conecte-se conosco


Brasileirão Série A

Veja como Bauza pode montar o São Paulo para a semifinal da Libertadores

Publicado

O
jogo contra o Atlético Nacional se aproxima e, a cada dia que passa, os
problemas se acumulam no São Paulo. A nova dor de cabeça do técnico Edgardo
Bauza é Paulo Henrique Ganso, que sofreu um estiramento na coxa direita e
ficará pelo menos três semanas parado no Reffis. Ele se junta a Kelvin, que
teve a mesma lesão
, só que na coxa esquerda. E Patón ainda não sabe se poderá
contar com Mena, Hudson e Wesley, que também se recuperam de problemas
musculares.

Com
ausências importantes e algumas incógnitas, fica a pergunta: como o treinador
vai montar a equipe para atuar na próxima quarta-feira, no estádio do Morumbi?
Abaixo o GloboEsporte.com mostra as alternativas possíveis.

Com
Mena na lateral-esquerda

São Paulo Mena (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net)Mena ainda pode aparecer na equipe que vai enfrentar o Atlético Nacional na quarta-feira (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net)

O
lateral-esquerdo sofreu uma lesão na coxa direita no dia 6 de junho, no jogo
entre Chile e Argentina, pela Copa América Centenário. Ele retornou ao Brasil
dois dias depois e iniciou tratamento no CT da Barra Funda. Está no período
de transição para o gramado, onde faz intensos trabalhos físicos. Deve começar
a treinar com bola neste final de semana. A dúvida é: ele terá ritmo de jogo
para voltar a atuar? Se jogar, Carlinhos pode ser utilizado no meio-campo,
aberto pelo lado direito.

Sem
Mena na defesa

Montagem Carlinhos e Matheus Reis São Paulo (Foto: Editoria de Arte)Carlinhos e Matheus Reis são as alternativas de Bauza para a lateral, caso Mena não jogue na quarta (Foto: Editoria de Arte)

Se
o defensor chileno ainda não estiver recuperado, caberá a Patón escolher o
substituto entre Carlinhos e Matheus Reis. O primeiro leva vantagem por ser
mais experiente e ter melhor poder de marcação, fator no qual o segundo
falhou muito nas partidas em que atuou. Matheus Reis só deve jogar caso Bauza
opte por usar Carlinhos na vaga de Kelvin, aberto pelo lado direito.

Hudson
vai para o jogo?

Hudson São Paulo (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)Hudson não atua pelo São Paulo desde a segunda rodada do Campeonato Brasileiro (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

Outro
problema a ser resolvido é Hudson, que se recupera de um estiramento na coxa
esquerda, sofrido na partida contra o Internacional, no dia 22 de maio. Ele
estava liberado pelo departamento médico, inclusive jogou alguns minutos do
clássico contra o Santos. Mas voltou a reclamar de dores no local. Um novo
exame acusou uma fibrose no local e o atleta voltou para o Reffis para fazer
fisioterapia. Como são poucos dias até a partida contra os colombianos, fica
difícil sua presença em campo. Se ele não puder atuar, João Schmidt continuará
ao lado de Thiago Mendes.

Quem
joga na vaga de Kelvin?

MONTAGEM - Carlinhos e Luiz Araújo São Paulo (Foto: Editoria de Arte)Carlinhos e Luiz Araújo brigam pela vaga de Kelvin, que se recupera de lesão muscular na coxa (Foto: Editoria de Arte)

Além
de Carlinhos, que já atuou nesta posição com Juan Carlos Osorio e com o próprio
Bauza, uma possibilidade do treinador será utilizar o garoto Luiz Araújo, cria da
base de Cotia.  Ele tem característica
semelhante a Kelvin: rapidez pelas pontas, personalidade e que sabe que tem de
voltar para ajudar Bruno na marcação.  Contra o Santos, foi um dos poucos a se salvar
na vexatória derrota por 3 a 0. Se Hudson se recuperar, Wesley pode atuar aberto também.

Substituo
para Ganso ? opção número 1

Ytalo São Paulo (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net )Ytalo tem agradado o técnico Edgardo Bauza e pode ganhar chance na próxima quarta (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net )

Nas
últimas partidas da equipe no Campeonato Brasileiro, sempre que não pode contar
com o camisa 10, o treinador argentino optou pela entrada de Ytalo na posição.
Polivalente, o ex-jogador do Audax tem facilidade para fazer várias funções:
pode atuar aberto pelas pontas, como referência no ataque ou mais recuado, no
papel de armador, vindo com a bola de trás.

Campinho mostra a disposição da equipe em campo com a entrada de Ytalo no meio-campo (Foto: GloboEsporte.com)Campinho mostra a disposição da equipe em campo com a entrada de Ytalo no meio-campo (Foto: GloboEsporte.com)

Substituto
para Ganso ? opção número 2

Campinho mostra como seria o posicionamento de Wesley no esquema 4-1-4-1 de Bauza (Foto: GloboEsporte.com)Campinho mostra como seria o posicionamento de Wesley no esquema 4-1-4-1 de Bauza (Foto: GloboEsporte.com)

Wesley
se recupera de lesão muscular na coxa esquerda, sofrida na partida contra o
Figueirense, no dia 1º de junho. Iniciou os trabalhos com bola na última
terça-feira, no CT da Barra Funda. Se for escalado, entra centralizado no meio-campo
e o time muda seu esquema tático, saindo do 4-2-3-1 para o 4-1-4-1, formação
que foi utilizada nas partidas contra The Strongest, na Bolívia, e Toluca, no
México. Resta saber se o camisa 11 terá condições de atuar os 90 minutos. Se
Hudson estiver apto para jogar e voltar ao time titular, quem também pode fazer
a função de Wesley é João Schmidt.

Substituto
para Ganso ? opção número 3

Alan Kardec São Paulo (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)Alan Kardec acabou com jejum de gols ao marcar contra o Flu e pode virar alternativa (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

Essa
é a alternativa mais remota, já que ainda não foi utilizada pelo técnico
Edgardo Bauza na temporada: usar Alan Kardec mais recuado, como um meia
armador. Ele já desempenhou essa função quando defendia o Santos, comandado por
Muricy Ramalho. Vale lembrar que o camisa 14 acabou com o jejum de gols que
durava três meses ao marcar um dos gols da vitória sobre o Fluminense, na
última quinta-feira. 

Comentários Facebook

Entretenimento

Eclipse lunar traz ‘Lua de sangue’ no domingo (15); saiba mais

Publicado

No próximo domingo (15), acontecerá o primeiro eclipse lunar de 2022. Será um eclipse do tipo total, que ocorre quando a Lua cheia se move para a chamada sombra umbral profunda da Terra (parte mais interna e escura). Isso ocorre porque nosso planeta passa em frente à luz solar enviada para o nosso satélite natural.

De acordo com o astrofísico americano Fred Espenak, conhecido por prever eclipses, como a Lua cheia do dia 15 de maio é a chamada superlua, por estar no perigeu, o ponto mais próximo da Terra, esse eclipse será considerado uma superlua de sangue. O fenômeno, que poderá ser visto em todo o Brasil, ocorre quando a luz do sol passa pela atmosfera terrestre, mas desvia pelos comprimentos de onda para refletir de forma avermelhada na Lua.

Diagrama da sombra do eclipse lunar do dia 15 de maio. (Fonte: NASA/Divulgação.)Fonte:  NASA 

Quando acontecerá o eclipse total da Lua no domingo?

Conforme o perfil Astronomiaum no Twitter, nas cidades com fuso horário de Brasília, o eclipse lunar de domingo terá início às 22h32, e terá o seu ápice na madrugada de segunda-feira (16) à 1h11, com o término ocorrendo às 3h51. Além do Brasil, a Lua de sangue poderá ser vista também nos EUA e Canadá, além de partes da África e Europa.

Diferentemente do eclipse solar, que só é observável em uma área relativamente pequena do mundo, os eclipses lunares podem ser vistos em qualquer lugar no lado noturno da Terra. A sua visualização também é mais segura, pois esses fenômenos não necessitam de nenhum tipo de proteção para os olhos, pois são mais escuros do que a própria lua cheia em si.

Para quem mora em grandes cidades, e não pretende viajar para locais com baixa poluição visual para assistir ao eclipse total da Lua no domingo, será possível visualizá-lo através do canal oficial da NASA do YouTube. O telescópio da agência aeroespacial norte-americana irá iniciar a transmissão das imagens do fenômeno a partir da zero hora do dia 16 de maio, no horário de Brasília.

Para assistir, basta clicar no link acima para definir o lembrete e, na hora marcada, acompanhar os detalhes em alta resolução.

Fonte: https://www.tecmundo.com.br/ciencia/238420-eclipse-lunar-traz-lua-sangue-domingo-15-saiba.htm

Comentários Facebook
Continue lendo

Brasileirão Série A

Em Minas, Cuiabá perde para o líder Atlético-MG e cai invencibilidade

Publicado

A Gazeta

Após 12 jogos sem derrotas fora de casa pelo Campeonato Brasileiro, o Cuiabá perdeu a longa invencibilidade que acumulava na série A para o líder Atlético-MG neste domingo (24), em Belo Horizonte, pela 28ª rodada do Brasileirão. O galo venceu por 2 a 1 e pôs fim a longa série do auriverde sem derrotas longe de casa.

O Dourado continua com 35 pontos, em décimo lugar na tabela de classificação. O Galo, por sua vez, chegou aos 59 tentos e é mais líder do que nunca.

A mil por hora, assim começou o início do jogo entre Cuiabá e Atlético-MG no Mineirão. Logo aos 2 minutos, Nathan Silva, contra, inaugurou o marcador em recuo infeliz para Everton, que viu a bola entrar lentamente no gol. Aos 4, Hulk, dentro da pequena área, deixou tudo igual após jogada ensaiada de escanteio.

O time mineiro conseguiu a virada com Jair, que completou de cabeça para as redes após assistência de Guilherme Arana.

No início da etapa final, Hulk marcou o terceiro para o Atlético, mas o gol foi anulado após a arbitragem pegar um toque de mão do atacante. Daí em diante o Atlético continuou pressionando, mas sempre parando nas defesas seguras do goleiro Walter.

À medida que o relógio foi passando, o Atlético deixou o Cuiabá mais a vontade para trabalhar com a bola e passou a contar com os contra-ataques. O Dourado martelou, porém não conseguiu criar chances claras de gol.

O próximo compromisso do Cuiabá no campeonato brasileiro é contra o Red Bull Bragantino no dia 1º de novembro, na Arena Pantanal, às 19h30 (de MT.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana