conecte-se conosco


Cáceres e Região

Vila Bela da Santíssima Trindade preserva cultura herdada de quilombo

Publicado

O Globo

Por – Marcelo Remígio

Rio – Os atabaques vão bater mais forte neste Dia da Consciência Nega, em Via Bela da Santíssima Trindade, município distante 521 quilômetros de Cuiabá. Principal capital de Mato Grosso, a cidade de 16 mil habitantes é símbolo no país da preservação da cultura afro, herdada do antigo Quilombo do Quariterê. A comunidade de negros ficou conhecida no século 18 por ser comandada por uma mulher, Teresa de Benguela e por abrigar indígenas.

Para manter viva a tradição do Quariterê, escolas públicas do município mantêm na grade curricular disciplinas sobre a cultura afro. Dentro de casa são ensinadas manifestações como a dança do Chorado e, entre os meses de junho e julho, são promovidas festas religiosas do período colonial, com distribuição de alimentos e bebidas para celebrar a colheita.

Nas ruas de Vila Bela também não é difícil encontrar moradoras com roupas, lenços de cabeça e turbantes coloridos, como usavam suas antepassadas. A confecção é artesanal e respeita a tradição africana.

“Vila Bela é uma pequena África em Mato Grosso. Na cidade são preservadas tradições herdadas desde o período de Teresa de Benguela, como a sociedade matriarcal e a forte influência da mulher nas decisões locais” explica a pesquisadora e professora Silviane Ramos, que estuda a influência da cultura negra na região desde 1999. “A população tem conseguido manter sua identidade, apesar do crescimento local e da ocupação que se intensificou anos de 1960 e 1970”.

Leia mais:   Cáceres na Rota do Turismo Equestre.

De acordo com Silviane, que é descendente da rainha africana Teresa de Benguela, 72% da população de Vila Bela é formada por pretos e pardos. A população só não é 100% negra em função da presença indígena e da colonização recente vinda de estados da Região Sul. Mato Grosso possui pelo menos 160 áreas ou comunidades ocupadas por quilombolas. Do total 60 são reconhecidas.

Autora do livro “Perolas Negras – As mulheres de Vila Bela na luta pela afirmação da identidade”, Silviane destaca como uma das maiores expressões afros na cidade a dança do Chorado. No período colonial, os passos eram dados por mães, mulheres e irmãs de escravos fugitivos ou considerados indisciplinados que eram presos e submetidos a castigos. A dança pedia a liberdade e o perdão, nem sempre aceitos. Hoje, a manifestação simboliza a resistência da cultura negra.

O Quilombo do Quariterê foi criado em 1740 pelo líder negro José Piolho, marido de Teresa de Benguela, no Vale do Guaporé. A região mato-grossense é próxima à fronteira com a Bolívia. Com a morte de José Piolho, Teresa assumiu o comando do quilombo, que passou a ser com auxilio de um parlamento. A líder negra acabou sendo morta pela Coroa Portuguesa em 1875.

Leia mais:   Medida que isentou baixa renda de pagamento de luz deixa de valer

Segundo Silviane, ao contrário do que se acreditou por muitos anos, Teresa não se matou ou fugiu louca. Por convicções religiosas, explica a pesquisadora, ao saber do ataque ao quilombo, a líder buscou o “retorno a terra” e foi rendida enquanto comia terra. Depois de assassinada, teve o corpo esquartejado e colocado em exposição em Vila Bela. Somente em 1795 o quilombo foi extinto. No Rio, além de ter sua memória preservada por grupos afros, Teresa de Benguela foi homenageada em 1995 pela Unidos do Viradouro.

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Secretaria Municipal de Saúde faz entrega de Ivermectina na Zona Rural de Cáceres

Publicado

A Secretaria Municipal de Saúde através da Equipe de Atendimento Móvel da Zona Rural está com a entrega da medicação Ivermectina nas comunidades rurais.
Para atender a todos da Zona Rural, a Secretaria além de sua equipa, conta a ajuda dos parceiros da Cruz Vermelha, IEC, Agência Fluvial de Cáceres, uma grande equipe para atender toda a demanda necessária.
Para ser atendido, o paciente deve estar com o seu cartão do SUS, para então passar pela triagem e receber sua dosagem correta, que é estipulada a partir do seu peso. Gestantes e crianças menores de 5 anos com menos de 20 kg não podem fazer uso da medicação.
Caso seja necessário, a equipe fará a atualização do cartão SUS para liberar a medicação para o paciente.
A Prefeitura Municipal de Cáceres adotou a medida de profilaxia, por ser uma ação de extrema importância e acessível, onde toda a população pode ser atendida.
Veja os lugares e horários:
CLARINÓPOLIS – 10/08/2020 – 08:00h
CORIXINHA – 11/08/2020 – 08:00h
LIMÃO – 12/08/2020 – 08:00h
SAPIQUA – 13/08/2020 – 08:00h
PAIOL – 14/08/2020 – 08:00h
LIMOEIRO – 17/08/2020 – 08:00h
LARANJEIRA – 18/08/2020 – 08:00h
Da Assessoria
Comentários Facebook
Leia mais:   Semana terá web aulas sobre endodontia e violência doméstica durante pandemia da Covid-19
Continue lendo

Cáceres e Região

Cáceres na Rota do Turismo Equestre.

Publicado

O prefeito de Cáceres, Francis Maris, recebeu a visita do Diretor da Agência “Cavalgadas Brasil”, Paulo Junqueira Arantes, na última semana, na fazenda Santa Lucia, localizada a 120km da cidade, para conhecer de perto o turismo equestre.

Turismo esse que está galopando nos quatro cantos do mundo e agora começa a dar os primeiros trotes em Cáceres.

O turismo equestre permite ver o mundo do alto, de uma forma única, te leva a lugares que antes era impossível chegar, como em pântanos, atravessar lagoas e ver o pantanal mais afundo, chegar no coração dos lugares mais distantes e incríveis.

Francis descreve o passeio no pantanal matogrossense, onde o principal meio de condução são os cavalos “é de tirar o fôlego, calmo, silencioso e de uma beleza rara.”

O projeto tem o objetivo de atrair mais turistas para região, por ser uma prática muito forte na Europa, Estados Unidos e Argentina, e que está em expansão no Brasil.

Paulo Junqueira explica que para a prática desse turismo, é necessário paciência, pois o cavalo anda em passos largos e calmos, para apreciar toda a beleza da região e conclui “Cáceres tem pleno potencial para entrar na rota do turismo equestre, já que é uma região muito rica com sua fauna e flora.”

Leia mais:   Cáceres diminui número de mortes e internações após distribuição de kit-covid, diz Francis

Da assessoria

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana