre outros.

A programação completa pode ser conferida aqui. Mais informações para inscrição nas atividades e submissão de trabalhos podem ser obtidas na página do evento.

Dúvidas podem ser sanadas pelo e-mail nievici16@gmail.com. (Com informações da assessoria da UFMT)

Nara Assis | Sesp-MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana