conecte-se conosco


Mato Grosso

Usina hidrelétrica de Sinop vira aula de campo para alunos de escola de Tabaporã

Publicado

Alunos que cursam o 9º ano do ensino fundamental da Escola Estadual Professor Elmar Justen, localizada no município de Tabaporã (a 643 km a Médio-Norte da Capital) viajaram cerca de 200 quilômetros para conhecer a usina hidrelétrica de Sinop. A aula de campo ocorreu na última sexta-feira (11.10), deixando alunos e professores satisfeitos com o que viram e aprenderam, numa verdadeira aula prática.

Segundo a diretora da escola, Francielle Carlini, a aula de campo aliou o conhecimento teórico da disciplina de ciências, à prática, sobre as formas de geração de energia. “Fizemos um trabalho interdisciplinar envolvendo mais disciplinas. O resultado foi o melhor possível”, destaca.

Na visita, os alunos puderam perceber a amplitude do projeto da usina hidrelétrica e a diversidade de profissionais que trabalham no local. No entendimento da diretora, além de aprenderem sobre a geração de energia, a visita a Usina serviu para auxiliar os alunos na escolha de sua profissão no futuro.

“Essa foi a primeira vez que a escola organizou uma visita a uma usina hidrelétrica e, além de aprenderem sobre a geração de energia hidrelétrica, os alunos puderam observar a grandiosidade de um empreendimento desses, acompanhando a trajetória desde a liberação das licenças que se iniciaram em 2007 até a construção da Usina, que continua em andamento”, assinala.

Leia mais:   Criadores de assistente virtual para Covid-19 participam de encontro promovido pela Seciteci e Unemat

Almoço e cinema

Após a aula campo, os alunos e professores que participaram da visita foram convidados a almoçar com os funcionários no refeitório da usina. Em seguida, foram para uma sessão de cinema em Sinop. “Afinal depois de todo o aprendizado, também mereciam um momento de diversão”, relata Francielle.

Usina

A usina hidrelétrica de Sinop é uma das maiores do Estado. Ela conta com duas turbinas/geradores e potência instalada de 400 megawatts/hora (MWh), o que corresponde à geração de energia elétrica para 1,6 milhão de pessoas, equivalente a 50% da população do Estado de Mato Grosso.

O projeto de construção da UHE Sinop foi desenvolvido levando em consideração o estudo de viabilidade do empreendimento, de maneira que seus possíveis impactos serão minimizados por uma série de programas socioambientais, constantes no PBA.

A construção da Usina representa importante contribuição para atender o crescente consumo de energia elétrica no Brasil.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

Sinfra pavimenta rodovia de acesso a nova penitenciária construída pelo Estado

Publicado

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) avança na execução das obras de pavimentação da MT-351, em Várzea Grande, que vai facilitar o acesso à Penitenciária Estadual para Jovens e Adultos, no município.  A nova Penitenciária está em construção e deve ser inaugurada pelo governador Mauro Mendes ainda neste mês.

As obras acontecem na MT-351 entre o KM.1,83 até o KM.11,13 e o asfalto passará no trecho em frente à nova unidade prisional. Ao todo serão asfaltados 13,4 quilômetros, que vão permitir o acesso direto da Rodovia dos Imigrantes até a penitenciária, bem como ao Distrito de Limpo Grande, por vias pavimentadas.

De acordo com o secretário de Infraestrutura e Logística Marcelo de Oliveira, a pavimentação é importante para complementar o trabalho já executado pelo Governo do Estado de construir a penitenciária, que será a maior de Mato Grosso, com capacidade para 1.008 presos.

A penitenciária terá dois blocos para carceragem, além de áreas administrativas, de saúde e educação, estrutura completa de abastecimento de água e tratamento de esgoto, e guaritas de segurança. As obras são executadas pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) através de um convênio com o Ministério da Justiça.

Leia mais:   Auditoria da CGE detecta redução de 30 milhões nos gastos com locação de veículos

Obras de pavimentação vão permitir o acesso seguro à penitenciária que está sendo construída pela Sesp

“Quando a obra de construção da penitenciária for concluída, o fluxo no trecho da rodovia naturalmente vai aumentar. Por isso, estamos pavimentando para facilitar o trânsito de veículos, garantir a segurança de quem precisa ir e vir. É um trabalho conjunto que o Estado faz, entre a Sinfra”, disse o secretário.

Distrito de Limpo Grande

Já a pavimentação do acesso ao Distrito de Limpo Grande, que também está sendo executada, completa a obra concluída recentemente pela Prefeitura de Várzea Grande, em um trecho de quatro quilômetros de parte do acesso e de ruas do distrito.

“Essa comunidade é centenária e as obras de pavimentação possibilitarão integrar, ao resto da cidade, esse único distrito que ainda não tinha acesso pavimentado”, disse o secretário.

Obras da ponte sobre o Ribeirão dos Cocais

Outras melhorias

Além da pavimentação nos dois trechos, a Sinfra executa o recapeamento de cerca de 212 mil metros quadrados de vias urbanas, através de um convênio com a Prefeitura de Várzea Grande. Está sendo realizado o recapeamento das ruas e avenidas, com aplicação de concreto betuminoso.

Leia mais:   Criadores de assistente virtual para Covid-19 participam de encontro promovido pela Seciteci e Unemat

Também está sendo executada na MT-050, na divisa entre os municípios de Várzea Grande e Nossa Senhora do Livramento, a obra da ponte de concreto sobre o Ribeirão dos Cocais.

A ponte terá 50 metros de extensão e vai ligar o distrito de Praia Grande, no município, com o distrito de Cedral, em Nossa Senhora do Livramento.  Atualmente estão sendo realizados os serviços de concretagem da laje e a obra segue dentro do cronograma previsto.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Licenciamento de veículo pode ser impresso em papel A4

Publicado

Mais de dois milhões de proprietários de veículos de Mato Grosso já podem imprimir, em papel A4, o Licenciamento Anual do Veículo em qualquer lugar em que tiver acesso à internet e impressora. Esta é uma forma de proporcionar mais comodidade e facilidade ao cidadão, evitando deslocamento desnecessário a qualquer unidade do Detran-MT.

O serviço foi autorizado pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e disponibilizado pelo Governo do Estado, através do site do Detran-MT (www.detran.mt.gov.br).  

A impressão em papel A4 tem o mesmo valor jurídico como documento de porte obrigatório, e tem a segurança garantida por meio de QR Code, que está ligado à base nacional de dados do Denatran.

Para o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos, a impressão do Licenciamento em papel A4 vai diminuir a burocracia e melhorar a eficiência do Estado no acesso ao serviço pelos proprietários de veículos.  

Segunda via

Com o documento impresso em papel A4 não será mais necessário pedir a segunda via do Licenciamento. Caso o proprietário do veículo tenha sofrido extravio, furto ou roubo do documento, basta imprimir a segunda via em qualquer lugar em que tenha acesso à internet e impressora.

Leia mais:   Criadores de assistente virtual para Covid-19 participam de encontro promovido pela Seciteci e Unemat

CRLV digital

Desde 2019, o Detran-MT já disponibiliza aos proprietários de veículos a versão do Licenciamento Digital, através do aplicativo Carteira Nacional de Trânsito. Esse modelo continua valendo e tem o mesmo valor jurídico do documento impresso em papel A4.

Como imprimir em papel A4

O proprietário do veículo, após quitar todos os débitos (IPVA, Taxa de Licenciamento, Seguro DPVAT, dívida ativa e possíveis multas), deve acessar o site do Detran-MT (www.detran.mt.gov.br) e digitar os dados do veículo, como placa e Renavam, na opção “CONSULTE SEU VEÍCULO”.

Na sequência, vai abrir uma página contendo todas as informações do veículo e a opção “CLIQUE AQUI PARA IMPRIMIR O CRLV DIGITAL”. Ao clicar em cima, o modelo para impressão A4 irá aparecer na tela para impressão.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana