conecte-se conosco


Brasileirão Série A

Vestiário após derrota serve de alento para Eduardo projetar sequência fora

Publicado

 

Duas derrotas consecutivas e uma sequência de duas partidas fora de casa pela frente no Campeonato Brasileiro. O cenário pressiona a Ponte Preta. O técnico Eduardo Baptista tem consciência da necessidade de reação e se apega ao clima no vestiário após o revés para o Flamengo, por 2 a 1, no último domingo, para confiar que a Macaca dará a volta por cima a partir de quinta-feira, quando enfrenta o América-MG, em Belo Horizonte. 

VEJA TAMBÉM:
> Análise: vacilos estragam começo promissor e custam derrota da Ponte

– Tenho uma estrada de 20 anos no futebol. Aprendi que, após a derrota, você tem de entrar no vestiário, ficar no canto e observar. O que vi no vestiário me deixa confiante. Todos eles puxaram, mostraram que poderiam ter vencido. Essa atitude, principalmente chamada pelo Roger, em deixa contente e confiante de que é possível ir para Minas e conseguir a vitória. Esperei a resposta deles e tive. Estamos de cabeça erguida que brigamos, lutamos. Isso dá força para trabalhar e formar a melhor equipe. Vamos para Belo Horizonte buscar os três pontos – disse. 

É um campeonato longo, com momentos de oscilação. Temos de ter um o equilíbrio. Pressão vai ter, ganhando ou perdendo, e os profissionais têm de saber lidar com ela 
Eduardo Baptista, técnico da Ponte

Depois de deixar uma impressão positiva no empate com o Figueirense e principalmente na vitória sobre o Palmeiras, por 2 a 1, a Macaca não manteve o ritmo, caiu por 3 a 0 para o Corinthians em Itaquera e levou a virada do Flamengo em casa, mesmo ficando com um homem a mais boa parte do segundo tempo. 

Leia mais:   Em Minas, Cuiabá perde para o líder Atlético-MG e cai invencibilidade

Com quatro pontos, a Ponte aparece na parte de baixo da tabela, à beira da zona de rebaixamento. Ainda é muito cedo para ligar o sinal de alerta, mas o elenco já começa a lidar com a volta da desconfiança da torcida e a pressão por resultados positivos. 

– A pressão sempre vai existir na Série A, na parte de cima ou na parte de baixo da tabela. Quem está na Série A, tem que estar acostumado com isso. É um campeonato longo, com momentos de oscilação. Temos de ter um o equilíbrio. Pressão vai ter, ganhando ou perdendo, e os profissionais têm de saber lidar com ela – completou Eduardo Baptista. 

Após encarar o América-MG, em duelo direto entre equipes que estão fora do grupo de favoritos e disputam um “campeonato paralelo”, a Ponte vai a Porto Alegre enfrentar no domingo, às 16h, o Grêmio, que divide a liderança da elite com o Internacional. Ambos têm dez pontos, com três vitórias e um empate até aqui. O Grêmio leva vantagem no saldo de gols: 6 a 3. 

Eduardo Baptista, técnico da Ponte Preta (Foto: Fabio Leoni/ PontePress)Eduardo Baptista confia na reabilitação imediata da Ponte contra o América-MG, quinta (Foto: Fabio Leoni/ PontePress)

Leia mais:   Em Minas, Cuiabá perde para o líder Atlético-MG e cai invencibilidade

Fonte: Globo Esporte

Comentários Facebook

Brasileirão Série A

Em Minas, Cuiabá perde para o líder Atlético-MG e cai invencibilidade

Publicado

A Gazeta

Após 12 jogos sem derrotas fora de casa pelo Campeonato Brasileiro, o Cuiabá perdeu a longa invencibilidade que acumulava na série A para o líder Atlético-MG neste domingo (24), em Belo Horizonte, pela 28ª rodada do Brasileirão. O galo venceu por 2 a 1 e pôs fim a longa série do auriverde sem derrotas longe de casa.

O Dourado continua com 35 pontos, em décimo lugar na tabela de classificação. O Galo, por sua vez, chegou aos 59 tentos e é mais líder do que nunca.

A mil por hora, assim começou o início do jogo entre Cuiabá e Atlético-MG no Mineirão. Logo aos 2 minutos, Nathan Silva, contra, inaugurou o marcador em recuo infeliz para Everton, que viu a bola entrar lentamente no gol. Aos 4, Hulk, dentro da pequena área, deixou tudo igual após jogada ensaiada de escanteio.

O time mineiro conseguiu a virada com Jair, que completou de cabeça para as redes após assistência de Guilherme Arana.

No início da etapa final, Hulk marcou o terceiro para o Atlético, mas o gol foi anulado após a arbitragem pegar um toque de mão do atacante. Daí em diante o Atlético continuou pressionando, mas sempre parando nas defesas seguras do goleiro Walter.

Leia mais:   Em Minas, Cuiabá perde para o líder Atlético-MG e cai invencibilidade

À medida que o relógio foi passando, o Atlético deixou o Cuiabá mais a vontade para trabalhar com a bola e passou a contar com os contra-ataques. O Dourado martelou, porém não conseguiu criar chances claras de gol.

O próximo compromisso do Cuiabá no campeonato brasileiro é contra o Red Bull Bragantino no dia 1º de novembro, na Arena Pantanal, às 19h30 (de MT.

Comentários Facebook
Continue lendo

Brasileirão Série A

Seleção Brasileira encerra preparação para amistoso contra República Tcheca

Publicado

Programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) também destacou a reta final dos principais campeonatos estaduais do país; ouça na íntegra

O programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) destacou o amistoso da Seleção Brasileira com a República Tcheca. Waldir Luiz, Márcio Guedes, Bruno Mendes e toda a nossa equipe também analisaram a reta final dos principais campeonatos estaduais do país e as principais notícias do esporte nacional e internacional.

Clique no player e ouça o programa na íntegra:

No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919.

Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.

Agencia Brasil
Comentários Facebook
Leia mais:   Em Minas, Cuiabá perde para o líder Atlético-MG e cai invencibilidade
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana