conecte-se conosco


Cáceres e Região

Vereador é cassado e condenado à prisão por apresentar documento falso para atestar escolaridade na Câmara Municipal

Publicado

Com medo de ter que passar por nova audiência, segundo a denúncia, Adilson apresentou histórico escolar falso, já que a lei eleitoral proíbe a eleição de candidatos analfabetos.

A Justiça Eleitoral condenou o vereador Adilson Barreto, de Reserva do Cabaçal, a 412 km de Cuiabá, por apresentar um certificado de escolaridade falso para concorrer ao cargo nas eleições de 2012. A decisão é do juiz Renato José de Almeida Costa Filho, da 41ª Zona Eleitoral de Mato Grosso, e foi proferida na quinta-feira (28).

G1 tenta localizar a defesa do parlamentar.

Em 2012, Adilson teve o registro de candidatura indeferido após não conseguir comprovar que era alfabetizado.

Quando ainda era candidato, Adilson passou por uma audiência e apresentou dificuldade para ler, bem como não foi possível decifrar o que havia escrito.

Com medo de ter que passar por nova audiência, segundo a denúncia, Adilson apresentou histórico escolar falso, já que a lei eleitoral proíbe a eleição de candidatos analfabetos.

Ao ser ouvido pela Justiça, Adilson afirmou que nunca estudou em Cuiabá e que os documentos que ele entregou foram os documentos pessoais. Segundo ele, para comprovar a escolaridade, entregou a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Ele confessou ter estudado apenas na zona rural, em Reserva do Cabaçal, há muitos anos.

Leia mais:   Câmara vai votar novamente RGA para vereadores; vencimento deve chegar a R$ 13.222, 97 mil mensal

Adilson Barreto foi condenado há 1 ano de prisão em regime aberto, mas o juiz substituiu a pena por pagamento de dois salários-mínimos ao Conselho da Comunidade do Município de Araputanga.

Por: G1-MT

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Força Tática prende dupla que fazia entrega de droga de bicicleta em Cáceres

Publicado

Na rua dos Expedicionários, na área central de Cáceres, policiais da Força Tática da Polícia Militar prendem dois homens que faziam entrega de droga usando uma bicicleta. A prisão ocorreu na madrugada de sexta-feira (17.01), por volta das 2h30.

Ao perceber a aproximação da equipe da Força Tática o suspeito que estava na garupa da bicicleta descartou um pacote no chão, no qual estavam sete porções de pasta base de cocaína.

A dupla tentou fugir, porém acabou sendo capturada antes que cruzasse uma avenida trafegando na contra-mão. Além da droga, um dos detidos estava com R$ 48 e a certidão de nascimento do irmão mais velho.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Leia mais:   Câmara vai votar novamente RGA para vereadores; vencimento deve chegar a R$ 13.222, 97 mil mensal

Alecy Alves | Secom-MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Hospital São Luiz promove semana especial sobre empoderamento do farmacêutico

Publicado

Em semana de farmácia hospitalar, entidade filantrópica promove debate sobre entrega de valor para a sociedade

O empoderamento do farmacêutico no ambiente hospitalar será um dos assuntos presentes no debate que envolverá mais de 500 profissionais da área, durante a segunda edição de Farmácia Hospitalar, promovido pela Pró-Saúde, uma das maiores instituições filantrópicas de gestão de saúde do Brasil.

Entre 20 e 24 de janeiro, hospitais gerenciados pela Pró-Saúde participarão de uma série de atividades sobre o tema “Entrega de valor da farmácia clínica para a sociedade”. O evento busca reforçar a valorização no atendimento clínico, marcando o Dia Nacional do Farmacêutico, comemorado em 20 de janeiro.

No Hospital São Luiz, em Cáceres (MT), unidade própria da Pró-Saúde, a semana terá uma programação extensa, com ações interativas e uma série de palestras apresentadas por colaboradores da Unidade e profissionais convidados da região. Temas como farmácia Clínica e Hospitalar e uso racional de antimicrobianos serão abordados.

A proposta é dar sequência ao processo de aprimoramento da atividade farmacêutica e seus benefícios para a assistência ao paciente, em contraposição à uma percepção antiga de ação que resumia o trabalho ao controle e dispensa de medicamentos.

Leia mais:   Ulysses Moraes destaca degradação no trecho da MT-100

Para a supervisora de Farmácia do São Luiz, Jucilene Mansueta de Moraes, ressalta a importância das atividades para o profissional da área. “O farmacêutico é membro da equipe multiprofissional e participa da elaboração das diretrizes clínicas e protocolos terapêuticos, trabalhando diretamente na intenção de promover o bem-estar do paciente dentro e fora da unidade de internação”, conta.

A farmacêutica Taisa Auxiliadora Arruda, assistente de farmácia da unidade, ressalta a relevância da área no ambiente hospitalar. “Os profissionais da área de farmácia são responsáveis por analisar as prescrições médicas e avaliam a interação medicamentosa, necessidade de diluição do medicamento, posologia, duplicidade, entre outros”, afirma.

O São Luiz foi fundado em 1938, mas desde dezembro de 2018 a unidade é totalmente gerenciada pela Pró-Saúde. Com mais de 50 anos de história, a Pró-Saúde é uma entidade filantrópica e uma das maiores gestoras de serviços hospitalares do país, com presença em 22 cidades e 11 Estados Brasileiros e com mais de 16 mil colaboradores.

Da Assessoria

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana